Strang e Thomas começaram vencendo no GNCC 2010

06 de março de 2010 - 20:00

Nesta última terça-feira, dia 2 de março, aconteceu à etapa de abertura do Grand National Cross Country Series – GNCC, em River Ranch, na cidade de Lake Wales, na Flórida. Na categoria principal, a XC1, o australiano Josh Strang, da equipe FMF / Makita / Suzuki faturou a vitória após uma dura batalha com o piloto privado KTM Chris Bach, ao longo das três horas da bateria principal.

Na XC2 Lites a vitória ficou com Jason Thomas da equipe Monster Energy / FAR Racing / Andrews / Yamaha. Thomas aproveitou o novo regulamento do campeonato, que permite que os pilotos da categoria XC2 possam competir com motocicletas de 250cc 2 tempos (ou optar pelas tradicionais 250 4 tempos), e correu a bordo da nova Yamaha YZ 250cc 2 tempos.

Cerca de 1200 pilotos de oito países participaram desta etapa de abertura. Principal categoria do campeonato, a XC1 foi a mais competitiva do dia. Na corrida principal, a liderança passou pelas mãos de nada mais nada menos do que cinco pilotos diferentes. Para saber como foi esta etapa de abertura, siga lendo o texto abaixo…

CATEGORIA XC1

Na largada, quem ficou com os 250 dólares do prêmio do holeshot foi o neozelandês Paul Whibley (foto), atual campeão da categoria que se mudou para a equipe AM-Pro / Yamaha e estreou a nova WR 450F. O australiano Josh Strang da equipe FMF / Makita / Suzuki começou em um pelotão um pouco mais atrás, depois que sua moto falhou na largada. Mas ao final da primeira volta, o líder era o piloto Charlie Mullins, que venceu a prova de River Ranch no passado e voltou para a equipe AM-Pro / Yamaha nesta temporada.

Na metade da corrida, Mullins parecia estar no caminho certo para conquistar a segunda vitória de sua carreira em River Ranch, mas acabou sendo vítima de um dos poços d’água que obstruíam o arenoso traçado do circuito, que tinha 25 km de extensão total. O motor acabou bebendo água, e Mullins teve que “pedalar” bastante para fazer sua moto funcionar novamente, perdendo muito tempo e posições.

A partir daí, pelas duas horas restantes da bateria, a briga pela vitória ficou entre Strang e privado KTM Chris Bach, a grande surpresa desta etapa de abertura. Os dois trocaram de posições várias vezes. Bach liderou boa parte da bateria, até ser superado por Strang quando parou no pits para abastecer. Bach recuperou a liderança graças a um tombo de Strang.

Mas não demorou muito para o australiano dar o troco e recuperar a liderança, desta vez, para não perdê-la mais até a bandeira quadriculada. A grande decepção foi o atual campeão Paul Whibley, que em uma corrida repleta de erros, finalizou apenas na décima posição. Charlie Mullins conseguiu recuperar o prejuízo, ficando com o último degrau do pódio. Jimmy Jarret da equipe Geico / JG Racing / Monster Kawasaki foi o quarto e Thad Duvall da AM-Pro / Yamaha completou os cinco primeiros.

O australiano Glenn Kearney da equipe Husqvarna finalizou em sexto. Cory Buttrick da equipe FMF / KTM / Off Road, vice-campeão da XC2 Lites no ano passado, subiu para XC1 neste ano, finalizando na oitava posição. Seu novo companheiro de equipe, Homero Diaz, atual campeão mexicano de enduro, finalizou logo atrás, na nona posição, ficando na frente do azarado Whibley.

CATEGORIA XC2 LITES

Quem ficou com os 100 dólares do prêmio do holeshot e saiu na frente foi o desconhecido piloto John Day, mas sua alegria durou poucas curvas. Day foi rapidamente superado por Jason Thomas da equipe Monster Energy / FAR Racing / Andrews / Yamaha, que aproveitando o novo regulamento do campeonato, competiu com a nova Yamaha YZ 250cc 2 tempos. Depois disso nada de emocionante aconteceu e a corrida não teve graça. Thomas venceu com tranqüilidade, deixando o piloto Jesse Robinson da KTM em segundo.

O atual campeão Kailub Russel da equipe FMF / KTM / Off Road caiu na largada, voltou nas últimas posições, e em uma excelente corrida de recuperação, ficou com o último degrau do pódio. Josh Weisenfels da Kawasaki finalizou em quarto e Jake Korn da KTM, completou os cinco primeiros.

Como esta foi à etapa de abertura, tanto na categoria XC1 como na XC2 Lites as mesmas posições se repetem na classificação geral do campeonato. A próxima etapa do GNCC 2010 acontece neste fim de semana, dias 6 e 7 de Março, em Washington, estado da Geórgia.

RESULTADO DA PRIMEIRA ETAPA NA CATEGORIA XC1

1. Josh Strang (Suz)
2. Chris Bach (KTM)
3. Charlie Mullins (Yam)
4. Jimmy Jarrett (Kaw)
5. Thad DuVall (Yam)
6. Glenn Kearney (Hus)
7. Barry Hawk Jr. (Yam)
8. Cory Buttrick (KTM)
9. Homero Diaz (KTM)
10. Paul Whibley (Yam)

RESULTADO DA PRIMEIRA ETAPA NA CATEGORIA XC2 LITES

1. Jason Thomas (Yam)
2. Jesse Robinson (KTM)
3. Kailub Russell (KTM)
4. Josh Weisenfels (Kaw)
5. Jake Korn (KTM)
6. Dustin Gibson (KTM)
7. Steward Baylor (KTM)
8. Scott Watkins (Kaw)
9. Travis Hullfish (Kaw)
10. Corey MacDonald (Yam)

CLASSIFICAÇÃO CATEGORIA XC1 APÓS A PRIMEIRA ETAPA

1.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly