Veja quem venceu a 1ª etapa do Brasileiro de Velocross

16 de março de 2010 - 10:00

A cidade de Rio Negro no Paraná foi palco de um grande espetáculo neste final de semana, 13 e 14 de março, pois foi sede das etapas de abertura dos campeonatos Paranaense, Brasileiro e Sul-brasileiro de Velocross 2010. Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul, uniram-se através de suas federações para realizar esta grande festa do esporte nacional.

A parceria deu tão certo que um grande sonho foi realizado: a unificação do regulamento entre os três estados. Gilberto Rosa, presidente da Federação Paranaense de Motociclismo – FPRM, relatou que este foi um grande passo para o fortalecimento do motociclismo no sul do país e que o esporte só tem a ganhar com esta união.

Mas de 430 pilotos participaram em 12 categorias, representando assim seus estados entre eles: São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso, Minas Gerais, Brasília e Goiás.

Nas provas os pilotos além de suas habilidades tiveram que contar com um bom condicionamento físico, pois a pista estava com excesso de lama devido a chuva que ocorreu na madrugada. O público compareceu em peso mesmo com o mau tempo e ficaram vidrados na pista, pois foram inúmeros tombos e lama pra todo lado.

A primeira categoria que entrou na pista foi a Estreante Especial, que aliás, tiveram muita dificuldade devido as condições da pista, Jonathan Hey Jarek faturou o 1º lugar seguido por Bruno Cardoso.

Na 250cc 4 tempos, já com a pista um pouco mais seca, Giovani Veiga Adriano ficou com o 1º lugar seguido de Marcos Dario da Cruz.

Lucas Sganzerla faturou o 1º lugar na categoria 65cc e o 2º lugar ficou com Mateu Felipe Kunz.

A segunda volta mais rápida do dia ficou com Roberto Eugenio Bordon na categoria VX2, mas quem levou a melhor foi Rodrigo Volcan seguido de Lui Andre Fietz.

Na Estreante Nacional, Julio Cesar Vaselkosk fez bonito com a volta de 1:37.448 e conquistou o 1º lugar e Vilson V. Klein ficou com o 2º lugar.
Destacou-se na categoria 230cc, Douglas de Oliveira que levou a taça e em 2º lugar veio Cássio Rossi Oliveira.

Alencar Krefta fez uma boa corrida mas quem faturou o 1º lugar na VX3 especial foi Davis Guimarães.

Na Street 2 e 4 Tempos quem levantou a taça foi Wyllyn Richard Alves seguido de Raul Brunosi Junior.

João Silvério fica com o 1º lugar na VX3 Nacional e Fabiano Ribeiro de numeral 75 fatura o 2º lugar.

Minutos antes da largada da 85cc uma linda homenagem foi feita em memória de Eduardo Rudnick, sua família trouxe para a pista a moto em que Eduardo corria, o locutor Fabio da Cidade do Rio Negro mencionou belas palavras que foi seguido de um longo aplauso do público presente. E nesta categoria quem levou a melhor foi Eduardo Ressaro e Gustavo dos Santos ficou com o 2º lugar.

Jacson Keil fez uma boa prova conquistou o 1º lugar na Força Livre Nacional e o 2º lugar ficou com Daniel Schmitz.

A categoria mais esperada do dia foi a VX1, onde teve a volta mais rápida do dia com Paulo Henrique Krutzsch com 1:20.546, mas foi Paulo Cesar Stedile que deu um verdadeiro espetáculo na pista, arrancando aplausos do público e ficou com o 1º lugar seguido de Lui Andre Fietz.

Abertura do Campeonato Paranaense de Velocross teve o apoio da Prefeitura Municipal de Rio Negro e de Jarva Racing. Patrocínio oficial da Pro Tork, a maior fabrica de moto peças da América Latina.
A organização foi do Moto Clube de Rio Negro. A supervisão foi da Federação Paranaense de Motociclismo e Confederação Brasileira de Motociclismo.

RESULTADO DA PRIMEIRA ETAPA DO BRASILEIRO DE VELOCROSS

CATEGORIA ESTREANTE ESPECIAL
1º lugar – Jonathan Hey Jarek
2º lugar – Bruno Cardoso
3º lugar – Alexandro Alberto
4º lugar – Gabriel Haiduk
5º lugar – Luiz Gustavo Kovalczy

CATEGORIA 250 4 TEMPOS
1º lugar – Giovani Veiga Adriano
2º lugar – Marcos Dario da Cruz
3º lugar – Heraldo de Moura
4º lugar – Guilherme R. D Silva
5º lugar – Oscar Honorato Bueno

CATEGORIA 65
1º lugar – Lucas Ganzerla
2º lugar – Mateus Felipe Kunz
3º lugar – Gabriel Henrique Piet
4º lugar – Matheus Zerbatto
5º lugar – Leonardo Zequinao

CATEGORIA VX2
1º lugar – Rodrigo Volcan
2º lugar – Lui Andre Fietz
3º lugar – Luis Felipe Fietz
4º lugar – Leandro Matos Lemos
5º lugar – Jonathan Hey Jarek

CATEGORIA ESTREANTE NACIONAL
1º lugar – Julio Cesar Vaselkosk
2º lugar – Vilson V. Klein
3º lugar – Deivid Souza de Oliveira
4º lugar – Edu Lang Araujo
5º lugar – Luiz Gustavo Kovalczy

CATEGORIA 230
1º lugar – Douglas de Oliveira
2º lugar – Cássio Rossi Oliveira
3º lugar – Alexandro Alberto
4º lugar – Claudio Manoel Gonçalves
5º lugar – Volnei da Fonseca

CATEGORIA VX3 ESPECIAL
1º lugar – Davis Guimarães
2º lugar – Alencar Krefta
3º lugar – Renato Muller
4º lugar – João Silverio
5º lugar – Giovane Fernando

CATEGORIA STREET 2 E 4 TEMPOS
1º lugar – Wyllyn Richard Alves
2º lugar – Raul Brunosi Junior
3º lugar – João Paulo da Fonseca
4º lugar – Christopher Amhof
5º lugar – Rudimar Camara

CATEGORIA VX3 NACIONAL
1º lugar – João Silverio
2º lugar – Fabiano Ribeiro
3º lugar – Edu Lang Araujo
4º lugar – Ademar Wener
5º lugar – Marco Aurelio Faria

CATEGORIA 85
1º lugar – Eduardo Ressaro
2º lugar – Gustavo dos Santos
3º lugar – Vinicius Miguel Alves
4º lugar – Eduarda Dornbusch
5º lugar – Loris Pianaro

CATEGORIA FORÇA LIVRE NACIONAL
1º lugar – Jacson Keil
2º lugar – Daniel Schmitz
3º lugar – Giovani Veiga Adriano
4º lugar – Fernando Henrique
5º lugar – Tiago Andre Krause

CATEGORIA VX1
1º lugar – Paulo Cesar Stedile
2º lugar – Lui Andre Fietz
3º lugar – Paulo Henrique Krutz
4º lugar – Luciano de Oliveira
5º lugar – Markolk Erasmus

Redação Mundocross
Texto by Valter Guilherme
Foto Divulgação

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly