Na Polônia Knight voltou a vencer no Mundial de Enduro

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 19 de junho de 2010 - 8:40

Após 15 dias de recesso, no último final de semana, dias 12 e 13 de junho, aconteceu em Kwidzyn, na Polônia, a sétima e a oitava etapas da temporada 2010 do Campeonato Mundial de Enduro FIM. O alto grau de dificuldade do circuito arenoso exigiu muito de pilotos e das motos em todas as categorias. Acompanhe como foi…

Categoria Enduro 1
Quem venceu o primeiro dia na categoria Enduro 1 foi o finlandês Eero Remes. O piloto da equipe oficial KTM aproveitou-se de sua experiência no Motocross e do azar dos favoritos ao título na categoria. Líder do campeonato, o francês Antoine Meo finalizou apenas em quarto lugar, após receber uma punição de um minuto por chegar atrasado em um CH. Seu conterrâneo e principal adversário na disputa pelo título, Johhny Aubert da equipe oficial KTM foi o terceiro. Lembrando que Aubert acabou de se recuperar de uma labirintite e por isso ainda luta para recuperar sua melhor forma.

Pórtico de largada da etapa polonesa do Mundial de Enduro

Pórtico de largada da etapa polonesa do Mundial de Enduro

Quem ficou com a segunda posição foi Matti Seistola, companheiro de Meo na Husqvarna. O dia também ficou marcado pela desclassificação do espanhol Cristobal Guerrero, da Yamaha. No decorrer da prova descobriu-se que sua moto não estava nas mesmas mediações que havia apresentado na vistoria técnica de sexta-feira, e mais tarde veio a pior descoberta. O espanhol havia trocado de motocicleta no decorrer do dia, algo estritamente proibido no regulamento. Como punição, ele foi banido da categoria Enduro 1.

Antoine Meo é o líder do Mundial na categoria E1

Antoine Meo é o líder do Mundial na categoria E1

Eero Remes venceu o primeiro dia na categoria E1

Eero Remes venceu o primeiro dia na categoria E1

Disposto a recuperar o prejuízo de sábado, no domingo Antoine Meo voltou a ser o piloto que todo mundo está acostumado a ver no mundial, conquistando uma vitória incontestável. Vencedor do dia anterior, Remes preferiu pilotar com a cabeça e garantiu o segundo lugar. Aubert foi novamente o terceiro. No campeonato, Meo tem 46 pontos de vantagem sobre Remes, que aparece na vice-liderança. Aubert é o terceiro, Nicolas Deparrois da Kawasaki, outro francês, o quarto e o “eliminado” espanhol Cristobal Guerrero da Yamaha fecha os cinco primeiros.

Categoria Enduro 2
Na categoria Enduro 2 a disputa pelo título continua fechada entre o finlandês Mika Ahola da equipe HM Honda e o espanhol Ivan Cervantes da equipe oficial KTM. Nas etapas anteriores os dois se alternavam, quando um vencia no sábado o outro vencia no domingo, e vice-versa. Desta vez, Ahola conquistou uma pequena mas importante vantagem de pontos na classificação do campeonato ao deixar Cervantes se contentar com a segunda posição nos dois dias. Pierre Alexandre Renet foi o terceiro e Thomas Oldrati o quarto.

Ahola é um dos favoritos ao título do Mundial na E2

Ahola é um dos favoritos ao título do Mundial na E2

Cervantes acabou levando um balde de água fria na Polônia

Cervantes acabou levando um balde de água fria na Polônia

No domingo, Cervantes estava disposto a dar o troco mas a prova acabou sendo um balde de água fria para o espanhol. Ele liderou todo o dia, mas no final cometeu um erro, nada grave mas o suficiente para ver seu rival vencer por menos de um segundo de diferença. Com este resultado, Ahola abriu 12 pontos de vantagem sobre Cervantes. O italiano Thomas Oldrati e o francês Pierre Alexandre Renet, ambos KTM, são respectivamente terceiro e quarto colocado. O sueco Joakim Ljunggren da Husaberg fecha os cinco primeiros.

Categoria Enduro 3
No sábado, o pódio da categoria Enduro 3 foi todo laranja. Chefiada pelo líder do campeonato, o inglês David Knight, a equipe oficial KTM dominou as três primeiras posições, com Knight confirmando sua condição de candidato mais forte ao título, ao ficar com a vitória. O italiano Simone Albergoni foi o segundo colocado, com o alemão Marcus Kehr em terceiro. Lembrando que Albergoni é da equipe oficial KTM, enquanto que Knight e Kher são companheiros na equipe italiana semi-oficial Farioli KTM. A quarta posição ficou com o francês Sébastien Guillaume da Husqvarna.

O inglês Knight venceu o GP polonês e lidera o Mundial na E3

O inglês Knight venceu o GP polonês e lidera o Mundial na E3

Pódio da categoria E3 na etapa polonesa do Mundial de Enduro

Pódio da categoria E3 na etapa polonesa do Mundial de Enduro

Falando nos franceses, Christophe Nambotin, principal adversário de Knight na disputa pelo título, abandonou esta etapa de sábado com problemas mecânicos em sua Gas Gas. Com o pensamento já na conquista do título, David Knight pilotou no domingo apenas o suficiente para administrar a vantagem de pontos que possui na tabela, finalizando na terceira posição, 20 segundos atrás de Simone Albergoni. Nambotin venceu, mas por causa do abandono no dia anterior, terá que partir para o tudo ou nada nas próximas etapas se quiser se manter vivo na briga pelo título.

Categoria Enduro Júnior
Na categoria das jovens promessas, a supremacia entre o francês Jérémy Joly da equipe HM Honda e do espanhol Lorenzo Santolino da KTM continuam. Os dois se revezaram na primeira e segunda posição, com Joly vencendo no sábado e Santolino no domingo. No campeonato, Joly ainda lidera por 1 ponto de vantagem sobre o espanhol. O domínio entre pilotos dos dois países prossegue nas demais posições, com Victor Guerrero (Espanha) da Yamaha em terceiro, Romain Dumontier (França) em quarto e Mario Roman (Espanha) completando os cinco primeiros. E os pilotos do mundial de enduro não terão folga. Neste fim de semana, dias 19 e 20 de junho rolam a 9ª e a 10ª etapa na cidade de Puchov, na Eslováquia.

Felipe Zanol
O piloto brasileiro ainda não está totalmente recuperado de uma lesão sofrida no pulso, e optando por priorizar a disputa dos campeonatos Brasileiros de Enduro FIM e Cross Country, preferiu não retornar à Europa para à disputa da etapa polonesa.

Classificação categoria Enduro 1 após oito etapa
1 Antoine Meo / França / Husqvarna – 190 pontos
2. Eero Remes / Finlândia / KTM – 144
3. Johnny Aubert / França / KTM – 131
4. Nicolas Deparrois / França / Kawasaki – 126
5. Cristobal Guerrero / Espanha / Yamaha – 118 pontos

Classificação categoria Enduro 2 após oito etapas
1. Mika Ahola / Finlândia / Honda – 194 pontos
2. Ivan Cervantes / Espanha / KTM – 182
3. Thomas Oldrati / Itália / KTM – 142
4. Pierre Alexandre Renet / França / KTM – 137
5. Joakim Ljunggren / Suécia / Husaberg – 116 pontos

Classificação categoria Enduro 3 após oito etapas
1. David Knight / Inglaterra / KTM – 187 pontos
2. Simone Albergoni / Itália / KTM – 164
3. Christophe Nambotin / França / Gas Gas – 161
4. Sébastien Guillaume / França / Husqvarna – 134
5. Marcus Kehr / Alemanha / KTM – 121 pontos

Classificação categoria Enduro Júnior após oito etapas
1. Jérémy Joly / França / Honda – 173 pontos
2. Lorenzo Santolino / Espanha / KTM – 172
3. Victor Guerrero / Espanha / Yamaha – 143
4. Romain Dumontier / França / Husqvarna – 110
5. Mario Roman / Espanha / KTM – 107 pontos

Confira como foram as etapas anteriores do Mundial de Enduro FIM 2010

5ª/6ª Etapas – 22 e 23 de maio – Itália

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly