Mari Balbi ficou entre as Top 5 no WMX em Hangtown

Por João Perocco | Fotos por Idário Araújo | 23 de maio de 2010 - 14:00

A piloto Mariana Balbi, da equipe 2B Duracell Racing, mostrou, logo na primeira corrida do WMX, que está na briga pelo título da competição. Na etapa de abertura da campeonato, que aconteceu neste sábado, 22 de maio, em Sacramento, Califórnia, a mineira terminou na quarta colocação geral, conseguindo um terceiro lugar na segunda bateria.

Na primeira prova do dia, Mariana teve problemas na largada e quase foi ao chão logo no início, começando na última posição. A partir daí, ela fez uma corrida de recuperação e foi ultrapassando suas adversárias uma a uma, até chegar na 9ª colocação.

Na segunda bateria, Mariana largou melhor e, logo no início da prova, já se colocou entre as líderes. Fazendo uma corrida muito consistente, a mineira se consolidou na terceira colocação, após um duelo com a norte-americana Elizabeth Bash e mostrou que pode brigar por vitórias no decorrer da temporada.

Mari está usando o numeral 8 na temporada 2010

Mari está usando o numeral 8 na temporada 2010

“Estou muito feliz com o meu resultado geral e, principalmente, com o meu desempenho na segunda bateria. Ainda não estou 100% fisicamente, corri me recuperando de contusão e consegui um resultado até melhor do que eu mesmo esperava”, comentou a piloto, sem conseguir esconder sua felicidade no final da prova.

Mariana conquistou o quarto lugar em Hangtown

Mariana conquistou o quarto lugar em Hangtown

O chefe da equipe 2B Duracell Racing e pai da piloto, Jorge Balbi, também ficou muito feliz com o desempenho da mineira. “Foi um resultado fantástico em termos de campeonato. Ela não estava no melhor de suas condições e temos certeza que andará ainda mais forte nas próximas etapas. Acreditamos que, se nada errado acontecer, a Mariana terminará a temporada entre as primeiras”, comentou.

Resultado da primeira etapa do WMX 2010
1. Jessica Patterson / Yamaha (1-1)
2. Ashley Fiolek /  Honda (3-2)
3. Tarah Gieger / Honda (2-6)
4. Mariana Balbi / Yamaha (9-3)
5. Alexah Pearson / Yamaha (5-5)
6. Elizabeth Bash / Honda (8-4)
7. Vicki Golden / Yamaha (4-10)
8. Sayaka Kaneshiro / Suzuki (7-9)
9. Tatum Sik, Temecula / Yamaha (10-7)
10. Jacqueline Strong / Yamaha (14-8)

Classificação do WMX 2010 após a primeira etapa
1. Jessica Patterson / Yamaha – 50 pontos
2. Ashley Fiolek, / Honda – 42
3. Tarah Gieger / Honda – 37
4. Mariana Balbi / Yamaha – 32
5. Alexah Pearson / Yamaha – 32
6. Elizabeth Bash / Honda – 31
7. Vicki Golden / Yamaha – 29
8. Sayaka Kaneshiro / Suzuki – 26
9. Tatum Sik /  Yamaha – 25
10. Jacqueline Strong /  Yamaha – 20 pontos

Em sua quinta temporada no WMX, competição feminina mais difícil do mundo, a piloto tem pela primeira vez uma estrutura de primeiro nível para competir, devido a uma parceria da 2B Duracell Racing com a MotoConcepts / Yamaha. A Equipe 2B Duracell Racing tem o patrocínio de Gilette, Ariel, Mobil, i9/Coca-Cola, Mormaii, Café Fino Grão e Mart Plus. Os patrocinadores/fornecedores são NFS, NEYFA, Pirelli, All Sign e L’aquila.

Sobre a Duracell
Nessa temporada, a equipe tem uma energia extra da líder mundial em pilhas alcalinas de alta performance. O forte apoio da Duracell, uma das marcas da Procter & Gamble (P&G), propicia a equipe condições pelos melhores resultados nas pistas. Conceitos importantes para a Duracell como energia, resiliência e durabilidade são conceitos em comum com a equipe, além é claro da resistência e capacidade de superação que os pilotos apresentam a cada etapa.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly