Começou a venda de ingressos para o GP Brasil de MX

Por Jorge Soares | Fotos por Divulgação | 01 de junho de 2010 - 17:15

A venda de ingressos para o GP Brasil de Motocross 2010 começou hoje. A prova acontecerá nos dias 21 e 22 de agosto em Campo Grande, capital sul-mato-grossense. Através do site www.mxgpbrasil.com, os amantes das duas rodas poderão comprar as entradas para o evento mais disputado e competitivo da modalidade, que após dez anos de ausência voltou ao Brasil em 2009 e acontecerá em 2010 pelo segundo ano seguido.

Os torcedores terão três opções para acompanhar a prova no Motódromo de Campo Grande e os primeiros compradores terão descontos nos bilhetes. Adquirindo o ingresso até o dia 14 de junho o público terá 20% de desconto no setor popular. As cem primeiras pessoas que comprarem os lugares na arquibancada especial pagam apenas R$50,00.

A área Vip será completa, com visitação ao Paddock, num local coberto, com excelente vista para o circuito. O mesmo ingresso deste setor dará direito a serviço completo de buffet, open-bar, serviço de recepcionistas, estacionamento, brinde comemorativo e programa oficial do GP Brasil de Motocross, por R$800,00. Todas as entradas valerão tanto para o sábado, quanto para o domingo de provas.

Os amantes do esporte terão a oportunidade de ver de perto os maiores nomes do Motocross mundial e nacional, como Antonio Cairoli, David Phillipaerts, Marvin Musquin, Ken Roczen, Jorge Balbi Jr, Swian Zanoni e João ‘Marronzinho’ da Silva Jr. em ação. A prova na Cidade Morena, como é conhecida Campo Grande, será a antepenúltima do campeonato e o circuito será inteiramente inovador, desenvolvido especialmente para a competição.

Musquin é o atual campeão Mundial MX2 e estará no GP Brasil 2010

Musquin é o atual campeão Mundial MX2 e estará no GP Brasil 2010

“O novo site desenvolvido para a prova levará ao fã do esporte todas as novidades relativas à prova, terá fotos, vídeos, para aproximar ainda mais o público ao Mundial. Esperamos que Campo Grande repita o mesmo sucesso de público que Canelinha teve em 2009, quando mais de 35 mil pessoas prestigiaram a etapa”, ressalta Federico Carli, diretor da Bracco Internacional, empresa detentora dos direitos do Mundial de Motocross na América Latina.

Canelinha recebeu um público sensacional em 2009

Canelinha recebeu um público sensacional em 2009

O GP Brasil de Motocross 2010 tem o patrocínio do Governo do Estado do Mato Groso do Sul, Honda, Mormaii, Red Bull e Teka Group. Realização Bracco Internacional e YouthStream. Supervisão CBM, Federação de Motociclismo do Mato Grosso do Sul e Federação Internacional de Motociclismo.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly