10P Mundocross para Marlon Bonilha

Foto por Maurício Arruda | 30 de junho de 2010 - 8:00

Uma empresa que não para de inovar. Assim pode ser resumida a Pro Tork, a maior fabricante de motopeças de reposição do Brasil e da América Latina. E nestes últimos anos, a Pro Tork não tem parado um minuto, tendo crescido a passos largos no segmento de motopeças, sendo que esta evolução muito se deve a criatividade nas ações do departamento de marketing da empresa paranaense.

E por trás da equipe de marketing está Marlon Bonilha, um dos diretores da Pro Tork, que está colocando em prática muito do que estudou e aprendeu em cursos realizados no exterior, principalmente nos Estados Unidos, que é um país que trabalha de uma forma excepcional os seis P’s do marketing: produto, preço, prazo, ponto de venda, promoção e propaganda.

Em entrevista exclusiva para o site Mundocross, Marlon fala um pouco sobre como iniciou, produtos que fabricam, patrocínios e planos da Pro Tork para 2011. Então agora para vocês, 10P Mundocross para Marlon Bonilha.

Placa de 5 segundos no ar : Largou…

1) Mundocross – A Pro Tork tem em seu foco o Motocross, por isto conte para os leitores do Mundocross como foi o início da história da empresa, e o que levou a Pro Tork a entrar no segmento Motocross.

Marlon Bonilha – Iniciamos com meu tio e posteriormente com meu pai. Éramos uma pequena fábrica de escapamentos, que atendia um pequeno número de clientes locais. Passamos de Curitiba para Siqueira Campos com o objetivo de aumentar nossa estrutura e buscar condições de trabalho. A empresa evoluiu e hoje somos a maior fábrica de motopeças da América Latina, e mais recentemente também atingimos o posto de maior fabricante de capacetes da América Latina.

2) Mundocross – O portfólio da empresa é bem extenso, mas nos conte quais as principais linhas e produtos que a Pro Tork produz e vende ?

Marlon Bonilha – Temos as linhas Metal, Plástica, Off Road, Capacetes e a minimoto TR50F. Nosso mix de produtos já atinge cerca de 5 mil itens e buscamos sempre desenvolver novas soluções para os motociclistas sem pesar no bolso. A linha metal é o carro chefe das vendas, com escapamentos, bagageiros, guidões, protetores, pedais, etc. Mas a linha plástica, com baús, para-lamas, carenagens, piscas e uma infinidade de outros produtos também é destaque de vendas.

3) Mundocross – Marlon, depois da Pro Tork ter ficado um ano fora como patrocinadora do Campeonato Brasileiro de Motocross, como você avalia que está sendo este retorno na temporada 2010 ?

Marlon Bonilha – Está sendo muito positivo. Teríamos um ano difícil para o mercado e para o esporte no caso da ausência de um Campeonato Brasileiro de Motocross. Precisamos fortalecer alguns pontos e buscar crescimento do conjunto, mas sem divisões. Acho que estamos caminhando para um futuro ainda mais promissor. A Pro Tork está do lado do motociclista, e do amante do esporte. Ela estará sempre trazendo novidades e buscando viabilizar o que é importante para este mercado. Nos sentimos realizados em poder fazer isso.

Marlon Bonilha é diretor de marketing da Pro Tork

Marlon Bonilha é diretor de marketing da Pro Tork

4) Mundocross – Quais são os campeonatos e pilotos patrocinados pela Pro Tork ?

Marlon Bonilha – Além do Pro Tork Brasileiro de Motocross, em 2010 estamos presentes em campeonatos de São Paulo, com uma parceria com a Xtreme Racing, também no Amador Dirt Action, no Paranaense de todas as modalidades, temos algumas ações em provas isoladas em diversos estados e ainda somos o principal patrocinador do Campeonato Paraguaio de Motocross. Na pista, contamos com os pilotos oficiais de Motocross, que são os brasileiros Milton ‘Chumbinho’ Becker, Nico Rocha, Davis Guimarães, Carlos Eduardo Franco, Paulinho Stedile, o americano Scott Simon, o venezuelano Humberto Martin e o costa-riquenho Roberto Castro, além de dezenas de pilotos patrocinados regionalmente, atendendo a praticamente todas as categorias do motociclismo off-road.

5) Mundocross – E dentre os campeonatos e pilotos patrocinados pela Pro Tork nesta temporada, tem algum, ou alguns, em que o contrato, ou contratos irão até a temporada 2011 ?

Marlon Bonilha – Nossos contratos são anuais e no final das temporadas reavaliamos as renovações ou novas contratações. Estamos sempre buscando parcerias duradouras e o contrato anual é apenas um instrumento, mas a nossa relação com os pilotos é sempre de longa data, como é o caso do Chumbinho e do próprio Paulo Stedile, que está conosco há mais de 12 anos!

6) Mundocross – Você que tem conhecimento e visão dos mercados nacional e internacional, numa escala de 1 a 10, em qual patamar você acredita que em termos gerais Motocross brasileiro se encontra em relação ao Motocross americano, e ao Motocross mundial ?

Marlon Bonilha – É uma escala difícil de definir. Temos fatores que estão bem evoluídos e em contra partida temos alguns que estão muito atrasados. No meu ponto de vista, temos que fomentar a qualidade dos pilotos para que eles não se intimidem ao encarar uma prova internacional. Para isso, é necessário ter pistas de nível internacional nas competições. É um processo de evolução que não pode parar. Em termos práticos, acredito que estamos uns 5 anos atrás do Motocross Americano, mas felizmente esta distância está encurtando.

7) Mundocross – A Pro Tork é uma grande empresa de motopeças da América Latina, mas com um espírito de família. Comente um pouco sobre a forma de trabalho e o envolvimento da família nos negócios das empresas.

Marlon Bonilha – Somos uma grande família. Conduzimos nossos negócios em família e transmitimos este espírito para todos com os quais nos relacionamos. Temos paixão pelo que fazemos e não saberíamos fazer outra coisa a não ser colocar toda esta paixão no nosso negócio. É muito gratificante poder conduzir uma empresa dessa maneira. É uma relação muito mais humana com o mercado.

Marlon e sua equipe estão sempre inovando no mercado

Marlon e sua equipe estão sempre inovando no mercado

8) Mundocross – Qual é o seu entendimento e a sua opinião sobre a criação da Superliga de Motocross. E você acredita que no futuro possa haver uma unificação do Brasileiro de Motocross e da Superliga de Motocross ?

Marlon Bonilha – Acredito que a Superliga é uma excelente iniciativa e merece todo o nosso respeito. Tanto que no momento em que ela foi criada, manifestamos oficialmente nosso apoio e autorizamos nossos pilotos a participarem de qualquer etapa. Ainda acho que a unificação de um campeonato é a melhor maneira de somar forças e promover o crescimento, mas para isso, algumas diferenças devem ser resolvidas entre todos os envolvidos. É uma questão de sentar para conversar e pensar no bem maior que é o nosso esporte.

9) Mundocross – Independente dos pilotos que forem representar o Brasil, a Pro Tork estará envolvida com a equipe brasileira que irá disputar o Motocross das Nações 2010 nos Estados Unidos ?

Marlon Bonilha – Temos interesse em poder ajudar neste projeto sim, mas ainda não recebi um posicionamento de como será conduzido este assunto. Acredito que já deveríamos ter um projeto em andamento desde o início do ano, para que pudéssemos nos preparar para esta finalidade. Vamos aguardar o que a CBM pretende fazer para, em seguida, nos posicionarmos melhor.

10) Mundocross – E para última pergunta, gostaríamos de saber o seguinte. O mercado em geral vive de inovações, e pensando nisto, quais serão as novidades da Pro Tork para os próximos meses ?

Marlon Bonilha – Estamos a todo vapor no desenvolvimento de novos produtos e na melhoria constante. Para este ano ainda teremos lançamentos em capacetes que serão muito bem recebidos pelo mercado. Estamos com planos bastante ousados para 2011, mas preciso manter ainda em segredo. O mercado pode aguardar boas novidades da Pro Tork em 2011.

Mundocross – Agora a palavra e o espaço são seus.

Marlon Bonilha – Obrigado pelo espaço e pela oportunidade. Acredito que os leitores ganham com esta discussão sobre temas tão importantes. Obrigado ao Mundocross por todo este esforço em ajudar o mercado, e contem conosco sempre.

Marlon Bonilha
Diretor da Pro Tork

JOGO RÁPIDO COM MARLON BONILHA

Nome completo : Marlon Bonilha
Data nascimento : 21 de junho de 1981
Ídolo no Motocross Nacional : Paulo Stedile
Ídolo no Motocross Internacional : Jeremy McGrath
Comida favorita : Costela
Bebida favorita : Coca-Cola
Tipo de música favorita : Pop Rock
Lazer preferido : Aviação
Esporte preferido : Motociclismo
Site da Pro Tork : www.protork.com.br

Compartilhe este conteúdo

Comentários

lucelio tadeu disse:

gostaria de fazer parte desse quadro de funcionarios,sou operador de injetora ha 20 anos tenho varios cursos ,estou fazendo tecnico em plastico,morei em salto do itarare,onde pretendo me restabelecer novamente desde ja meu muito obrigado

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly