Em treino para Sertões Deni venceu Rally Rota SC

Foto por Valdecir Augustin | 23 de junho de 2010 - 8:00

Correndo em casa, os pilotos catarinenses fizeram barba, cabelo e bigode neste fim de semana, durante a 3ª etapa do Campeonato Brasileiro de Rally Baja 2010, disputado em Rio Negrinho, Santa Catarina. Além de vencerem 10 das 12 categorias em disputa nestes dias 19 e 20 de junho, os catarinenses ainda ficaram com as três primeiras colocações na classificação geral, e tiveram Denísio do Nascimento como vencedor e bicampeão do Rally Rota SC.

Mais do que isso, Deni havia entrado na disputa da prova sem grandes pretensões, com objetivo de treinar para o Rally dos Sertões. “Foi bem legal ter participado da prova, pois estava no meu estado. Eu tinha ido mais como treino, pois este ano não estou fazendo o campeonato todo, e o que seria um treino de luxo para o Sertões se transformou em uma excelente vitória”, declarou Nascimento. Completando o pódio, na geral, Guto Klaumann foi o segundo, com Fernando Valandro em terceiro, Gustavo Pellin em quarto e Jacson Keil em quinto.

Deni Nascimento foi o vencedor do Rally Rota SC 2010

Deni Nascimento foi o vencedor do Rally Rota SC 2010

No sábado, com sol forte, o piloto da casa Guto Klaumann foi o vencedor, superando Deni do Nascimento por 2m34s na soma da Especial e do Super Prime. Ike Klaumann irmão de Guto e outro favorito ao título teve problemas com sua moto no meio da especial. Durante a noite de sábado choveu muito e a organização cortou um pedaço da especial de domingo, principalmente em função de segurança e também do acesso dos apoios ao abastecimento e final da especial.

A Rodovia SC 422 estava em obras durante toda a semana, e com a chuva ficou completamente intransitável. O terreno da prova mudou muito de um dia para o outro e muitos pilotos tiveram dificuldade em enfrentar o terreno liso com a chuva.

No domingo quem venceu a especial foi Ike Klaumann, superando o irmão por apenas dois segundos. No final da volta, Guto teve problemas em sua moto, e teve de fazer o Super Prime rebocado, perdendo assim um tempo precioso. Denisio Nascimento, que vinha logo atrás se beneficiou com o problema e se sagrou bicampeão do Rally Rota Santa Catarina 2010.

“A prova estava bem técnica. Muita gente que foi querendo acelerar feito um louco viu que não seria assim. Havia muitos tipos de terreno, e algumas lombas em descidas, o que provocou algumas quedas em quem não estava atento”, ressaltou o vencedor.

Por categoria, os vencedores foram: Denisio do Nascimento (Super Production), Guto Klaumann (Sport), Jacson Keil (Production), Dimitris Rusezyk Junior (Quad Extreme), Bruno Beraldi Coelho (Quad 450), Fernando Valandro (Rally 01), Ricardo Martins (Rally 02), Luciano Farias (Rally 03), Rafael Espindola (Rally 04), Gilmar Dums (Quad 4X4 utilitário +450), Sergio Pinheiro (Quad 4X4 utilitário -450) e Lenilton dos Santos (Production Light).

O Rally Rota Santa Catarina foi organizado pela Mr Bits e teve patrocínio de Ipiranga, Behr Motos, Koala Energy, Nosso Posto, Cor.com Impressão Digital, Precisão GPS, Ceraflame, Conil e apoio da Prefeitura Municipal de Rio Negrinho, Renova Floresta e Florestal Itupiranga. A supervisão foi da Federação Catarinense de Motociclismo – FCM, e da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM.

Resultado da terceira etapa do Brasileiro de Rally Baja

Categoria Geral
1º – Denisio do Nascimento
2º – Sergio Augusto Klaumann
3º – Fernando Valandro
4º – Gustavo Pellin
5º – Jacson Keil

Categoria Super Production
1º – Denisio do Nascimento
2º – Rafael Braga Pinho
3º – Lucas Generosi
4º – Andres Marcondes
5º – Marcos Finato

Categoria Rally Sport
1º – Sergio Augusto Klaumann
2º – Gustavo Pellin
3º – Leonardo Ribeiro Ferreiro
4º – Theo de Souza Lopes
5º – Fabricio Bianchini

Categoria Rally Production
1º – Jacson Keil
2º – Diego Moewius
3º – Alexandre Bessa Pejon
4º – Juner Rockenbach
5º – Rafael Lopes Krukoski

Categoria Quad Extreme
1º – Dimitris Rusezyk Junior
2º – Sergio Klaumann
3º – Edmilson Camara
4º – Jose Bergel

Categoria Quad 450
1º – Bruno Beraldi Coelho
2º – Mariana Veiga Ramalho
3º – Márcio Boaventura Maia

Categoria Rally 1
1º – Fernando Valandro
2º – Willyan Jantsch
3º – Fabio Vinicius Mores
4º – Rodrigo Dagostini Martins
5º – Eduardo Dagostini Martins

Categoria Rally 2
1º – Ricardo Martins
2º – Brahian Kastl Popinhak
3º – Andrey Alexandre Silveira
4º – Alesson Roberto Chapiewsky
5º – Genilson Wantowsky

Categoria Rally 3
1º – Luciano Luiz Farias
2º – Maricelio Francisco Kons
3º – Luiz Valdemar Fischer
4º – Sergio Geremias Coelho
5º – Rubens Silva

Categoria Rally 4
1º – Rafael Espindola
2º – Fabio Nascimento
3º – Marcelo Zanoni
4º – Roberto André Wan-Dall
5º – Deividy de Zorzi

Categoria Quad 4×4 Utilitário Acima 450
1º – Gilmar Alisson Dums

Categoria Quad 4×4 Utilitário Até 450
1º – Sérgio Carlos Pinheiro
2º – James Pfutzenreuter
3º – Artur José Fietz

Categoria Production Light
1º – Lenilton Araújo dos Santos
2º – Henrique Fogaça Palavro

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly