Sessão estaleiro do AMA Supercross

07 de Fevereiro de 2010 - 23:00

Durante as temporadas dos campeonatos de Motocross e Supercross é normal haver algumas baixas por causa de lesões, mas no AMA Supercross os números normalmente são maiores, já que a modalidade é mais radical e os pilotos mais arrojados. E para você saber quem está fora das pistas por estarem machucados, o Mundocross, o site da galera, traz para você a lista de quem está no estaleiro.

Um destes pilotos que estavam no estaleiro era o australiano Dan Reardon (foto), piloto da equipe MotoConcepts / Yamaha, que levou um forte tombo em Anaheim 1, onde machucou a cabeça e ficou de fora das etapas de Phoenix, Anaheim 2 e San Francisco para se recuperar, e recuperado voltou ontem em San Diego. Abaixo segue a lista dos pilotos lesionados, e as previsões de retorno as competições.

RELAÇÃO DOS PILOTOS LESIONADOS NO AMA SUPERCROSS

RYAN MORAIS (dores em todo o corpo) De acordo com o gerente da equipe Canidae / Rockstar / Suzuki, Bill Keefe, Ryan, que está correndo no AMA SX Lites Oeste, se recupera bem e provavelmente estará pronto para voltar em Anaheim 3, no sábado que vem.

JAMES STEWART (fraturou o escafóide) Ele operou o escafóide na semana passada e o seu retorno as pistas dependerá da rapidez com que ele se recupera, sendo que ele será avaliado semanalmente.

CHAD REED (fraturou a mão) O australiano está no meio do seu processo de cura, que deverá ser de seis semanas, sendo que ele esteve neste sábado em San Diego para um check-up com seu cirurgião.

JOSH GRANT (lesão no ombro) Até agora as coisas estão indo conforme o esperado com Josh. Ele precisa ainda de algumas semanas antes de ser liberado para treinar, e, em seguida, para correr novamente, e só irá voltar ao SX quando estiver completamente curado e pronto, em vez de apressar e colocar em risco suas chances de um título no AMA MX.

MATT MOSS (lesão na coluna) O piloto disse que deverá estar recuperado para a etapa de abertura do AMA Supercross Lites Leste, mas deverá andar na categoria principal pela equipe oficial Suzuki.

TOMMY SEARLE (lesão no ombro direito) Tommy, piloto inglês da equipe oficial FMF / KTM na categoria SX Lites Oeste, tentou pilotar mas sentiu dores e a equipe decidiu por convidar o piloto americano PJ Larsen para substituir o inglês ontem na etapa de San Diego.

JAKE MOSS (lesão no pulso) Se machucou na etapa de abertura do Australiano de Supercross e deverá correr na etapa do AMA Supercross em Indianápolis.

NATE ADAMS (lesão no polegar) Ele deslocou o polegar na etapa de Anaheim 1. Nate, que é piloto de Freestyle MX, não vai retornar ao SX em 2010.

CHRISTIAN CRAIG (lesão na coluna) Atualmente o piloto da equipe Troy Lee / Lucas Oil / Honda está fazendo tratamento para a coluna e estará fora das competições até o final do ano.

MATT GOERKE (fraturou a perna direita) Até agora não foi divulgada nenhuma informação sobre quando o piloto da MotoConcepts irá voltar as competições, e pelo jeito assim que estiver recuperado, deverá começar a se preparar para o AMA Motocross que vai começar em maio.

DEAN WILSON (lesão no polegar e ombro) Ele deve estar 100% pronto para a estreia do AMA SX Lites região Leste, que vai começar no dia 20 de fevereiro em Indianápolis.

JAKE MARSACK (lesão no pescoço) Jake Marsack está fora por causa de uma lesão nas vértebras C2 e C7. Ele está sob os cuidados de Steve Navarro.

TEDDY MAIER (fraturou a perna) Teddy quebrou a tíbia enquanto treinava na Millsaps Training e machucou a mesma perna que lesionou no ano passado. Ele está trabalhando duro para conseguir curar-se e está pensando em voltar na abertura do AMA Supercross Lites Leste.

Redação Mundocross
Texto by Jorge Soares
Foto by GuyB

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly