GP Brasil de Motocross 2010 deve ser em Campo Grande

20 de janeiro de 2010 - 13:00

A cidade de Campo Grande pode sediar no dia 22 de agosto de 2010 o GP Brasil de Motocross !!! Uma das etapas do Mundial de Motocross MX1 / MX2 2010 vem com certeza para o Brasil, mas a cidade ainda não foi definida. Para discutir a possibilidade da competição ser realizada em Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul, o presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo, Alexandre Caravana e Presidente da Federação de Motociclismo de Mato Grosso do Sul, Firmo Henrique Alves, estiveram reunidos em novembro com o prefeito Nelsinho Trad.

Nelsinho deu todo apoio para a competição ser realizada em Campo Grande e determinou que o caderno de encargos seja analisado por sua assessoria. Na prática, a competição seria realizada na saída para Três Lagoas, em uma pista que já existe e que só precisaria passar por reformas. Os reparos seriam necessários para a pista se enquadrar nos padrões internacionais da competição.

No ano passado, etapa do Mundial de Motocross aconteceu em Canelinha, Santa Catarina, mas a pequena cidade catarinense não comportou a competição. Por isso, este ano a busca é por uma Capital. Segundo o presidente da Federação de Motociclismo do Mato Grosso do Sul, Firmo Henrique Alves, além da estrutura, como arquibancadas e estacionamento para cerca de 50 mil pessoas, a cidade precisa se preparar com hotéis, restaurante e organização de trânsito. O mesmo assunto foi discutido com o governador André Puccinelli, em seu gabinete.

E depois de passado dois meses da conversa inicial, nesta terça-feira, 19 de janeiro, o assunto evoluiu. Segue abaixo o texto publicado ontem no site oficial do governo do Mato Grosso do Sul, o que mostra que a possibilidade é clara, e deverá ser mesmo confirmada até o final deste mês a realização do GP Honda Brasil de Motocross 2010 na cidade de Campo Grande.

NOTA OFICIAL DO GOVERNO DO MATO GROSSO DO SUL

A etapa Campo Grande do Mundial de Motocross recebeu ontem. 19 de janeiro, o aval do governador André Puccinelli, durante reunião com representantes das federações internacional e sul-mato-grossense de motociclismo e com o diretor-presidente da Fundesporte, Júlio César Komiyama. O evento deverá acontecer em agosto, em comemoração ao aniversário da capital. A confirmação está prevista ainda para este mês, através do apoio da prefeitura de Campo Grande.

O GP Brasil que deve acontecer na Capital é a única etapa do campeonato mundial realizada fora da Europa. “Aqui nós tivemos o apoio da Federação de Motociclismo do Estado que mostrou interesse. A cidade é muito bonita e mostrou que tem infraestrutura”, ressalta o representante da Federação Internacional de Motociclismo, Frederico Carli. “Tivemos uma impressão excelente do Estado e o governo mostrou total apoio”, completou Carli.

Na reunião (foto) realizada com o governador, os representantes das federações buscaram o apoio do governo do Estado para a viabilização da logística necessária para o evento. André deu o aval por parte do governo estadual e apresentou as potencialidades do Estado e da Capital, ressaltando as qualidades naturais e econômicas encontradas na região.

“Este será o maior evento esportivo que vai acontecer em 2010 no estado de Mato Grosso do Sul”, afirma o presidente da Federação de Motociclismo do Mato Grosso do Sul, Firmo Henrique Alves. A grandiosidade do Grande Prêmio de Motocross, segundo Firmo, se deve a importância do campeonato por todo o mundo, veículos de comunicação de cerca de 120 países devem cobrir a realização da etapa Campo Grande do Mundial.

Para o diretor-presidente da Fundesporte, Júlio César Komiyama, o evento reúne na Capital todas as forças internacionais do esporte e fortalece a modalidade em Mato Grosso do Sul. Além disso, mostra o Estado para o mundo e isso também envolve melhorias para o setor turístico.

A previsão é de que a etapa do Mundial aconteça no dia 22 de agosto na pista de Motocross do Parque dos Poderes. A expectativa é de reunir um público de aproximadamente 50 mil pessoas, segundo os representantes das federações.

Redação Mundocross
Texto by Rogerio Valdez Gonzalez
Foto Divulgação

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly