Gaúcho de Velocross abriu na fronteira com o Uruguai

Foto por André Charão | 10 de março de 2010 - 14:00

Num domingo de muito sol e calor, mais de 200 pilotos, cerca de 280 inscrições e classificatórias nas categorias VX1 e VX2 garantiram o sucesso na etapa de abertura do campeonato Gaúcho de Velocross 2010, que aconteceu neste domingo, 07 de março, na cidade de Santana do Livramento, que faz divisa com Rivera, na fronteira com o Uruguai. Já na tarde de sábado um grande número de pilotos treinaram forte na pista montada dentro da Chácara da Prefeitura, dando uma prévia do que aconteceria no domingo, aumentando ainda mais a ansiedade de público e pilotos.

No domingo o trânsito de pilotos chegando a pista era intenso e aumentava cada vez mais, assim como a temperatura que castigou os pilotos nos treinos livres,nas classificatórias das categorias VX1 e VX2 as disputas foram muito intensas, quem estava de vida mansa eram os cinco primeiros colocados do campeonato do ano passado, pois os mesmos tinham sua vaga assegurada. A cada largada das 13 categorias válidas pelo Gaúcho de Veloterra aumentava a euforia do público, pois ali estavam brigando pela vitória palmo a palmo os melhores pilotos do Rio Grande do Sul.

Nos boxes, a equipe da Revollution mostrou a cara do seu trabalho; A equipe de vistoria teve trabalho no Parque Fechado e mostrou que o regulamento será cobrado do começo ao fim do campeonato, inclusive algumas motos foram impedidas de participar de algumas categorias por não se encaixarem ao regulamento. Mas o ponto alto nos boxes foi a confraternização dos pilotos, o encontro de amigos e a conversa dos bastidores. A novidade nesta temporada foi a loja móvel da Impacto Motos, que trouxe tudo para os pilotos e suas motos, sendo que a loja permaneceu movimentada durante todo o final de semana.

Os destaques da abertura da competição, além é claro dos vencedores, foram os pilotos que deram show na pista tornando o espetáculo ainda melhor para o público que acompanhava sob um forte calor as emoções nas ultrapassagens, na habilidade e na determinação de cada um deles, a começar por Giovani Pick (Vera Cruz) que antes mesmo de completar a primeira volta na categoria VX3 Importadas ficou na última colocação após uma queda, fazendo uma brilhante prova de recuperação, chegou na terceira colocação quase fazendo a ultrapassagem no segundo colocado na última curva, quem venceu nessa categoria foi Fernando Sanches (Santa Maria) que assumiu a ponta antes mesmo da primeira volta.

Maurício Alvarez (Melo-Uruguai) foi outro piloto que teve que correr atrás do prejuízo na categoria VX1, após um acidente na primeira curva além da rabeta da moto perdeu todas as posições ficando no último lugar, aos poucos encostou no pelotão intermediário, na penúltima volta conquistou a terceira colocação premiando a fantástica recuperação do piloto uruguaio, a vitória ficou com o seu compatriota Hernan Alfonso (Lapaz/Uruguai).

Gilvan Nizoli (Morro Redondo) começou o campeonato com o “pé direito”, venceu a VX4 após estar na quinta colocação, aos poucos foi imprimindo um ritmo forte e estudando os adversários antes do ataque as ultrapassagens aconteceram sem muitos problemas.

Fabrício Rosso (Pelotas) e Cássio Rossi (Santa Maria), também protagonizaram ótimos pegas na 230cc na disputa da liderança, os dois pilotos lideraram a prova, mas após a penalização dos dois primeiros colocados (ultrapassagem em bandeira amarela), ela caiu nas mãos do piloto Patrick Cravelaro (São Vicente do Sul), o piloto pelotense estava em tarde inspirada, pois na categoria 250cc 4 tempos não deu chance para os adversários e venceu de ponta a ponta, outro piloto que venceu de ponta a ponta foi Fabiano Ribeiro (Passo Fundo) na VX3 Nacional.

Felippe Müller Menuzzi (Dom Pedrito) mostrou que não é por acaso que é o quinto colocado no ranking do Brasileiro de Motocross e deu um passeio na categoria 55cc, mas na categoria 65cc a sua moto o deixou na mão, depois de liderar quase toda a prova o motor agarrou e acabou com as chances de conquistar a segunda vitória na tarde, assim Felipe Matheus Kunz (Machadinho) foi o vencedor.

Patrick Crivelaro (São Vicente do Sul) mostrou que além de ser um ótimo piloto de estilo muito arrojado também tem muita sorte, pois na categoria Nacional 2Tempos chegou no líder, mas talvez não tivesse tempo de tentar ultrapassar, então a sorte brilhou e o líder abandonou depois que a corrente arrebentou, a vitória caiu nas mãos de Patrick, já que na categoria 230cc após a desclassificação de Fabrício Rosso, a sorte brilhou mais uma vez para ele e a vitória caiu novamente em suas mãos.

Rodrigo Volcan (Pelotas) foi o vencedor da VX2, mas não sem antes passar por maus bocados com o piloto Maurício Alvarez (Melo/Uruguai), Volcan conseguiu segurar o ímpeto de Alvarez por quatro voltas depois o uruguaio ultrapassou e abriu uma boa vantagem, mas a poucas voltas do final na curva antes do arco de chegada deixou a moto apagar e perdeu a liderança.

Anthony Rey (Melo/Uruguai) venceu a categoria 85cc de forma espetacular, após perder o controle da dianteira na primeira curva após a largada fez uma prova de recuperação assumindo a liderança e vencendo com boa vantagem.

Rafael Bertagnolli bem que tentou sair com duas vitórias na tarde de domingo, mas na categoria Força Livre 4Tempos depois de uma ótima largada andou na frente por quase toda a prova, mas quem venceu foi Daniel Bassani (Flores da Cunha) que mesmo após estar bem atrás de Bertagnolli conseguiu encostar e ultrapassar, já na categoria Força Livre Nacional a vitória de Bertagnolli foi de ponta a ponta.

As próximas emoções do Gaúcho de Velocross 2010 serão nos dias 17 e 18 de abril, em cidade a ser definida, quando será disputada a segunda etapa do Gaúcho, juntamente com a segunda etapa do Brasileiro e do Sul-Brasileiro de Velocross.

CONFIRA OS CINCO PRIMEIROS COLOCADOS DE CADA CATEGORIA :

CATEGORIA VX 4 NACIONAL
1º Gilvan Nizolli (Morro Redondo)
2º Anibal Barreto (Dom Pedrito)
3º Marco Aurélio Faria (Lajeado)
4º Mauro Munari (Santa Maria)
5º Luis Carlos Berger (Montenegro)

CATEGORIA 55
1º Felippe Müller Menuzzi (Dom Pedrito)
2º Matias Vargas (Rivera/Uruguai)
3º Matheus Hernandes (Rio Grande)
4ª Gabriel Dias Lopes Costa (Dom Pedrito)
5º Bawer Campos Gomes (Rio Grande)

CATEGORIA NACIONAL 2TEMPOS
1º Patrick Crivelaro (São Vicente do Sul)
2º Everton Grei Porto Maciel (Rivera/Uruguai)
2º Odinar Paulo Tonel Júnior (Venâncio Aires)
4º Erton Muller (Candiota)
5º Jeisson Santos (Jaguari)

CATEGORIA 230 4 TEMPOS
1º Patrick Crivelaro (São Vicente do Sul)
2º Fabrício Rosso (Pelotas)
3º Cássio Rossi (Santa Maria)
4º Douglas de Oliveira Carvalho (Vera Cruz)
5º Bruno Oliveira Figueredo (Candiota)

CATEGORIA VX3 NACIONAL
1º Fabiano Ribeiro (Passo Fundo)
2º Anibal Barreto (Dom Pedrito)
3º Elder Pirolli ‘Netti’ (Tapejara)
4º Marclo Aurélio Faria (Lajeado)
5ª Dardo Pereira (Santiago)

CATEGORIA VX3 IMPORTADAS
1º Fernando Sanches (Santa Maria)
2º Lautherio Brauch (São Lourenço do Sul)
3º Giovani Pick (Vera Cruz)
4º Alcione Munari (Santa Maria)
5º Danny Santos de Oliveira (Panambi)

CATEGORIA 250 4TEMPOS
1º Fabrício Rosso (Pelotas)
2º Fabiano Guimarães (Passo Fundo)
3º Cássio Oliveira (Santa Maria)
4º Augusto Russo (Pelotas)
5º Norton Souza (Pelotas)

CATEGORIA VX2
1º Rodrigo Volcan (Pelotas)
2º Maurício Alvarez (Melo/Uruguai)
3ª Giovane Pick (Vera Cruz)
4ª Francisco Rolim Filho (Santana do Livramento)
5º Flávio Neto (Santa Maria)

CATEGORIA FORÇA LIVRE 4TEMPOS
1º Daniel Bassani (Flores da Cunha)
2º Rafael Bertagnolli (Santa Maria)
3ª Felipee Deloss (Lajeado)
4ª Vinícus Pilz (Venâncio Aires)
5º Marcio Vizentim (Flores da Cunha)

CATEGORIA 65
1º Felipe Matheus Kunz (Machadinho)
2º Felipe Augusto Pick (Vera Cruz)
3º Valter Fagundo Sander (Rivera/Uruguai)
4º Júnior Leandro Pick (Vera Cruz)
5º Felippe Muller Menuzzi (Dom Pedrito)

CATEGORIA FORÇA LIVRE NACIONAL
1º Rafael Bertagnolli (Santa Maria)
2º Felipee Deloss (Lajeado)
3º Vinícus Pilz (Venâncio Aires)
4º Marcio Vizentim (Flores da Cunha)
5º Márcio Santos (Pelotas)

CATEGORIA 85
1º Anthony Rey (Melo/Uruguai)
2º Eduardo Fugueira Fagundes (Bagé)
3º Leônidas Marques Moraes (Santa Cruz do Sul)
4º Matheus Felipe Kunz (Machadinho)
5º Felipe Augusto Pick (Vera Cruz)

CATEGORIA VX1
1º Hernan Alfonso (Lapaz/Uruguai)
2º Rodrigo Volcan (Pelotas)
3º Maurício Alvarez (Melo /Uruguai)
4º Giovani Pick (Vera Cruz)
5º Juliano Carlos Mercali (Veranópolis)

Texto : Secretaria de Comunicação da FGM

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly