Nacional de Supermoto começou com vitória de ex-campeão

29 de março de 2010 - 8:00

O Campeonato Brasileiro de Supermoto temporada 2010 começou neste último final de semana no kartódromo ‘Toca da Coruja’, em Bauru, interior de São Paulo. Afastado das pistas há dois anos devido a uma lesão no joelho, o ex-piloto Motocross e campeão Brasileiro de Supermoto em 2005 e 2006, o paulista Marcel Sona terminou em segundo na primeira bateria da categoria SM1 e venceu a outra, empatando nos pontos com o atual tricampeão Rafael Fonseca.

Pelo critério de desempate, Sona assumiu a liderança do campeonato, e, apesar de ainda não estar 100% recuperado de sua lesão, já planeja uma boa disputa pelo título em 2010. Veja abaixo os comentários dos pilotos vencedores da etapa de abertura na categoria principal do nacional de Supermoto, que aconteceu ontem, dia 28 de março.

“Foi uma prova excelente, com um resultado bastante satisfatório e animador, me deixando bastante motivado para o restante da temporada. Estava afastado das pistas há dois anos e vinha de duas cirurgias no joelho, sendo a mais recente há cerca de seis meses”, declarou Sona, após a prova. “Eu estava fora de ritmo e isso dificulta muito. Isso, aliado à evolução da categoria, que agora tem novos equipamentos, mais testes, e vem crescendo de nível ano a ano. Acho que o Supermoto é uma das categorias mais técnicas do motociclismo”, disse completou Marcel.

A primeira bateria da SM1 foi vencida por Rafael Fonseca, com Sona (foto) em segundo. Já na última bateria do dia, Fonseca vinha liderando com tranquilidade, até que começou a chover em Bauru. O diretor de prova não interrompeu a corrida, pois apesar de os pilotos ainda estarem com pneus slick (para pista seca), o piso não estava escorregadio. Restando duas voltas para o fim, Sona ultrapassou Fonseca, garantindo a vitória e a liderança do Brasileiro.

“Para mim foi muito difícil. Peguei uma moto original há 15 dias, não preparei nada, e ainda utilizei alguns equipamentos de 2006. Era uma moto praticamente standard e isso dificultou bastante. Mas a prova foi excelente, o nível dos pilotos está bem alto e a pista é uma das melhores que temos atualmente”, ressaltou Sona, que apesar de ter participado da abertura do Brasileiro ainda não está totalmente liberado para disputar o campeonato inteiro.

A etapa teve grande presença de público e estrutura elogiada pelos pilotos.

“Foi um fim de semana excelente. Uma bela abertura de Brasileiro. O kartódromo de Bauru comporta muito bem o público e a pista estava muito boa. A parte de terra tinha três curvas e três saltos, sendo uma atração a parte. A prova da SM2 foi emocionante, com muitas disputas e ultrapassagens. O Brasileiro de Supermoto começou em alto nível”, afirmou Carlos Senise, diretor nacional da categoria.

Na categoria SM2, a liderança do Brasileiro ficou com Kurt Rudolf Alves, de Goiás, que venceu a primeira bateria e chegou em segundo na seguinte, ficando à frente de Avenir Vilela e Sinval Perez, respectivamente em segundo e terceiro. Na SM3, Paulo Nicoletti é o líder, após vencer as duas baterias. Gerson Incerti está em segundo, e Wagner Pavaneli em terceiro.

O Campeonato Brasileiro de Supermoto tem supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo (CBM), e patrocínio de Metzeler e Triton.

RESULTADO GERAL DA ABERTURA DO BRASILEIRO (1ª E 2ª ETAPAS)

CATEGORIA SM1

1º – Marcel Sona – 47 pontos
2º – Rafael Fonseca – 47
3º – Francisco Velasco – 38
4º – Paulo Nicoletti – 33
5º – Airton Daré – 32 pontos

CATEGORIA SM2

1º – Kurt Rudolph – 47 pontos
2º – Avenir Vilela – 42
3º – Sinval Perez – 38
4º – Sírio Neto – 36
5º – Juliano Meira – 36 pontos

CATEGORIA SM3

1º – Paulo Nicoletti – 50 pontos
2º – Gerson Incerti Jr. – 44
3º – Wagner Pavaneli – 40
4º – Wanderson Oliveira – 36
5º – Rodrigo Bento da Silva – 31 pontos

CATEGORIA SM3 INCENTIVO

1º – Wagner Solla Jorge – 47 pontos
2º – Uanderson Menezes – 42
3º – Juscelino Oliveira – 25 pontos

CATEGORIA SM4

1º – Ricardo Sato – 50 pontos
2º – Charles Marinho – 42
3º – Marcelo Souza – 38
4º – Simão Lawant – 22
5º – Uanderson Menezes – 16 pontos

Redação Mundocross
Texto by Adriano Winckler
Foto Divulgação

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly