Cerejeiras se prepara para o Rondoniense de VX

Foto por Divulgação | 08 de julho de 2010 - 7:15

A cidade de Cerejeiras já se prepara para nos próximos dias 17 e 18 de julho, receber a quinta etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross 2010. A competição que esteve temporariamente suspensa por problemas extras, volta com força total, prometendo mais uma prova de grandes emoções e adrenalina. A pista já praticamente está pronta e a coordenação trabalha nos últimos detalhes para que tudo aconteça com sucesso absoluto.

Depois da reunião ocorrida no último sábado, na sede da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, em Espigão do Oeste, a expectativa é grande por parte dos pilotos, que aguardam a continuídade das provas. O Estadual de Velocross foi instituído pela FMR em meados da última década, vindo para agregar pilotos iniciantes no motociclismo e alguns com passagens pelo motocross, mas que logo se adaptaram  a nova modalidade.

Diretoria da FMR trabalha firma para poder realizar o campeonato

Diretoria da FMR trabalha firma para poder realizar o campeonato

A temporada 2010 de Velocross será realizada em doze etapas, sendo que a quinta acontecerá em Cerejeiras, e já está confirmado para os dias 7 e 8 de agosto a sexta etapa, em Santa Luzia, cidade com um número considerável de pilotos na modalidade, entre eles João Roberto (atual lider da Categoria 230), Mateus Chagas (4° colocado na categoria Força Livre), Zé Pereira (líder da categoria 150) e Flavio Pereira (lider da categoria 100)

Escolhido como legitimo representante dos pilotos junto a FMR, João Roberto Daudt, o ‘Pai Chagas’, já trabalha no intuito de conquistar novos patrocínios durante as próximas provas e com isso aumentar os benefícicios concedidos aos pilotos.

Durante a reunião do último sábado, Chagas cobrou do presidente da FMR Reinaldo Selhosrt uma melhor premiação para os ‘artistas’ das pistas e em resposta Selhorst convidou-o a assumir a responsabilidade de buscar novos parcerios, sendo que todos os benefícios conquistados pela equipe comandada por Pai Chagas serão revertidos em favor dos pilotos.

Já para a prova de Cerejeiras, cabe aos esforços e sucesso do representante dos pilotos a garantir de uma melhor premiação.

Texto : Assessoria Imprensa FMR

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly