Philippaerts surpreendeu no Mundial de MX na França

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Ray Archer | 07 de junho de 2010 - 23:50

Após visitar as terras do Tio Sam no fim de semana passado em Glen Helen, os pilotos do Mundial de Motocross não tiveram muito tempo para descanso. Recém voltaram para a Europa e já neste  final de semana, 5 e 6 de junho, voltaram a pista, desta vez no tradicional circuito de Saint Jean d’Angely, na França, para a disputa do sétimo GP da temporada. Na categoria MX1, Antônio Cairoli foi surpreendido por seu conterrâneo David Philippaerts. Já na MX2, Marvin Musquin mantém seu domínio.

Categoria MX1

David Philippaerts, campeão mundial da MX1 em 2008 surpreendeu no GP francês neste fim de semana, ficando com a vitória e deixando seu conterrâneo e atual campeão da categoria, Antônio Cairoli, da equipe oficial KTM, em segundo. O resultado de um foi exatamente igual ao resultado de outro, só que em sentidos opostos. Ambos terminaram o overall empatados com 45 pontos cada um. Phillipaerts levou vantagem no já famoso primeiro critério de desempate, onde pesa mais o resultado da segunda bateria. O piloto da Yamaha finalizou em terceiro na primeira bateria e venceu a segunda.

O ex-campeão Philippaerts voltou vencer no Mundial MX1

O ex-campeão Philippaerts voltou vencer no Mundial MX1

Largada da categoria MX1 no tradicional GP da França

Largada da categoria MX1 no tradicional GP da França

Já Cairoli venceu a primeira e foi terceiro na segunda. O belga Clemente Desalle, da equipe Teka Suzuki, completou o pódio na terceira posição graças ao quarto lugar na primeira bateria e o segundo na segunda. Seu conterrâneo e companheiro de equipe, Steve Ramon foi o quarto, com o segundo lugar na primeira bateria e o quinto na segunda. No campeonato, Cairoli aumentou sua vantagem sobre Desalle para 68 pontos. Com a vitória no overall, Philippaerts deixou o alemão Max Nagl, da equipe oficial KTM, em quarto. Steve Ramon fecha os cinco primeiros.

O belga Steve Ramon ficou com o quinto lugar no GP da França

O belga Steve Ramon ficou com o quinto lugar no GP da França

Swanepoel finalizou a sétima etapa do Mundial em décimo na MX1

Swanepoel finalizou a sétima etapa do Mundial em décimo na MX1

Categoria MX2

Na MX2 mais uma etapa sem surpresas. O francês Marvin Musquin, da equipe oficial KTM, atual campeão da categoria, emplacou mais duas vitórias dominantes, faturando também o overall. Felicidade em dobro para ele, que correndo em casa, deu alegria para seus fãs que lotaram o motódromo de Saint Jean d’Angely e fizeram a festa com sua vitória. Joel Roelants ficou com a segunda posição geral (5/3) e o norte-americano Zach Osborne completou o pódio do overall em terceiro (3/9).

KTM também está dominando o Mundial de Motocross na MX2

KTM também está dominando o Mundial de Motocross na MX2

Correndo em casa Gautier Paulin finalizou em oitavo na MX2

Correndo em casa Gautier Paulin finalizou em oitavo na MX2

O britânico Shaun Simpson ficou com a quarta posição (12/2) e o jovem holandês Jeffrey Herlings completou os cinco primeiros (12/2). Domínio da KTM com quatro pilotos entre os cinco primeiros colocados (somente o terceiro colocado Osborne, piloto Yamaha, não era das laranjas). No campeonato, a vantagem de Musquin para Ken Roczen chega a 71 pontos. O francês Steven Frossard é o terceiro, Jeffrey Herlings o quarto e Shaun Simpson fecha os cinco primeiros.

Resultado da sétima etapa na categoria MX1
1. David Philippaerts
2. Antonio Cairoli
3. Clement Desalle
4. Steve Ramon
5. Anthony Boissiere
6. Davide Guarneri
7. Ken De Dycker
8. Tanel Leok
9. Kevin Strijbos
10. Gareth Swanepoel

Classificação da categoria MX1 após sete etapas
1. Antonio Cairoli – 304 pontos
2. Clement Desalle – 236
3. David Philippaerts – 229
4. Max Nagl – 218
5. Steve Ramon – 211
6. Ken De Dycker – 201
7. Xavier Boog – 181
8. Tanel Leok – 162
9. Davide Guarneri – 140
10. Eugeny Bobryshev – 123 pontos

Resultado da sétima etapa na categoria MX2
1. Marvin Musquin
2. Joel Roelants
3. Zach Osborne
4. Shaun Simpson
5. Jeffrey Herlings
6. Arnaud Tonus
7. Dennis Verbruggen
8. GautierPaulin
9. Christophe Charlier
10. Steven Frossard

Classificação da categoria MX2 após sete etapas
1. Marvin Musquin – 318 pontos
2. Ken Roczen – 247
3. Steve Frossard – 230
4. Jeffrey Herlings – 228
5. Shaun Simpson – 201
6. Zach Osborne – 195
7. Arnaud Tonus – 183
8. Jeremy Van Horebeek – 173
9. Joel Roelants – 170
10. Jake Nicholls – 143 pontos

Etapas restantes do Mundial de Motocross MX1 / MX2 2010
8ª Etapa – Dia 20 de Junho – Teutschenthal – Alemanha
9ª Etapa – Dia 27 de Junho – Kegums – Letônia
10ª Etapa – Dia 4 de Julho – Uddevalla – Suécia
11ª Etapa – Dia 1º de Agosto – Lommel – Bélgica
12ª Etapa – Dia 8 de Agosto – Loket – República Tcheca
13ª Etapa – Dia 22 de Agosto – Campo Grande – Brasil
14ª Etapa – Dia 5 de Setembro – Lierop – Benelux
15ª Etapa – Dia 12 de Setembro – Fermo – Itália

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly