Team Pro Tork vai a Foz defender liderança do Brasileiro de Motocross

Por Daniela Burgonovo | Fotos por Idário Araújo | 14 de julho de 2010 - 16:06

Liderando a MX1, MX2, MX3 e a 230, a Pro Tork Racing Team parte confiante para a disputa da quarta etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2010, que será realizada neste fim de semana, dias 17 e 18 de julho, na cidade de Foz do Iguaçu, Paraná. O objetivo é conquistar mais vitórias e manter a ponta na classificação das categorias.

Depois de alcançar duas vitórias na última etapa e assumir a primeira colocação na MX1 e MX2, o norte-americano Scott Simon está bastante motivado. Treinando em várias pistas na região de Curitiba, o competidor se diz preparado para qualquer situação e espera repetir o desempenho.

“Meus treinos com moto estão puxados, além disso, estou muito bem fisicamente. No último fim de semana aproveitei a folga de competições para participar de um duatlo terrestre e melhorar minha preparação, foram vários quilômetros de corrida e bicicleta. Estou num ritmo acelerado, cresci bastante desde o início da temporada e acredito que conseguirei alcançar minha meta”, afirma Scott.

Scott é o líder do Brasileiro de MX nas categorias MX1 e MX2

Scott é o líder do Brasileiro de MX nas categorias MX1 e MX2

Na MX1 a equipe ainda conta com a participação do costa-riquenho Roberto Castro. O piloto não teve muita sorte em Quissamã (RJ), seu equipamento falhou durante a corrida e ele não pôde completar a prova. Com o quinto lugar na tabela, ele espera conquistar um bom resultado para recuperar os pontos perdidos.

O costa-riquenho Roberto Castro corre na MX1

O costa-riquenho Roberto Castro corre na MX1

O venezuelano Humberto Martin também representa a Pro Tork ao lado de Scott na MX2. Mais adaptado as pistas brasileiras, ele mostra evolução. Na última etapa conseguiu subir ao pódio e atualmente é o quinto na classificação. Humberto pretende melhorar ainda mais e almeja terminar entre os três primeiros em Foz do Iguaçu.

O venezuelano Humberto Martin é piloto da Pro Tork na MX2

O venezuelano Humberto Martin é piloto da Pro Tork na MX2

Se recuperando de um acidente sofrido durante um treino há duas semanas, o líder da categoria MX3, Milton “Chumbinho” Becker, permanece afastado das pistas. Seu colega de equipe e segundo colocado, Davis Guimarães, tentará assumir o posto. Porém, quem também está na briga pela primeira colocação é Nico Rocha. A diferença entre eles é de apenas dois pontos.

Nico Rocha defende as cores da Pro Tork na MX3

Nico Rocha defende as cores da Pro Tork na MX3

“Fui regular até agora, terminei todas as provas em segundo e na última etapa consegui me sair melhor que o Chumbo e o Nico. Estou atrás da vitória, gosto de andar no barro e a previsão é de chuva, se isso acontecer a prova ficará mais técnica e acho que tenho mais chances de subir ao lugar mais alto do pódio”, explica Davis.

Carlos Eduardo Franco completa a Pro Tork Racing Team na 230cc. O piloto está com 100% de aproveitamento no campeonato e quer abrir cada vez mais vantagem para conquistar seu segundo título brasileiro de motocross.

Transmissão Ao Vivo
Quem não tiver a oportunidade de torcer de perto pela Pro Tork Racing Team, poderá escutar a transmissão Ao Vivo da locução das provas através do site da Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, que é www.cbm.esp.br

Não deixe de acompanhar todos os detalhes !!!

Texto : Daniela Burgonovo

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly