Perspectiva 2010 – Nico Rocha

23 de Fevereiro de 2010 - 19:00

Dando seguimento a série Perspectivas 2010 no site Mundocross, quem está hoje aqui é o piloto paranaense Nico Rocha, que já começou a temporada 2010 de uma forma que todos pilotos gostam, vencendo !! O experiente piloto de Motocross de Londrina, corre já há algumas temporadas o Paraguaio de Motocross, e foi lá que ele conquistou a primeira vitória do ano, na abertura do campeonato nacional do país vizinho.

E para a temporada 2010 Nico Rocha está confirmado em mais uma temporada como piloto da equipe Pro Tork, maior fábrica de motopeças da América Latina, representando a marca na categoria MX3 nos campeonatos Paraguaio de Motocross e Brasileiro de Motocross.

E para os fãs do Motocross saberem um pouco do que o londrinense está fazendo e planejando para 2010, agora para você o Perspectiva 2010 com Nico Rocha, piloto que já foi seis vezes campeão Sul-Matogrossense de MX, três vezes campeão Paraguaio de MX, três vezes vice-campeão Brasileiro de MX e campeão Paranaense de MX.

Placa de 5 segundo no ar, largou….

MUNDOCROSS – Nico, antes de falar de 2010, faça aí uma avaliação da tua temporada em 2009.

NICO ROCHA – Bom no ano de 2009 não fiz uma boa pré-temporada, e isso acabou comprometendo o meu começo da temporada, e acabei me lesionando na etapa de Canoas. Isso me atrapalhou muito no campeonato Brasileiro de Motocross, mas com a diferença de datas nos calendários, acabei sendo campeão Paraguaio de Motocross.

MUNDOCROSS – Quais os campeonatos nacionais e estaduais que pretende disputar e em quais as categorias ?

NICO ROCHA – Para 2010, o campeonato Brasileiro de MX e campeonato Paraguaio de MX.

MUNDOCROSS – Sobre a sua pré-temporada, o que tem planejado para fazer para 2010 ?

NICO ROCHA – Já comecei a pré-temporada, e o plano é dar prioridade ao treino físico.

MUNDOCROSS – O que você têm a dizer sobre o Motocross na sua vida. O que você tirou de lição até agora para sua vida pessoal ?

NICO ROCHA – Tenho meu trabalho, mas logo que assinei com a Pro Tork pude me ausentar do trabalho e me dedicar ao Motocross. Isso é um sonho e dou graças a DEUS por isso. Poder fazer o que gosto e conhecer pessoas boas dentro e fora deste esporte, com amizades que vão se consolidando pro resto da vida.

MUNDOCROSS – Quais os patrocínios e apoios que você já tem fechado para a temporada 2010 ?

NICO ROCHA – Renovei contrato com a Pro Tork para temporada de 2010, e com a Carlos Fretes e Bola de Neve Church.

MUNDOCROSS – Agora a palavra e o espaço são seus.

NICO ROCHA – Estamos passando por uma mudança no Motocross Brasileiro, e todos estamos ansiosos para ver, participar, e poder opinar neste esporte que vivemos. Eu, como todos atletas, e os que de alguma maneira estão envolvidos neste maravilhoso mundo do Motocross, torcemos mais do nunca para que 2010 seja o melhor ano de todos os tempos. Agradeço a DEUS, a meus patrocinadores, amigos e familiares, e ao Marlon Viana por esta oportunidade.

JOGO RÁPIDO COM NICO ROCHA :

Nome completo : Nicomedes Soares da Rocha Filho
Data de nascimento : 03 de Novembro de 1968
Cidade onde nasceu : Apucarana – PR.
Cidade onde mora : Londrina – PR.
Apelido : Nico Rocha
Moto atual : KXF 450
Principal título : Campeão Paraguaio de MX e campeão Paranaense de MX
Ídolo no Motocross Nacional : Paulo Stedile
Ídolo no Motocross Internacional : Stefan Everts
Pista favorita no PR : Siqueira Campos
Pista favorita no Brasil : Siqueira Campos
Comida favorita : Macarronada e peixe
Bebida favorita : Terere
Comida antes das corridas : Macarrão
Bebida nas corridas : Isotônico para hidratar

Lazer preferido : Brincar com as filhas e pescar
Esporte preferido fora o Motocross : Pedalar
E-mail : [email protected]
MSN : [email protected]

Redação Mundocross
Entrevista by Marlon Viana
Foto Divulgação

Compartilhe este conteúdo

Comentários

OLA GALERA, UM ABRAÇO A TODOS DO MOTOCROSS, E DIZER QUE O NICO ROCHA É UMA INSPIRAÇÃO PARA NÓS.
QUE DEUS CONTINUE ABENÇOANDO
O SENHOR É POR NÓS…

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly