Prova matinal foi sucesso no Rondoniense de Velocross

Por Arnaldo Martins | Fotos por Arnaldo Martins | 24 de junho de 2010 - 16:40

Numa prova bastante intensa e disputada num horário nada habitual, a pista do Clube Municipal da pequena e calorosa cidade de Primavera foi palco de mais uma emocionante corrida, marcando a quarta etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross 2010. Os pilotos Osmar Canale # 68 na categoria Sênior, Flávio Pereira # 18 na categoria 100-, Victor Carlos #4 na Força Livre , Zé Pereira # 38 na 150-, e ainda Diego Ferrari # 961 na categoria 230-, foram os grandes campeões da prova ocorrida na manhã do último domingo, 20 de junho, em Primavera de Rondônia.

Devido a prova ser realizada no período da manhã, buscando fugir da concorrência com o jogo da Seleção Brasileira pela Copa do Mundo, o público presente no motódromo esteve longe dos que tem comparecido nas demais provas, contudo, dentro da pista, os pilotos buscaram fazer sua parte, proporcionando uma corrida das mais pegadas e de ritmo intenso. A cada bateria realizada, foram grandes as os pegas nas disputas pelas primeiras posições.

Cerimônia do pódio na quarta etapa do Rondoniense de VX

Cerimônia do pódio na quarta etapa do Rondoniense de VX

Osmar Canalle lidera a Sênior
Visando adiantar a prova, a Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR antecipou os treinos cronometrados, e o warm-up para o sábado à tarde, com isso dando início a prova no domingo pela manhã, com a largada da primeira baterias (categoria Sênior), às  horas. Contando com um total de oito pilotos na disputa, a Sênior teve como vencedor Osmar Canalle, de Vilhena, que liderou a prova de ponta a ponta, com Renato Carvalho # 65 na segunda posição, Agnaldo Feliciano # 5 em terceiro, Itamar Tadeu  77  quarto e Jeferson Lins # 7 na quinta colocação.

Flávio Pereira segue absoluto na categoria 100
Na sequência, entraram na pista os pilotos da categoria 100cc, os mais empolgadas da modalidades, onde o piloto Flávio Pereira, de Rolim de Moura largou bem e liderou a prova do princípio ao fim, sendo perseguido de perto por Cleber Júnior # 6, da cidade de Cacoal. Na segunda bateria da categoria, Flavinho não largou muito bem e saiu atrás dos seis primeiros. No entanto, em excelente fase, Flávio Pereira aos pouco foi deixando seus concorrentes e antes da metade da prova já havia conquistado a ponta da fila, onde permaneceu até a bandeirada final. Ezequiel Nunes # 40, que havia largado na ponta, teve em seu encalço Ozias Vieira # 5, enquanto Cléber Júnior teve problema e ficou na última colocação, caindo para a nona posição na soma geral da bateria.

Vitim superou Felippe na Força Livre
A prova teve ainda a corrida perfeita do piloto Victor Carlos, o ‘Vitim’ # 4, da cidade de Cacoal, que garantiu o lugar mais alto do pódio na disputa da categoria Força Livre. Na primeira batera, Felippe Carvalho  112 Larga na ponta e lidera por mais da metade da prova até perder o tacado, cair e de quebra perder a liderança para Vitim, trazendo Felippe em segundo, Hemerson Andrade # 1010 em terceiro e Valcenir Pontes, o ‘Leitão’ # 102, em quarto. Mateus Chagas # 40, vinha mantendo a quarta posição, mas perdeu  correte e teve de abandonar a corrida Na segunda bateria Vitim larga na ponta e só precisa administrar, enquanto Felippe teve problemas, tendo uma prova de reabilitação, mas somente completo em quarto lugar. Graças aos tropeços de seus concorrentes, Felippe manteve a segunda posição da classificação geral da corrida.

Zé Pereira sobrou na 150
Líder absoluto da categoria 150cc, piloto Zé Pereira # 38, da cidade de Santa Luzia deu mais um show na pista de Primavera, correndo soberano e liderando as duas baterias de ponta a ponta, sem dar qualquer chance aos seus adversários. Na prova com o maior número de motos do dia, 16 no total, a 150cc não teve alteração nas três primeiras posições da primeira para a segunda bateria, com Zé Pereira chegando na frente e trazendo consigo Hérico Flores # 706 na segunda colocação e Vanderlei Batista em terceiro. Josiel Batista # 46 e André Carbonera # 27, que se revezaram em bons momentos na prova, ocuparam a quarta e quinta posição respectivamente do pódio. Com a vitória dupla, Zé Pereira isolou-se ainda mais na liderança na categoria na temporada.

Diego Ferrari voo baixo na 230
Na prova mais forte da modalidade, a categoria 230cc, mesmo com ausência do até então líder Cândido Chagas # 93, que fraturou a perna direita na abertura do Estadual de Motocross, no último dia 30 de maio, em Porto Velho, a disputa mais uma vez levantou o público. João Roberto Chagas # 39, largou bem na primeira bateria e liderou por mais da metade da prova, mantendo-se a frente do piloto Vitim, em grandes duelos. Diego Ferrari, que largou mal, saindo na última posição, quis mostrar que está em grande fase numa corrida de recuperação, baixando seu próprio tempo a cada volta, foi deixando SUS adversários para trás até encostar no líder João, que anda tentou segurar a ponta, mas Diego aproveitou uma reta para assumir a ponta e abrir boa vantagem até a bandeirada final.

Disputa lado a lado na categoria 230

Disputa lado a lado na categoria 230

A segunda bateria foi também de grandes emoções, com Diego Ferrari  largando na frente e trazendo consigo o empolgado Victor Carlos. Diego procurou impor o seu ritmo na prova, mas Vitim não deixo por menos, e encostou na piloto de Espigão, em novo grande pega. Quando chegou mais perto de assumiu a ponta, Vitim perdeu o traçado da curva, caindo e deixando Diego Ferrari tranquilo para consolidar a grande vitória. Vitim ficou com a segunda posição somando o mesmo número de pontos de João Roberto, que agora é o novo líder da categoria.

Para o empresário Reinaldo Selhorst, presidente da FMR, a pista de Primavera de Rondônia é sempre garantiu de grandes espetáculos do Velocross. Por ser uma pista de média alta de velocidade, o circuito proporciona disputas emocionantes, onde além do piloto ser bom, precisa contar com uma moto bastante preparada. “Mesmo realizando a prova em horário diferente do convencional, o público de Primavera compareceu foram brindados com mais uma grande prova”,  comentou o presidente da Federação.

A quarta etapa do Estadual de Velocross, realizada no último fim de semana, na cidade de Primavera de Rondônia, foi mais uma realização e coordenação da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, em parceria com a prefeitura do município, apoio do Ministério dos Esportes, senador Valdir Raupp, senador Acir Gurgacz, deputada federal Marinha Raupp, deputado federal Natan Donadon deputado federal Eduardo Valverde, Honda, Menzelub, Castilho Estruturas Metálicas Cairu Transportes, MegaBom Sorvete e Ciclo Caru.

Resultado da quarta etapa do Rondoniense de Velocross 2010

Categoria Sênior
1º # 68 – Osmar Canalle (Star Motos)
2º # 65 – Renato Carvalho (Oeste Motos/Farmácia do Povo)
3º # 5 – Agnaldo Feliciano
4º # 77 – Itamar Tadeu
5º # 7 – Jeferson Lins

Categoria 100
1º # 18 – Flávio Pereira (Radar Motos/Auto Posto 2000/Auto Escol)
2º # 80 – Marcelo Araújo (Aguia Motos/Ciatur Amazonas/G5 Motos)
3º # 5 – Ozias Vieira (Tecno Motors Zula)
4º # 40 – Ezequiel Nunes (Radar Motos)
5º # 44 – Josemar Dias (Construmania/Paraná Motos/Santos & Santos)
Categoria Força Livre
1º # 4 – Victor Carlos (MagaBom Sorvetes)
2º # 112 – Felippe Carvalho (Menzelub)
3º # 25 – Geraldo ‘Branco’ Maciel (Honda Moto Norte)
4º # 101 – Hemerson Andrade (Imobiliária Ideal)
5º # 99 – Valdinei Correia (F1 Terraplenagem/Posto Pit Stop)

Categoria 150
1º # 38 – Zé Pereiras (Falcão Motos)
2º # 706 – Hérico Flores
3º # 6 – Vanderlei Batista (Agromas/Posto Mais Manobra)
4º # 46 – Josiel Batista (JB Móveis/Posto Manelão)
5º # 27 – Andre Carbonera (LF Importrs/Peroba Mobos/Doces e Bem)

Categoria 230
1º # 961 – Diego Ferrari (Dacar Auto Peças/Kinutri)
2º # 4 – Victor Carlos (MegaBom Sorvetes)
3º # 39 – João Roberto Chagas (Farmácia Brasil/Dr. Amauri)
4º # 25 – Geraldo ‘Branco’ Maciel Honda Moto Norte/Alvorada)
5º # 99 – Valdinei Correia (F1 Terraplenagem/Posto Pit Stop)

Texto : Assessoria Imprensa FMR

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly