Townley é cada vez + líder do Neozelandês de SX 2010

18 de janeiro de 2010 - 4:00

Neste fim de semana também foi disputada a terceira etapa do Neozelandês de Supercross 2010 na cidade de Tokoroa, campeonato que tem como destaque o ex-campeão Mundial de Motocross MX2, e ex-campeão do AMA Supercross Lites Leste, o piloto neozelandês Ben Townley. Após ficar um longo período afastado por causa de lesões sérias, Townley foi demitido da equipe oficial Red Bull / Honda, e agora voltou a competir e nesta competição está sendo patrocinado pela Penny Homes / Kawasaki.

O campeonato nacional em seu país de origem está servindo como pré temporada, pois Towley vai correr o AMA Motocross 2010 pela equipe Lucas Oil / Troy Lee Designs / Honda na categoria 450. O Neozelandês de Supercross é disputado nas categorias Senior Open, Senior Lites, Junior 250 e Junior Lites. Ben Townley #101 compete na categoria Senior Open.

Além de Benjamin ‘Ben’ Townley, outro nome de peso que está disputando o Neozelandês de Supercross é o também neozelandês Cody Cooper #902, que em 2009 correu o AMA Supercross e o AMA Motocross pela equipe semi-oficial JGRMX / Toyota / Yamaha.

Acompanhe abaixo a classificação do campeonato Neozelandês de Supercross 2010 nas suas quatro categorias após três etapas :

CATEGORIA SENIOR OPEN

1. Ben Townley (Tauranga) 162 pontos
2. Justin McDonald (Christchurch) 136
3. Mason Phillips (Mount Maunganui) 135
4. Cody Cooper (Mount Maunganui) 135 pontos

CATEGORIA SENIOR LITES

1. Scott Columb (Queenstown) 165 pontos
2. Mason Phillips (Mount Maunganui) 156
3. Brad Groombridge (Taupo) 132 pontos

CATEGORIA JUNIOR 250

1. Isaiah McGoldrick (Rangiora) 157 pontos
2. Tom Managh (Wanganui) 141
3. Brandon Tipene (Auckland) 125 pontos

CATEGORIA JUNIOR LITES

1. Micah McGoldrick (Rangiora) 172 pontos
2. Haki Waller (Feilding) 151
3. Scott Sowry (Pahiatua) 130 pontos

Redação Mundocross
Texto by Renato Dalzochio Jr.
Foto by Andy McGechan

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly