Novos vencedores na Superliga de MX em Indaiatuba

Foto por Maurício Arruda | 04 de julho de 2010 - 20:16

A cidade de Indaiatuba, no interior de São Paulo, recebeu pela segunda vez uma etapa da Superliga Brasil de Motocross, e o público presente assistiu neste domingo, 4 de julho, a uma tarde de boas corridas e muita disputa na quarta etapa da temporada.

Com resultados importantes dos líderes, o campeonato ficou embolado em diversas categorias. Na MXJR Endres Armstrong liderava por três pontos, com a vitória de hoje ele abriu a diferença para seis pontos. Na CRF230, o primeiro lugar ficou com Ismael Rojas e na categoria 65 Kioman Navarro Muñoz garantiu a vitória e a liderança do campeonato.

Na Mx3, Cristiano Lopes venceu e deixou o líder do campeonato David Guimarães em segundo. Thales Vilardi foi o primeiro na MX2, seguido por Swian Zanoni, que com esse resultado se manteve na liderança da categoria. Swian foi segundo também na MX1, prova vencida pelo paranense Leandro Silva, e assumiu a liderança da categoria. Tanto Thales Vilardi, como Leandro Silva venceram suas primeiras corridas na Superliga de Motocross. Leia abaixo os principais fatos que rolaram em Indaiatuba.

Categoria MX1
Largando na frente Leandro Silva liderou a prova de ponta a ponta. Swian Zanoni não fez uma boa largada e chegou a cair para quinto lugar, fazendo uma prova de recuperação para forçar Leandro nas voltas finais. Jean Ramos largou em terceiro, chegando na mesma posição. “No final o Swian tentou chegar, mas eu acreditei e conquistei a vitória,” conta o piloto, emocionado com o bom dia que teve em Indaiatuba.

Leandro Silva venceu a MX1 em Indaiatuba

Leandro Silva venceu a MX1 em Indaiatuba

Categoria MXJR
Endrews Armstrong largou na liderança e colocou uma boa diferença para o segundo colocado Anderson Amaral. Faltando duas voltas para o final, Amaral começou a pressionar, mas acabou errando e caindo na tentativa de uma ultrapassagem. Mesmo assim, Amaral garantiu o segundo lugar na prova. “Se ele [Amaral] ganhasse ia ficar difícil no campeonato, porque iriamos ficar empatados, agora são seis pontos de diferença e é ver como vão ser as próximas etapas,”explica o piloto do Paraná.

Endrews é o líder da Superliga na categoria MXJR

Endrews é o líder da Superliga na categoria MXJR

Categoria CRF 230
O pódio da categoria ficou exatamente igual ao treino classificatório. Ismael Rojas confirmou o primeiro lugar ainda na largada e não deixou que o segundo lugar, Nivaldo Viana, chegasse perto, impondo 16 segundos de diferença. “Dei sorte de sair bem na largada e conseguir segurar até o final. É uma prova de que a moto está andando bem nessa pista,” conta Ismael.

Categoria MX2
Thales Vilardi despontou em primeiro nos treinos classificatórios e liderou a prova deste domingo. Chegou a ser ultrapassado duas vezes, uma por Jean Ramos (faltando 12min) e uma por Swian Zanoni (quando faltavam 5min), mas garantiu a primeira vitória na Superliga Brasil de Motocross.”Não corri as outras provas porque estava machucado no punho, mas voltei bem nessa, fui pressionado pelo Swian, mas consegui a vitória. É uma pena não ter começado o campeonato.” Thales espera, agora, conseguir estar bem para as próximas etapas.

Thales conquistou primeira vitória na MX2 da Superliga

Thales conquistou primeira vitória na MX2 da Superliga

Pódio da categoria MX2 em Indaiatuba

Pódio da categoria MX2 em Indaiatuba

Categoria 65
Com Kioman Munoz largando em primeiro, seguido de Djalma Brito e Enzo Lopes, a corrida seguiu acirradissíma até o final, com Djalma Brito atacando a liderança. Foi em um desses ataques, na penúltima volta, que o piloto caiu, passando a segunda colocação para Enzo Lopes e terminando em terceiro.”Eu estava sendo pressionado por dois o tempo todo. Mas, no final, para mim foi bom para me distanciar na liderança do campeonato, já que o Djalminha era o vice-líder,” comemora Kioman.

Disputa entre os jovens pilotos da categoria 65

Disputa entre os jovens pilotos da categoria 65

Categoria MX3
Depois de uma largada disputada, Cristiano Lopes assumiu a liderança. David Guimarães caiu para segundo lugar, para depois retomar o primeiro lugar aos 12min de prova em uma ultrapassagem acirrada. “Eu esperei ele cansar para poder ultrapassar. Foi uma corrida muito boa rumo a ser líder do campeonato,” comentou David Guimarães.

Davis foi quem venceu a disputa na categoria MX3

Davis foi quem venceu a disputa na categoria MX3

A Superliga Brasil de Motocross tem patrocínio da Honda, Mobil e Aymoré Financiamentos e co-patrocínio da Pirelli e do Consórcio Nacional Honda. O evento conta ainda com apoio da Prefeitura Municipal de Indaiatuba, Rádio Clip FM e concessionárias Honda Prolink.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly