Domingo tem Paraguaio de Motocross em Loma Plata

Por Daniela Burgonovo | Fotos por Divulgação | 22 de julho de 2010 - 13:50

Neste próximo final de semana tem Motocross no Paraguai, e o Brasil estará lá representado pela Pro Tork Racing Team, que parte rumo à cidade de Loma Plata, onde disputará no domingo, 25 de julho, a sexta etapa do Campeonato Paraguaio de Motocross 2010. O time brasileiro lidera as três principais categorias, e aproveita a oportunidade para tentar abrir vantagem na classificação.

O paranaense Nico Rocha está invicto na MX3, com 26 pontos a mais que o segundo colocado, e se aproxima cada vez mais do seu quarto título na competição. Confiante, ele espera manter o desempenho e ser o primeiro a receber a bandeira quadriculada.

Nico Rocha está invicto na MX3 do Paraguaio de Motocross

Nico Rocha está invicto na MX3 do Paraguaio de Motocross

Na MX2 o ponteiro é o sul-mato-grossense Carlos Eduardo Franco, que vem de duas vitórias seguidas. O atleta defende a taça conquistada na última temporada e tem tudo para alcançar o bi campeonato. Sua vantagem na tabela para o segundo colocado é de 36 pontos.

Já na MX1, Adrián Cantero segue firme na busca pelo 15° título nacional e está à frente na classificação, com 20 pontos de diferença para o segundo lugar. Carlos Eduardo vem logo atrás, em terceiro, e Nico é o quarto. As provas estão cada vez mais acirradas, mas Adrián não pretende deixar o caneco escapar.

Cantero é o líder do Paraguaio de Motocross na MX1

Cantero é o líder do Paraguaio de Motocross na MX1

“Gostaria de vencer esta corrida para me sentir mais confortável. Preparei-me bastante nos últimos dias, fiz alguns acertos na moto junto ao mecânico, fui treinar na pista e também andei de bicicleta para melhorar a resistência. Espero atingir meu objetivo”, afirma Adrián.

Classificação do Paraguaio de Motocross após cinco etapas

Categoria MX1
1°) Adrian Cantero – 84 pontos
2°) Carlos Vazquez – 64
3°) Carlos Eduardo Franco – 58
4°) Nico Rocha – 48
5°) Thales Vilardi – 40 pontos

Categoria MX2
1°) Carlos Eduardo Franco – 91 pontos
2°) Fredy Portillo – 55
3°) José Felipe – 54
4°) Cesar Arietti – 51
5°) Maicom Rossato – 48

Categoria MX3
1°) Nico Rocha – 100 pontos
2°) Olavio Karpinski – 74
3°) Alfred Harder – 61
4°) Carlos Vazquez – 53
5°) Rodrigo Kuhn – 26 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

jorge nogueira disse:

bom dia sou trilheiro e gostaria de uma plamta de pista motocross , sou da bahia cidade do comde ba 099 a 150 kilometros de salvador

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly