Blog do Jorge Balbi Jr. – Anaheim 2

27 de janeiro de 2010 - 13:00

Olá meus amigos que acompanham o blog ! Esse fim de semana corri a terceira etapa do campeonato, Anaheim II. A semana antes da corrida foi bem tranquila, tranquila até demais na minha opinião rs… Como vocês sabem, machuquei meu ombro um dia antes do natal. Desde então, venho lutando contra o tempo e a lesão.

Após a abertura do campeonato achei que estava melhor, treinei um pouco e acabei indo para Phoenix o que com certeza fez com que eu agravasse minha lesão. Após a prova, por mais difícil que tenha sido, tomei a decisão de não subir na moto até me sentir melhor.

Passei a semana passada inteira fazendo muita fisioterapia e trabalhando duro para não perder meu preparo. Cheguei a pensar em não correr, porém, a vontade falou mais alto e o fato de ter ficado uma semana de repouso fez com que eu me sentisse melhor.

Fui para corrida bem nervoso porque é difícil ir para uma prova sabendo que não se está 100% fisicamente, por estar machucado e também por não poder treinar da forma adequada. Em momento algum perdi a fé e a grande força de vontade que tenho. Pedi muito a Deus antes de entrar na pista para que tudo corresse bem. Tomei uma injeção pra dor e fui pra pista.

O primeiro treino de reconhecimento é bem curto, entrei na pista, e rodei sem parar. Senti muito bem e, naquele momento, ao sair da pista, falei com o Max meu mecânico: Hoje é nosso dia ! Consegui andar sem sentir muitas dores e a pista me agradou muito. Fiz o segundo treino e me classifiquei com um bom tempo para o evento noturno.

HEAT RACE !

Procurei me concentrar bastante mais uma vez pedi a Deus que me colocasse no caminho certo e foi o que Ele fez…

Larguei no bolo e se tem uma coisa que tenho tido um pouco de dificuldade com a moto de 250cc é de largar. Mesmo tendo perdido quatro quilos, já que abaixei de 82 para 78, ainda sou bem mais pesado que 99% dos pilotos rs…

De volta à corrida, passei da primeira curva sem cair, o que já é uma vitória. Daí para frente fui muito agressivo na primeira volta e saí da 12ª para a 9ª colocação. Comecei uma boa briga com vários pilotos e fiquei muito tenso, sabia que não podia errar. Mesmo assim fui ganhando posições com o erro de alguns pilotos e já era o 7°.

Comecei a atacar o piloto Ben Evans, porém, na terceira volta, errei o final das costelas e perdi. Não pude fazer o triplo, mas me recuperei no resto da pista até que o Ben acabou caindo. Fui pra sexto e não olhei mais pra trás.

Tudo parecia garantido já que entrei na última volta com uma boa vantagem, mas as costelas estavam mesmo complicadas. Na última volta errei novamente e tive que abortar o triplo de novo, o que fez com que os pilotos encostassem. Porém, se meu peso atrapalha nas largadas, ele ajuda muito nas divididas rs… Joguei duro e garanti minha classificação !!!

Ao pular a chegada foi como se eu tivesse vencido a corrida! Cansei muito na classificatória e isso me preocupava para a final já que ao invés de 6 voltas seriam 15 rs…

FINAL

Tracei minha estratégia de corrida com o objetivo de somente dar o meu melhor, não arriscar e terminar a prova.

Larguei no bolo, o que não é nada mal, já que são muitas motos oficiais… Comecei a corrida mais tímido, mas aos poucos fui me soltando e comecei a andar muito bem. Cheguei no meu companheiro de equipe Ryan Clark e consegui superá-lo.

Em seguida tive uma boa disputa com o Chris Gosselaar e também consegui a ultrapassagem até encostar no Jeff Alessi, onde travamos uma boa disputa nas voltas finais. Na última curva, cheguei a colocar por dentro e tentei um block pass, mas ele escapou bem por cima da escora rs… E assim terminei a corrida, com um excelente 13° lugar !

Não vou esconder, fiquei muito surpreso e feliz com o meu resultado. Com o pouquíssimo tempo de preparação e com toda a dificuldade da minha lesão, a prova não poderia ter sido melhor! Gostei muito da forma como andei na final, bem diferente da classificatória em que estava nervoso, errei as costelas e não pulei o triplo duas vezes. Na final não cometi nenhum erro, fiz as costelas e o triplo sem problemas…

Agora estou me preparando para San Francisco e confesso, que se conseguir um resultado igual ou parecido com esse, será como uma outra vitória pra mim. Espero que tudo dê certo na semana, já que vou treinar somente um dia. Vamos para a próxima com muita humildade e confiança em Deus, pois sem Ele, nada acontece !

Muito obrigado !

Graças a Deus !

Balbi

Acessem e comentem no Blog do Balbi – www.balbi.blogspot.com

Foto by Motocross Action

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly