Perspectiva 2010 – Lucas Moraes

12 de janeiro de 2010 - 12:00

Em 2009 ele realizou o sonho que praticamente todos pilotos de Motocross no Brasil gostariam de realizar. Ele foi correr uma temporada completa do AMA Motocross, que está lado a lado com o Mundial de MX, como os melhores campeonatos de Motocross do mundo. Estou comentando a respeito do piloto paulista Lucas Moraes, que correu em 2009 no AMA Motocross 450 pela equipe semi-oficial Star Racing / Division 7 / Yamaha.

O plano de Lucas era dele ficar por três temporadas nos Estados Unidos, mas ele acabou mudando de idéia e vai voltar a disputar os campeonatos nacionais de Motocross e Supercross aqui no Brasil em 2010. Neste começo de ano ele foi para os Estados Unidos, onde já iniciou sua pré-temporada. Mas vamos então ao que o Lucas tem para nos contar. Agora para você o Perspectiva 2010 com Lucas Moraes.

Placa de 5 segundos no ar, largou…

MUNDOCROSS – Lucas, antes de falar de 2010, faça aí uma avaliação e uma retrospectiva completa da tua temporada nos Estados Unidos em 2009.

LUCAS MORAES – Primeiramente, gostaria de agradecer mais uma vez ao Mundocross por essa oportunidade e espero que os fans do Motocross gostem do bate-papo. Minha temporada de 2009 foi sem dúvida a mais marcante na minha carreira, onde eu mais aprendi e cresci como piloto. Depois da temporada de 2008, eu senti ter uma velocidade muito boa aqui no Brasil e decidi junto com a minha equipe tentar uma temporada no AMA Motocross. Foi uma decisão bem difícil porque eu tive que escolher entre tentar ser campeão no Brasil ou tentar correr entre os melhores do mundo.

A parte mais complicada foi o começo porque tive que me adaptar a moto, a nova equipe, a cultura e principalmente a idéia de não estar entre os pilotos de ponta como acontecia no Brasil. Eu treinei muito, dei o meu melhor nos treinamentos aqui e aproveitei o máximo essa oportunidade. Talvez muita gente esperava mais, e eu queria muito ter feito alguns “pontinhos” no AMA MX. Apesar disso não ter acontecido, eu fiquei muito feliz por ter batalhado por isso, e só eu sei o quanto foi difícil.

MUNDOCROSS – Quais os motivos te fizeram deixar os Estados Unidos e voltar para o Brasil ?

LUCAS MORAES – Na verdade, a gente tinha um planejamento de correr por 3 anos nos Estados Unidos. E eu ainda tenho isso como meta. Algumas coisas aconteceram no meio do caminho que fizeram com que a gente mudasse um pouco a estratégia, e voltasse esse ano pro Brasil. Mais ainda não descarto a possibilidade de correr algumas etapas do AMA Motocross em 2010.

MUNDOCROSS – Quais os campeonatos nacionais e estaduais que pretende disputar e em quais as categorias ?

LUCAS MORAES – Olha, com certeza irei estar participando do Brasileiro de Supercross, do Brasileiro de Motocross, e quase certeza do Arenacross. Em relação aos campeonatos regionais ainda não tenho nada definido. Quero primeiramente organizar um calendário com bastante corridas mais também que não sobrecarregue a equipe.

MUNDOCROSS – Sobre a sua pré-temporada, o que tem planejado para fazer para 2010 ?

LUCAS MORAES – Então, eu ate estou aqui nos Estados Unidos. Eu tive que vir para cá para acertar algumas coisas que ficaram pendentes da minha estadia aqui, e já aproveitei para voltar aos treinamentos. Devo continuar treinando por aqui por mais alguns dias. Depois retorno ao Brasil e lá eu tenho a oportunidade de treinar com uma estrutura tão boa quanto aqui. Então acho que os planos estão bem encaminhados.

MUNDOCROSS – Quais os patrocínios e apoios que você já tem fechado para a temporada 2010 ?

LUCAS MORAES – Isso deve se confirmar nas próximas semanas. Como eu ainda estou nos Estados Unidos, assim que eu voltar para o Brasil eu devo assinar com eles. Já esta tudo certo, falta realmente a parte de contrato. E quando isso se confirmar eu falo para vocês, ok.

MUNDOCROSS – Agora a palavra e o espaço são seus.

LUCAS MORAES – Bom, mais uma vez quero agradecer ao Jorge do Mundocross por mais este espaço. Quero agradecer muito a Deus por ter a saúde e a felicidade que eu tenho, a todos que torceram por mim nos EUA e aqui no Brasil, e também a todos que comentaram no meu Blog. Foi muito bacana mesmo, eu lia todos os comentários e isso me fez por varias vezes ter muito mais força para continuar batalhando depois de alguns tropeços. Quero agradecer também a minha família, meu treinador Zebrinha, ao chefe da equipe Dunas, o Marcos ‘Mala’ Vinicius, que sempre estiveram ao meu lado me apoiando. E que venha 2010. Obrigado a todos os Fans do Lucas Moraes, espero ver vocês nas corridas esse ano !! Fiquem com Deus.

MUNDOCROSS –Valeu Lucas, muito obrigado pela atenção, e desejamos um 2010 com muito mais sucesso e conquistas do que você já tem.

JOGO RÁPIDO COM LUCAS MORAES :

Nome completo : Lucas Lemgruber de Moraes
Data de nascimento : 12 de Dezembro de 1989
Cidade onde nasceu : São Paulo – SP.
Cidade onde mora : Santana do Parnaíba – SP.
Apelido : Zé e More Ice
Moto atual : YZF 450
Principal título : Campeão Winter AM na Flórida e classificar no AMA MX
Ídolo Nacional : Não é do meio do MX, mas é um grande ídolo. Ayrton Senna
Ídolo no Motocross Internacional : Ricky Carmichael
Pista favorita no RS : Carlos Barbosa
Pista favorita no Brasil : A minha lá em casa
Comida favorita : Strogonoff
Bebida favorita : Limonada
Comida antes das corridas : Uma massa com molho vermelho
Bebida nas corridas : Água de coco
Lazer preferido : Ir pra fazenda com a família e amigos
Esporte preferido fora o Motocross : Tênis e Esquiar
E-mail : [email protected]
Site : www.dunasteam.com.br

Redação Mundocross
Entrevista by Jorge Soares
Foto Arquivo Lucas Moraes

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly