Depois de correr o Winter MX Enzo volta ao Brasil

10 de Fevereiro de 2010 - 13:00

Depois de cinco etapas, várias dificuldades superadas, aprendizados, amizades e muitas outras emoções, chegou o final de semana da sexta e última etapa do Flórida Winter AM Motocross Series 2010. E com certeza este último final de semana, 6 e 7 de fevereiro, não foi bom para o piloto brasileiro Enzo Lopes, de Lajeado, no Rio Grande do Sul.

Além de estar bem frio, as motos e alguns tombos não colaboraram para uma boa classificação na etapa de Gatorback : “a bruxa estava solta !!! Nas corridas de sábado, a moto quebrou na primeira bateria da 65, que era a de 10-11 anos. E como as baterias são muito próximas uma das outras, tivemos que pegar uma moto emprestada com alguns amigos (foto) da Colômbia para correr na categoria 65cc Open”, comentou Delaine Lopes.

Nesta categoria Enzo conquistou a terceira posição na etapa de sábado. Depois das 65cc, Enzo subiu na sua outra moto para correr a 85cc 9-11 anos. Nesta categoria ele acabou tendo o pneu traseiro da sua moto furado, não tendo condições de acabar a prova.

No domingo na bateria 10-11 anos para motos 65cc, com sua moto arrumada pelo pai de um concorrente, Enzo acabou a prova na terceira posição depois de uma péssima largada. Enzo correu a 65cc Open com a sua moto no domingo, e acabou a etapa na terceira posição novamente, mas só que ele foi desclassificado, por ter usado uma moto no sábado e outra no domingo !!! Na categoria 85cc 9-11 anos ele acabou em quarto lugar.

Depois de seis etapas disputadas, no campeonato ele acabou a 65 10-11 anos em terceiro lugar, a 65 Open em quarto e a 85 9-11 anos em quarto também. “Apesar de não termos alcançado o objetivo que era chegar entre os três primeiros nas categorias disputadas, superamos as expectativas porque foi evidente o crescimento do Enzo na competição”, comentou Fernando Flores, treinador do piloto aqui no Brasil.

“Estamos retornando ao Brasil nesta semana, após estarmos 45 dias respirando Motocross nos Estados Unidos. E voltamos felizes, porque nossa missão foi de muito sucesso, pois Deus nos abençoou e não tivemos nem um problema físico. Voltamos com a certeza que estamos no caminho certo, e esperamos retornar em breve para cá para disputar uma classificatória para Loretta Lynns”, comentou Léo Lopes.

“Agradecemos nossos patrocinadores, a Answer, a Freeday e Léo Motos que viabilizaram este projeto, aos amigos brasileiros que residem aqui nos Estados Unidos, e a Deus”, finalizou Léo.

APOIO DA FREEDAY E ANSWER RACING

O gaúcho Enzo Lopes é patrocinado pela Freeday / Answer / Léo Motos, e é tri-campeão Brasileiro de Motocross na categoria 50 em 2006, 2008 e 2009, campeão do Arenacross na categoria 50 em 2009 e vice-campeão Brasileiro de Motocross na categoria 65 em 2009. A chegada dele e de sua família ao Brasil será nesta quarta-feira, e ele continuará treinando forte focando nos campeonatos da temporada 2010.

Enzo esteve no Winter Motocross Series na Flórida acompanhado do seu pai Léo Lopes, da sua mãe Delaine, sua irmã Alexia e de Fernando Flores, seu treinador no Brasil. Enzo e sua família estiveram nos Estados Unidos a convite do Rossano Torman, que mora na Flórida, nos Estados Unidos, e de Rodrigo Torman, que mora no Rio Grande do Sul. Os dois são da empresa MX Direct, que é a distribuidora oficial da marca Answer no Brasil. Enzo recebeu o patrocínio de equipamentos da Answer Racing americana, num esquema viabilizado pela Answer Brasil.

CORRIDAS QUE ENZO LOPES DISPUTOU NOS USA

Gatorback – Dias 2 e 3 de janeiro
Reddick – Dias 9 e 10 de janeiro
Dade City – Dias 16 e 17 de janeiro
Lake City – Dias 23 e 24 de janeiro
Forest Gken – Dias 30 e 31 de janeiro
Gatorback – Dias 6 e 7 de fevereiro

Redação Mundocross
Texto by Alexia Lopes
Foto Divulgação

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly