Ben Townley é campeão Neozelandês de Supercross 2010

26 de janeiro de 2010 - 9:00

Como noticiamos no Mundo Afora #2, o piloto neozelandês Ben Townley está usando o campeonato Neozelandês de Supercross como pré-temporada para 2010. E neste sábado, 23 de janeiro, ele foi o vencedor da quarta e última etapa, disputada na cidade de Manukau City.

Por incrível que possa parecer, e apesar de já ter competido em várias partes do mundo nas etapas do Mundial de Motocross e ter sido campeão do AMA Supercross Lites, Townley nunca havia sido campeão de Supercross no seu país !!! No campeonato Neozelandês Townley está correndo de Kawasaki, mas no AMA Motocross 450 ele vai correr de Honda, pela equipe privada Troy Lee Designs / Lucas Oil / Honda.

“Minha recuperação foi longa e tive um longo caminho até poder começar a competir novamente no último mês de outubro”, disse Townley, que tem 25 anos. “Eu ainda não estou tão rápido como quando eu estava no meu melhor. Ainda não … mas em breve estarei”, disse, mostrando que ele irá se dedicar ainda mais para chegar bem na abertura do AMA Motocross no dia 22 de maio em Hangtown, no norte da Califórnia.

Townley ficou com o título na principal categoria, a Sênior Open. Já na categoria Sênior Lites, Mason Phillips ficou com o título. Na categoria Júnior 250 o campeão foi Isaiah Mcgoldrick. E pra finalizar, na categoria Junior Lites 85, Micah Mcgoldrick se sagrou campeão. Confira abaixo a classificação final das quatro categorias.

CATEGORIA SÊNIOR OPEN
1. Ben Townley – 222 pontos
2. Cody Cooper – 182
3. Mason Phillips – 182 pontos

CATEGORIA SÊNIOR LITES
1. Mason Phillips – 216 pontos
2. Scott Columb – 204
3. Brad Groombridge – 179 pontos

CATEGORIA JÚNIOR 250
1. Isaiah McGoldrick – 212 pontos
2. Brandon Tipene – 172
3. Tom Managh – 141 pontos

CATEGORIA JÚNIOR LITES 85
1. Micah McGoldrick – 229 pontos
2. Haki Waller – 205
3. Scott Sowry – 175 pontos

Redação Mundocross
Texto by Renato Dalzochio Jr.
Foto Arquivo

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly