Brasileiro de Supermoto terá etapa noturna

Por Adriano Winckler | Foto por Divulgação | 21 de maio de 2010 - 21:50

Considerado um dos melhores e mais modernos do Brasil, o Kartódromo Internacional de Volta Redonda, no Rio de Janeiro, receberá no dia 5 de junho a 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Supermoto 2010. A prova promete agitar a cidade do Vale do Aço fluminense, com grandes disputas dentro da pista e muita emoção fora dela, com arquibancada para o público e grande infraestrutura para pilotos e equipes. Entre as novidades da etapa, a concentração de todos os treinos no sábado e a realização da prova à noite.

“O local é maravilhoso. Se não for o melhor, é um dos melhores kartódromos do Brasil. Teremos uma infraestrutura sem igual no Supermoto, com a pista muito bem iluminada, arquibancada e os melhores pilotos na pista – garante a diretora da Federação de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro – Femerj, Melina Guelman.

Pista receberá primeira prova noturna do Brasileiro de SM

Pista receberá primeira prova noturna do Brasileiro de SM

A concentração das atividades em apenas um dia visa a redução de custo para as equipes. “O evento irá transcorrer totalmente no sábado. Teremos treinos livres pela manhã, treinos cronometrados à tarde, e as provas à noite. Com isso as equipes podem economizar um pouco mais – declara o presidente da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, Alexandre Caravana.

Atual tricampeão brasileiro e vice-líder da categoria principal, a SM1, o brasiliense Rafael Fonseca está ansioso para entrar na pista e recuperar a primeira posição na classificação geral. “Já fiz uma corrida à noite em Piracicaba, São Paulo, e apesar de o ar parecer mais pesado, você cansa menos. É diferente, mas bem legal. Tenho disputado o Campeonato Paulista e isso não me deixa ficar parado. É uma correria louca, com muito treino e muita corrida, mas é bom, né?”, brincou Fonseca. “Tive uma infelicidade na segunda bateria em Bauru (1ª etapa do Brasileiro de Supermoto), pois começou a chover e eu quis preservar o campeonato, andando sem arriscar muito. Para esta segunda etapa estou indo para pegar a liderança de vez e tentar ser campeão o quanto antes”, encerrou o tricampeão.

O kartódromo de Volta Redonda foi construído na década de 60, mas com apoio da iniciativa privada a prefeitura iniciou um ousado projeto de revitalização do local, que foi reaberto no fim de 2009. A pista, agora com 1.150m de extensão e nove de largura, foi totalmente reconstruída, com áreas de escape seguras e protegidas. O asfalto foi refeito através dos processos mais modernos, assim como o paddock, os boxes, o parque fechado e o desenho da pista, atendendo a especificações internacionais. Além disso, o kartódromo também recebeu uma nova torre de cronometragem, salas de briefing, de imprensa, de direção de prova e um restaurante.

A 2ª etapa do Campeonato Brasileiro de Supermoto é uma realização da Federação de Motociclismo do Estado do Rio de Janeiro – Femerj, com supervisão da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly