Em corrida perfeita Dungey volta a liderança no AMA SX

28 de Fevereiro de 2010 - 17:00

A temporada 2010 do AMA Supercross está pegando fogo na principal categoria do campeonato, a Supercross. Como diria o colunista Steve Cox, do site da revista norte-americana RacerX, “no AMA Supercross, quando você pensa que já tem as respostas pra todas as perguntas, um acontecimento muda todas as perguntas”. Há exatamente uma semana atrás, quem iria imaginar que Ryan Villopoto estaria hoje numa péssima situação no que diz respeito à disputa pelo título ? Ninguém.

Nem mesmo o próprio Villopoto iria imaginar. Na semana passada Villopoto venceu a prova de Indianápolis e empatou na liderança com o piloto Ryan Dungey. Como tinha três vitórias contra duas de Dungey, Villopoto levava a melhor no critério de desempate. Pelo desempenho apresentado na pista, Villopoto dava sinais de que poderia dominar o campeonato daqui para frente. Mas neste sábado, 27 de fevereiro, o pior aconteceu.

Villopoto finalizou na 19ª posição, viu seu principal adversário vencer a corrida, e abrir 23 pontos de vantagem na liderança do campeonato, isso faltando nove corridas para o final da temporada. Villopoto ainda perdeu a vice-liderança para o consistente Josh Hil, que tem 20 pontos a menos que o líder. Mas como ele foi finalizar em penúltimo lugar? Para saber o motivo de tanto azar, leia o texto abaixo…

CATEGORIA SUPERCROSS

Na largada da corrida principal, Ryan Dungey da equipe oficial Rockstar / Makita / Suzuki fez o holeshot e saiu na frente, trazendo em seu encalço os pilotos Trey Canard da equipe Geico Powersports / Honda em segundo e Ryan Villopoto da equipe oficial Monster Energy / Kawasaki em terceiro. Com as cinco primeiras voltas completadas, Dungey liderava, com Villopoto em segundo, Canard em terceiro e Davi Millsaps da equipe oficial Red Bull / Honda Racing na quarta posição. Com dez voltas completadas, os pretendentes ao título ocupavam as duas primeiras posições. Dungey liderava. Villopoto vinha logo atrás, muito próximo, em seu encalço.

No entanto, na 11ª volta, o pior aconteceu para o piloto da Kawasaki. Villopoto cometeu um erro em um dos saltos triplos da pista, sofrendo uma queda, capotando de frente no referido obstáculo. Com problemas na moto, Villopoto foi para o pit-stop tentar consertar um problema no escapamento. Seu mecânico teve que se virar para poder resolver o problema. Com o escapamento consertado, Villopoto voltou para a corrida na 14ª volta, obviamente na última posição.

Enquanto isso lá na frente, Dungey se mantinha na liderança, com Canard em segundo, Millsaps em terceiro, Ivan Tedesco, numeral 9, em quarto e Justin Brayton, numeral 23, na quinta posição. Na décima sétima volta o neck brace de Dungey abriu e ele arrancou o equipamento de segurança e jogou na área de pit-stop para não atrapalhá-lo nas três últimas voltas da corrida. Depois disso nada mais aconteceu. Ao final das 20 voltas da corrida principal, vitória de Dungey, com Canard em segundo e Millsaps completando o pódio na terceira posição.

Tedesco finalizou em quarto e Brayton completou os cinco primeiros. Josh Hill foi o sexto colocado. Villopoto finalizou na 19ª posição. Seguindo o exemplo de Villopoto, Dungey chegou a sua terceira vitória no campeonato, mas graças ao revés do piloto da Kawasaki, Dungey assumiu a liderança isolada do campeonato, com 170 pontos, 20 pontos a mais que Josh Hill, que reassumiu a vice-liderança, também graças a péssima noite de Villopoto.

Falando no piloto da Kawasaki, ele caiu para a terceira posição no campeonato, e agora tem um déficit de 23 pontos em relação à Dungey, isso faltando nove etapas para o final da temporada. Millsaps é o quarto com 134 pontos, e Justin Brayton fecha os cinco primeiros com 121 pontos marcados.

RESULTADO DA HEAT 1 DA CATEGORIA SUPERCROSS

1. Davi Millsaps
2. Ryan Dungey
3. Justin Brayton
4. Grant Langston
5. Jason Lawrence
6. Nick Wey
7. Chris Blose
8. Jason Thomas
9. Heath Voss

RESULTADO DA HEAT 2 DA CATEGORIA SUPERCROSS

1. Kevin Windham
2. Josh Hill
3. Ryan Villopoto
4. Trey Canard
5. Ivan Tedesco
6. Matt Boni
7. Kyle Chisholm
8. Michael Byrne
9. Dan Reardon

RESULTADO DA LAST CHANCE DA CATEGORIA SUPERCROSS

1. Weston Peick
2. Kyle Partridge

RESULTADO DA OITAVA ETAPA DA CATEGORIA SUPERCROSS

1. Ryan Dungey (Suzuki)
2. Trey Canard (Honda)
3. Davi Millsaps (Honda)
4. Ivan Tedesco (Yamaha)
5. Justin Brayton (Yamaha)
6. Josh Hill (Yamaha)
7. Michael Byrne (Yamaha)
8. Jason Lawrence (Yamaha)
9. Grant Langston (Yamaha)
10. Nick Wey (Kawasaki)
11. Chris Blose (Honda)
12. Kyle Chisholm (Yamaha)
13. Matt Boni (Honda)
14. Kevin Windham (Honda)
15. Jason Thomas (Suzuki)
16. Heath Voss (Honda)
17. Weston Peick (Yamaha)
18. Dan Reardon (Yamaha)
19. Ryan Villopoto (Kawasaki)
20. Kyle Partridge (Kawasaki)

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA SUPERCROSS APÓS OITO ETAPAS

1. Ryan Dungey – 170 pontos (3 vitórias)
2. Josh Hill – 150
3. Ryan Villopoto – 147 (3 vitórias)
4. Davi Millsaps – 134 (1 vitória)
5. Justin Brayton – 131
6. Ivan Tedesco – 115
7. Kevin Windham – 113
8. Nick Wey – 85
9. Michael Byrne – 71
10. Andrew Short – 69
11. Kyle Chisholm – 69
12. Grant Langston – 66
13. Tommy Hahn – 61
14. Chris Blose – 60
15. James Stewart – 51 pontos (1 vitória)

A próxima etapa, a oitava etapa do AMA Supercross, oitava do Mundial FIM de Supercross e a segunda do AMA Supercross Lites Leste será no próximo sábado, dia 27 de fevereiro, em Atlanta, na Geórgia.

ETAPAS RESTANTES DO AMA SUPERCROSS 2010

9ª etapa – 6 de Março – Daytona – Flórida
10ª etapa – 13 de Março – Toronto – Ontário – Canadá
11ª etapa – 20 de Março – Arlington – Texas
12ª etapa – 27 de Março – Jacksonville – Flórida
13ª etapa – 10 de Abril – Houston – Texas
14ª etapa – 17 de Abril – St. Louis – Missouri
15ª etapa – 24 de Abril – Seattle – Washington
16ª etapa – 1º de Maio – Salt Lake City – Utah
17ª etapa – 8 de Maio – Las Vegas – Nevada

ETAPAS RESTANTES DO AMA SUPERCROSS LITES OESTE 2010

7ª etapa – 24 de Abril – Seattle – Washington
8ª etapa – 1º de Maio – Salt Lake City – Utah

ETAPAS RESTANTES DO AMA SUPERCROSS LITES LESTE 2010

3ª etapa – 6 de Março – Daytona – Flórida
4ª etapa – 13 de Março – Toronto – Ontário – Canadá
5ª etapa – 20 de Março – Arlington – Texas
6ª etapa – 27 de Março – Jacksonville – Flórida
7ª etapa – 10 de Abril – Houston – Texas
8ª etapa – 17 de Abril – St. Louis – Missouri

SHOOTOUT OESTE X LESTE SUPERCROSS LITES 2010

Etapa única – 8 de Maio – Las Vegas – Nevada

Redação Mundocross
Texto by Renato Dalzochio Jr.
Foto by GuyB

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly