A 2B Racing já está no RS para o Brasileiro de MX

23 de abril de 2010 - 14:00

Vencedora do Campeonato Brasileiro em duas categorias e da Superliga de Motocross em três categorias, a maior equipe privada do Brasil e atual sensação no cenário nacional, 2B Duracell Racing, volta às pistas este fim de semana, 24 e 25 de abril. Desta vez para participar da segunda etapa do Campeonato Pro Tork Brasileiro de Motocross, que acontecerá em Carlos Barbosa. O time estará representado por cinco pilotos : Anderson Amaral na 85, Nivaldo Viana na 230, Jorge Balbi na MX1 e MX2, Gustavo Amaral na MX2 e Pipo Castro na MX1.

Depois de ter vencido na MX2 e ter ficado em terceiro lugar na MX1, em Siqueira Campos, Balbi chega animado para a etapa de Carlos Barbosa e aposta em bons resultados para colocá-lo de vez na briga pelo título nas duas categorias.

“Agora que já aconteceu a primeira etapa já sei mais como está o nível do pessoal. Sei que o Scott Simon será meu maior rival ao longo do ano e terei muito trabalho se quiser ganhar dele. Eu gosto muito da pista de Carlos Barbosa e espero conseguir fazer o meu melhor”, comentou o piloto que visitou e fez uma sessão de autógrafos nos estandes da 2B Duracell Racing e da Mobil, nesta quinta (22 de abril) durante a Motofair, Salão das motocicletas e bike que está acontecendo em Belo Horizonte, MG.

Na MX1, Balbi irá contar ainda com o apoio de seu companheiro de equipe Pipo Castro, atual vice-campeão brasileiro. Quinto colocado na etapa de abertura, ele vem treinando muito e está se adaptando cada vez mais à sua nova moto. Apesar disso, Pipo aposta em resultados melhores somente para a etapa de Canelinha.

“As provas foram todas em seguida e, com as viagens, não deu pra eu treinar com o novo equipamento o tanto que eu preciso. Até Canelinha tenho quase um mês para me preparar e, a partir de lá, acho que já estarei mais adaptado e pronto para brigar por bons resultados”, disse.

O outro piloto da equipe que também venceu na etapa de abertura é Anderson Amaral, da 85cc. Desde que estreou pela nova equipe, a 2B Duracell Racing, o piloto só conhece o lugar mais alto do pódio. Foram duas vitórias nas duas corridas em que participou. Mesmo assim, ele adota a cautela para falar sobre a prova de Carlos Barbosa.

“Estou muito feliz em fazer parte da 2B Duracell Racing este ano e, desde que entrei para a nova equipe, tenho conseguido focar somente em competir e os resultados estão aparecendo. Mas não é porque comecei bem que vou ganhar todas as etapas. O ano está apenas começando”, lembra o piloto.

Quarto colocado na primeira prova, Nivaldo Viana chega em Carlos Barbosa buscando mais um bom resultado para não deixar que seus rivais abram distância na disputa pelo título. Além dele, o irmão Gustavo Amaral também irá representar a equipe, na MX2.

Os desfalques ficam por conta de Mariana Balbi e Erick Bretz. A mineira já está nos EUA fazendo pré-temporada para o WMA, que começa no dia 22 de maio e, Bretz, fará seu retorno às pistas de forma gradativa.

Rodrigo Lama

O mais novo reforço da equipe 2B Duracell Racing, Rodrigo Lama, fará a sua estréia este fim de semana. Recuperado de uma contusão que o afastou das pistas no início do ano, ele irá participar da primeira etapa do Campeonato Sergipano de Motocross 2010, na categoria MX1.

O piloto irá utilizar a prova para terminar o seu processo de recuperação e deverá retornar ao Brasileiro em Canelinha, na terceira etapa. “Estou voltando agora e, por isso, optei por competir uma etapa aqui do Estadual. Vou estrear os equipamentos Mormaii e se tudo correr conforme o previsto, em Canelinha irei me juntar aos companheiros de equipe”, disse.

A Equipe 2B Duracell Racing tem o patrocínio de Gilette, Ariel, Mobil, i9/Coca-Cola, Mormaii, Café Fino Grão e Mart Plus. Os patrocinadores/fornecedores são NFS, NEYFA, Pirelli, All Sign e L’aquila.

Sobre a Duracell

Nessa temporada, a equipe tem uma energia extra da líder mundial em pilhas alcalinas de alta performance. O forte apoio da Duracell, uma das marcas da Procter & Gamble (P&G), propicia a equipe condições pelos melhores resultados nas pistas. Conceitos importantes para a Duracell como energia, resiliência e durabilidade são conceitos em comum com a equipe, além é claro da resistência e capacidade de superação que os pilotos apresentam a cada etapa.

A linha Duracell é composta por pilhas alcalinas, pilhas ultra e pilhas de lítio de alta potência. Além de pilhas recarregáveis e lanternas. São desenvolvidas com tecnologia avançada, têm mais energia e duram até 8 vezes mais que as pilhas comuns de zinco, como comprovado por pesquisas.

A marca Duracell pertence a Procter & Gamble. Três bilhões de vezes por dia as marcas da P&G participam da vida das pessoas em todo o mundo. Possui um dos mais respeitados portfolios de produtos, com marcas líderes de mercado como Pampers®, Ariel®, Always®, Pantene®, Mach3®, Oral-B®, Duracell®, Head & Shoulders®, Wella, Gillette®, Crest® e Pringles®. A comunidade P&G é formada por mais de 138 mil empregados que trabalham em 80 países.

Redação Mundocross
Texto by Racing Press
Foto by IC Fotos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly