Reunião definiu o futuro do Velocross Rondoniense

Foto por Divulgação | 04 de julho de 2010 - 8:30

Na reunião ocorrida na manhã deste sábado, 3 de julho, na sede da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, em Espigão do Oeste, o assunto principal da pauta foi a viabilização do Campeonato Rondoniense de Velocross 2010. A competição que teve no último dia 19 de junho a realização da 4ª etapa na cidade de Primavera de Rondônia, esteve temporariamente suspensa por quebra do pré-acordo por parte dos parceiros da FMR, e consequentemente um significativo desfalque na programação orçamentária para o campeonato na atual temporada.

Segundo o empresário Reinaldo Selhorst, presidente da FMR, devido  ausência destes parceiros, tidos como certos na elaboração da planilha orçamentária para a temporada, o Campeonato Rondoniense de Velocross passou a gerar um déficit a cada prova, tornado-se insustentável por parte da entidade realizadora do evento. Para agravar ainda mais a situação, os pilotos passaram a cobrar maior incentivos, o que levou a FMR a suspender temporariamente o campeonato e convocar esta reunião para juntos aos pilotos buscar alternativas.

Momento da reunião deste sábado na sede da FMR

Momento da reunião deste sábado na sede da FMR

Com objetivo de viabilizar meios de melhorar a premiação aos pilotos durante cada prova, e com isso dar continuidade ao campeonato, o piloto João Roberto Daudt Chagas, o ‘Pai Chagas’, foi nomeado representante da classe, ficando incumbido da responsabilidade de buscar novos patrocínios a serem revertidos 100% em favor dos pilotos. Para esta missão, Chagas contará com ajuda da diretoria da Federação.

Já para a quinta etapa do Rondoniense de Velocross 2010, que foi confirmada para o dia 18 de julho, na cidade de Cerejeiras, Chagas estará visitando empresas da região em busca de novas parcerias. Além do incentivo financeiro que será buscado a cada prova, a FMR juntamente com o representante dos pilotos vai estar tentando ampliar a premiação geral do campeonato, que em 2009 foi de quatro motos Pop 100 para a modalidade, e este ano ainda não tem um valor definido.

Entenda o que aconteceu

24/06/2010 – Rondoniense de Velocross está suspenso

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly