Blog do Jorge Balbi Jr. – Início complicado

07 de janeiro de 2010 - 19:00

Oi amigos !! Bem, quero começar desejando a todos vocês que me acompanham pelo blog ou seguem minha carreira de qualquer maneira, um feliz 2010 ! Que neste ano que está apenas começando possamos fazer valer a pena realizar os nossos sonhos, mas também ajudar ao próximo a realizar o dele também. Enfim que Deus abençoe a todos nós para que tenhamos um ano cheio de graças e alegrias dentro e fora das pistas !!

Muita coisa aconteceu no final de 2009. Algumas delas agradáveis, outras não. Vou tentar resumir a vocês o que tem acontecido fora das pistas já que foi um fim de ano com poucas corridas. As negociações para 2010 começaram bem Logo apos o Nações, as coisas estavam indo muito bem já que tinha proposta para o mundial, Brasil, e ate AMA AX. Não quis tomar nenhuma decisão precipitada e procurei ir a fundo a uma por uma e claro fazer o que era melhor.

A chance de correr o Mundial de Motocross em uma moto oficial era muito grande e com certeza me animou muito, porém não dependeria só de mim. Todos sabem que a crise anda solta. As 2 equipes que me procuraram andam com a mesma marca de moto e me pediram que para viabilizar a minha temporada eu pudesse levar um pequeno apoio da fábrica brasileira para a equipe.

Esse custo seria parecido com o custo de uma temporada no Brasil já que a equipe entraria com o restante. Isso é algo normal no mundial. Por exemplo, o piloto Davide Guarneri, que é muito amigo meu andava pela equipe Ricci racing, porém com um grande apoio da Yamaha Itália. Este ano ele vai anda de pelo time belga LS e a Honda Itália vai apoiar ele na equipe… Enfim o meu apoio não veio então a chance de correr o mundial foi por água abaixo.

A oferta que tinha para o AMA Supercross era na categoria Lites. O time é o Riley Racing, que corre na costa oeste, o que é muito bom pra mim, pois o campeonato na Oeste acaba antes do inicio do Brasileiro de Motocross. No mês de outubro, vim na Califórnia para fazer um teste com a equipe Riley Racing o que correu muito bem, pois entre os 10 pilotos que participaram, e eu me sai bem e eles me fizeram uma oferta onde correria ao lado do piloto Tiler Bowers.

Porém, até o início de dezembro eles ainda não tinham enviado o contrato e resolvi vir a Califórnia mais uma vez no inicio de dezembro. Foi onde acabei tendo a triste notícia já que o maior patrocinador do time se retirou e que eles não vão mais correr… Daí em diante junto com minha equipe, a 2B Racing, tomamos a decisão de correr o AMA Supercross na categoria Lites, o que a maioria já sabe, já que soltamos um comunicado a algumas semanas atrás.

PREPARAÇÃO !!

Desde então comecei a minha preparação para o AMA Supercross ! Fiz alguns teste e tomamos a decisão de correr com moto Kawasaki já que das motos que andei foi com certeza a que mais me agradou.

Comecei minha preparação muito atrasado, comparando com a maioria dos pilotos, porém vinha mais motivado do que nunca. O fato de correr em uma categoria diferente com uma moto diferente mudou muita coisa e comecei a me divertir muito.

Treinei no Motocross por 2 vezes com a nova e no dia 15 de dezembro treinei Supercross pela primeira vez. Fiquei muito surpreso com a minha velocidade na moto 250cc. No MX não tinha gostado muito já que falta muito motor rs… porém no SX me senti mais a vontade que nas big bikes…

Tudo começou muito bem. Já logo nos primeiros dias de treinos de sx já estava com tempos muito bons nas pistas em que andei já que tive oportunidade de treinar com pilotos como o Brock Tickle, Nico Izzi, Grant Langston etc…

Vinha muito empolgado e todos os dias treinava como se fosse o último… Porém, no dia antes do Natal a 2 semanas atrás acabei cometendo um erro e cai. Levantei rápido, porém senti muito meu ombro. A princípio achei que não fosse nada, porém quando o sangue esfriou a dor aumentou muito.

Deste momento em diante visitei o medico algumas vezes e tenho feito fisioterapia todos os dias. Após alguns exames graças a Deus não foi constatada nenhuma lesão maior, porém machuquei muito os músculos e alguns ligamentos, o que causam muita dor.

Nestes dias minha bicicleta tem sido minha melhor amiga rs… já que não pude treinar com moto.Fiz de tudo para manter meu preparo físico. Amanhã, ontem, quarta, dia 6 de janeiro, o médico me liberou para treinar. Com certeza poderei ter uma idéia melhor de como estou. A princípio fiquei muito triste com a lesão que tive, pois com certeza não pude me preparar como queria e ainda não tenho certeza se estarei 100% para correr a abertura. Porém confio muito em Deus e sei que ele sabe o que faz e com muita fé nele vou fazer o meu melhor que seja dentro da pista este fim de semana ou ate mesmo fora dela para voltar pra pista o mais rápido possível !!

Um pouco complicado, porém sei que como sempre no fim tudo vai dar certo, pois tenho muita fé em Deus e sei que mesmo com todas dificuldades fiz uma excelente temporada em 2009.

Conto com a torcida de vocês e espero que quando vocês estiverem lendo essa coluna, eu já esteja com o futuro definido de preferência largando no tão sonhado AMA Supercross !!

Peço muito a torcida de vocês !

Abraços Balbi !

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly