Perspectiva 2010 – Carlos Kettermann

21 de janeiro de 2010 - 15:00

O Perspectiva 2010 de hoje é com o piloto gaúcho Carlos Gustavo Kettermann, mais conhecido como Nazysta. Ele compete na categoria MX3 e nas últimas temporadas tem sempre disputado as primeiras colocações no campeonato Gaúcho e no Regional Centro Serra de Motocross. No campeonato Nacional de Motocross normalmente Nazysta tem disputado apenas as etapas da região sul do Brasil.

Na temporada 2009 Nazysta sofreu uma forte queda na sexta etapa do Gaúcho de Motocross em Casca, numa cena que acabou indo para o Foto Cassetada aqui no Mundocross. Mas brincadeiras a parte, Nazysta acabou quebrando o pé naquela queda e teve que dar Adeus a sua temporada. Na sétima e última etapa do Gaúcho de MX, no último final de semana de novembro, ele estava presente em Canoas, e ainda estava com gesso no pé.

Mas agora o Nazysta já está bem e voltando as pistas, como aconteceu na etapa de abertura da Copa Verão SobreRodas de Motocross no dia 11 de janeiro em Torres, no litoral norte do Rio Grande do Sul. Depois desta boa notícia e dando seguimento a série Perspectivas 2010 aqui no site Mundocross, agora para vocês os planos do piloto Carlos Gustavo Kettermann, o Nazysta, para a temporada de Motocross 2010.

Placa de 5 segundos no ar, largou…

MUNDOCROSS – Nazysta, antes de falar de 2010, faça aí uma avaliação da tua temporada em 2009.

CARLOS KETTERMANN – Comecei muito bem a temporada, e já na primeira etapa do Gaúcho de Motocross em Maratá fiz o Holeshot, sendo que no decorrer da prova fui empurrado para fora da pista por um concorrente, quando ainda estava na primeira posição. Por aí foram se somando terceiros lugares seguidos nas etapas seguintes do campeonato, mas me mantive na liderança do mesmo. Porém na etapa de Triunfo tive problemas mecânicos, o que me levou a perder a liderança do Gaúcho de MX.

A partir de então fui prejudicado pela demora de reposição de peças, atrasando assim treinamentos e condicionamento físico. Também liderava o campeonato Regional Centro Serra de Motocross até a 5ª etapa, com um diferença de 15 pontos para o segundo colocado. Só que a queda na etapa de Casca acabou me custando uma fratura forte no pé, o que me tirou definitivamente da disputa dos campeonatos. Contudo, nem todos os anos são como a gente quer.

MUNDOCROSS – Como está a recuperação da tua perna, fraturada em outubro passado na sexta etapa do Gaúcho de Motocross em Casca ?

CARLOS KETTERMANN – A recuperação é complicada em toda e qualquer fratura, pois além do tempo que você precisa para se recuperar, você perde todo o condicionamento adquirido antes do acidente. Mas já estou treinando novamente com cautela, pois ainda sinto fortes dores.

MUNDOCROSS – Quais os campeonatos nacionais e estaduais que pretende disputar e em quais as categorias.

CARLOS KETTERMANN – Pretendo disputar o Campeonato Gaúcho de Motocross, Campeonato Regional Centro Serra de Motocross, e algumas etapas do Brasileiro de Motocross, ambos na categoria MX3.

MUNDOCROSS – Sobre a sua pré-temporada, o que tem planejado para fazer para 2010 ?

CARLOS KETTERMANN – Em minha pré-temporada efetuo treinos moderados, assim planejando e prevendo um 2010 melhor que 2009.

MUNDOCROSS – Quais os patrocínios e apoios que você já tem fechado para a temporada 2010 ?

CARLOS KETTERMANN – Confirmados: Farmapop, Microcontrol, Geovani Seguros, Woodline, Carbu Motos, Racing Lavagem, Posto Detroit, Nelson Import, Academia Realce, Via Unica, Lojão do Couro, e Oximont. Em relação a Total Motopeças, estamos em negociação.

MUNDOCROSS – Agora a palavra e o espaço são seus.

CARLOS KETTERMANN – Primeiramente gostaria de agradecer as pessoas e empresas que me apóiam neste esporte há muitos anos, acreditando em minha capacidade e na força de Marketing que o Motocross possui. Porém acredito que o esporte pode ser mais reconhecido e valorizado, por ser tão incrível aos olhos das massas que hoje o acompanham, e coloco meus desagrados nas seguintes questões :

– Pilotos pagarem altos custos de inscrição, esquecendo que temos uma despesa elevada para manter os equipamentos necessários e um bom condicionamento físico.

– Pilotos com uma vida pessoal de trabalho e família, sendo expostos à pistas mal-construídas. O espetáculo que nós apresentamos dentro da pista, com disputas e manobras, já encantam o público, assim tornando desnecessário por em risco nossa integridade física.

JOGO RÁPIDO COM CARLOS KETTERMANN :

Nome completo : Carlos Gustavo Kettermann
Data de nascimento : 04 de Fevereiro de 1967
Cidade onde nasceu : Montenegro – RS.
Cidade onde mora : Montenegro – RS.
Apelido : Nazysta
Moto atual : CRF 450
Principal título : Não podemos desmerecer nenhum
Ídolo no Motocross Nacional : Jorge Negretti
Ídolo no Motocross Internacional : Ryan Villopoto
Pista favorita no RS : Carlos Barbosa
Pista favorita no Brasil : Cachoeiro do Itapemirim
Comida favorita : Massas
Bebida favorita : Suco
Comida antes das corridas : Massa
Bebida nas corridas : Isotônicos
Lazer preferido : Um bom filme, bom chimarrão e boa conversa…
Esporte preferido fora o Motocross : Bicicleta
E-mail : [email protected]
MSN : [email protected]

Redação Mundocross
Entrevista by Jorge Soares
Foto Arquivo Nazysta

Compartilhe este conteúdo

Comentários

xass disse:

q bom valorizar nossos pilotos

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly