Novas vitórias de Trey e Ryan no AMA Motocross

Foto por Divulgação | 25 de julho de 2010 - 18:50

O AMA Motocross 2010 deu sequência neste sábado com a oitava etapa do campeonato, disputada no tradicional circuito de Washougal, no Estado de Washington. Para comemorar os 30 anos da pista no campeonato, como já é costume, a prova foi ‘a moda antiga’, com muitos pilotos vestindo roupas e usando motos com grafismos retrôs.

Motos antigas também estiveram em exposição nos boxes, ídolos do passado participaram de sessões de autógrafos, e os fãs também fizeram sua parte, se caracterizando a rigor. E assim como sábado retrasado em Millville, Ryan Dungey e Trey Canard também venceram em Washougal  Acompanhe como foi o evento deste dia 24 de julho…

Categoria 450

A grande notícia da semana foi que o australiano Chad Reed, piloto da equipe oficial Monster Energy/Kawasaki, havia abandonado o campeonato para tratar problemas de saúde, já que nos últimos exames médicos realizados foi constatado que ele contraiu o vírus Epstein-Barr (EBV). Nada grave, mas se quiser saber mais detalhes, acesse este link e também acompanhe o próximo Mundo Afora aqui no Mundocross nesta semana.

Voltando a corrida, na largada, como já é costume, o atual rei do holeshot Andrew Short, da equipe oficial Red Bull/Honda Racing, largou na frente, seguido por Kevin Windham (companheiro de equipe temporário de Short) em segundo e o líder do campeonato Ryan Dungey da equipe oficial Rockstar/Makita/Suzuki em terceiro.

Short tem se especializado em fazer holeshots

Short tem se especializado em fazer holeshots

Dungey ultrapassou Windham na segunda volta e precisou dos primeiros 10 minutos dos 30 totais da bateria, para despachar Short e se isolar na liderança, faturando mais uma bateria. Short garantiu a segunda posição, com o australiano Brett Metcalfe da equipe Geico Powersports/Honda em terceiro. Josh Grant da equipe Muscle Milk/Toyota/Yamaha foi o quarto e Ryan Sipes da MotoConcepts/Yamaha o quinto.

Dungey conquistou mais uma dupla vitória em etapas do AMA MX

Dungey conquistou mais uma dupla vitória em etapas do AMA MX

Na largada da segunda bateria, Short novamente fez o holeshot e saiu na frente. Desta vez Windham e Dungey inverteram os papéis da largada da primeira bateria, com o piloto da Suzuki em segundo e o da Honda em terceiro. Houve uma grande colisão na primeira curva após a largada, onde vários pilotos compraram terreno, criando um grande tumulto de motos. Na oitava volta, aproximadamente metade da bateria, foi que Dungey conseguiu a ultrapassagem sobre Short e assumiu a liderança.

Windham está substituindo Millsaps na equipe oficial Honda

Windham está substituindo Millsaps na equipe oficial Honda

A partir daí o mesmo filme de sempre se repetiu. Mais uma vitória fácil do piloto da Suzuki, com Short novamente em segundo. Thomas Hahn da equipe Canidae/Rockstar Suzuki foi o terceiro, Justin Brayton da equipe Muscle Milk/Toyota/Yamaha o quarto e Metcalfe o quinto. No overall, vitória de Dungey, com Short em segundo e Metcalfe completando o pódio em terceiro. Hahn foi o quarto e Nick Wey da equipe Ti Lube/Brown Motorsports/Kawasaki completou os cinco primeiros.

Metcalfe tem mostrado muita consistência nesta temporada

Metcalfe tem mostrado muita consistência nesta temporada

No campeonato, a regularidade e consistência de Short impediram Dungey de sair de Washougal com a mão na taça, mas agora, com a vantagem de 95 pontos sobre o piloto da Honda e a julgar pelos resultados apresentados até aqui, as chances do piloto da Suzuki não conquistar o título na próxima etapa, em Unadilla, são praticamente remotas. E para colocar ainda mais lenha na fogueira, James Stewart prometeu participar da etapa de Unadilla, o que poderá ser (ou não) uma água na champagne de Dungey.

Short tem andado muito nesta temporada do AMA MX

Short tem andado muito nesta temporada do AMA MX

Voltando a falar da classificação do campeonato, Metcalfe é o terceiro, Grant o quarto e o neozelandês Ben Townley da equipe Troy Lee Designs/Lucas Oil/Honda fecha os cinco primeiros. As voltas mais rápidas em Washougal foram marcadas na casa de 2 minutos e 12 segundos.

Categoria 250

Na primeira bateria, o piloto Trey Canard da equipe Geico Powersports/Honda fez o holeshot e venceu de ponta a ponta com tranquilidade, já que o único que poderia lhe impedir de vencer, o francês Christophe Pourcel da equipe Monster/Pro Circuit/Kawasaki, líder do campeonato, largou apenas em oitavo lugar a precisou de praticamente toda a bateria para recuperar posições até alcançar o segundo posto.

Canard venceu sua terceira etapa no AMA MX 250 em 2010

Canard venceu sua terceira etapa no AMA MX 250 em 2010

Quando conseguiu isso, na 13ª das 16 voltas, Canard já estava longe.Mesmo assim o francês garantiu a segunda posição. Na sequência vieram dois companheiros de equipe de Pourcel, Jake Weimer que foi o terceiro, com o sul-africano Tyla Rattray em quarto. Blake Wharton, companheiro de Canard na equipe Geico Powersports/Honda finalizou em quinto.

Pourcel não venceu mas lidera com folga o AMA MX 250

Pourcel não venceu mas lidera com folga o AMA MX 250

Repetindo o filme da largada da primeira bateria, Canard fez o holeshot e saiu na frente. Desta vez Pourcel se deu melhor, largando na segunda posição. Quem pensava que por causa disso a bateria seria mais interessante no quesito briga pela vitória, ficou a ver navios. Canard não se intimidou com a presença do líder do campeonato na sua cola e venceu com uma boa vantagem sobre Pourcel, que por sua vez, em nenhum momento ameaçou o piloto da Honda, fazendo uma corrida solitária na segunda posição.

Rattray largou bem na segunda bateria em Washougal

Rattray largou bem na segunda bateria em Washougal

Canard garantiu mais uma vitória e Pourcel à segunda posição. Rattray foi o terceiro, Wharton o quarto e o equatoriano Martín Davalos da equipe Star Racing/Yamaha o quinto. No overall, vitória de Canard, com Pourcel em segundo e Rattray completando o pódio em terceiro. Wharton foi o quarto e Dean Wilson da equipe Monster/Pro Circuit/Kawasaki completou os cinco primeiros.

Wilson está fazendo uma grande temporada no AMA MX

Wilson está fazendo uma grande temporada no AMA MX

No campeonato, Pourcel ainda lidera com 38 pontos de vantagem sobre Canard, que aliás assumiu a vice-liderança por 8 pontos de vantagem em relação a Wilson, que agora ocupa a terceira posição. Rattray é o quarto e Justin Barcia da equipe Geico PowerSports/Honda fecha os cinco primeiros.

Pódio da categoria 250 em Washougal

Pódio da categoria 250 em Washougal

Resultado da oitava etapa do AMA Motocross na categoria 450
1. Ryan Dungey 1-1 (Suzuki)
2. Andrew Short 2-2 (Honda)
3. Brett Metcalfe 3-5 (Honda)
4. Tommy Hahn 7-3 (Suzuki)
5. Nick Wey 10-6 (Kawasaki)
6. Ryan Sipes 5-11 (Yamaha)
7. Kevin Windham 9-9 (Honda)
8. Kyle Chisholm 8-10 (Yamaha)
9. Dan Reardon 12-7 (Yamaha)
10. Kyle Cunningham 11-8 (Yamaha)
11. Mike Alessi 6-13 (KTM)
12. Josh Grant 4-16 (Yamaha)
13. Justin Brayton 17-4 (Yamaha)
14. Weston Peick 16-12 (Yamaha)
15. Ben Evans 15-18 (Kawasaki)
16. Steven Clarkee 13-20 (Suzuki)
17. Matt Moss 35-14 (Suzuki)
18. Jarred Browne 14-32 (Suzuki)
19. Derek Anderson 22-15 (Kawasaki)
20. Trent Pugmire 31-17 (Kawasaki)
21. Kevin Rookstool 18-36 (KTM)
22. Tye Hames 34-19 (Kawasaki)
23. Travis Sewell 19-25 (Yamaha)
24. Ricky Renner 20-31 (KTM)
25. Gergey Astykin 21-27 (Kawasaki)
26. Alexander Millican 26-23 (Yamaha)
27. Spencer Dally 29-22 (Suzuki)
28. Rory Sullivan 25-29 (Kawasaki)
29. Colton Haaker 24-30 (Kawasaki)
30. Nathan Whitlow 32-24 (Kawasaki)
31. Cole Shondeck 30-28 (Yamaha)
32. Tiger Lacey 23-36 (Kawasaki)
33. Alexander Ivanytin 39-21 (Yamaha)
34. David Gassin 28-33 (Yamaha)
35. Aden de Jager 38-26 (Kawasaki)
36. Mike Horban 27-38 (Honda)
37. Dustin Pipes 33-34 (Suzuki)
38. Jeff Alessi 36-37 (Yamaha)
39. Bobby Bonds 37-40 (Kawasaki)
40. Ben Townley 40-39 (Honda)

Classificação da categoria 450 após oito etapas
1. Ryan Dungey – 368 pontos (7 vitórias)
2. Andrew Short – 273
3. Brett Metcalfe – 257
4. Josh Grant – 238
5. Ben Townley – 223
6. Mike Alessi – 219
7. Chad Reed 204 (1 vitória)
8. Ryan Sipes 166
9. Kyle Chisholm 158
10. Kyle Regal 157
11. Tommy Hahn 150
12. Nick Wey 139
13. Kyle Cunningham 132
14. Dan Reardon110
15. Justin Brayton 103 pontos

Resultado da oitava etapa do AMA Motocross na categoria 250
1. Trey Canard 1-1 (Honda)
2. Christophe Pourcel 2-2 (Kawasaki)
3. Tyla Rattray 4-3 (Kawasaki)
4. Blake Wharton 5-4 (Honda)
5. Dean Wilson 6-6 (Kawasaki)
6. Jake Weimer 3-11 (Kawasaki)
7. Eli Tomac 7-9 (Honda)
8. Tommy Searle 10-7 (KTM)
9. Vince Friese 12-12 (Yamaha)
10. Martin Davalos 22-5 (Yamaha)
11. Nico Izzi 9-18 (Yamaha)
12. Darryn Durham 38-8 (Honda)
13. Tommy Weeck 15-14 (Honda)
14. Travis Baker 8-37 (Yamaha)
15. Les Smith 17-13 (Honda)
16. Justin Barcia 32-10 (Honda)
17. Christopher Johnson 14-17 (Suzuki)
18. Matt Lemoine 11-34 (Suzuki)
19. Topher Ingalls 13-21 (Yamaha)
20. Tevin Tapia 31-15 (KTM)
21. Michael Willard 20-16 (Honda)
22. Ryan Abrigo 16-32 (Honda)
23. James DeCotis 18-20 (Honda)
24. Sean Lipanovich 26-19 (Honda)
25. Drew Yenerich 19-23 (Yamaha)
26. Branden Miller 24-24 (Kawasaki)
27. Chad Gores 21-29 (Honda)
28. Robert Noftz 28-26 (Yamaha)
29. Jake Canada 33-22 (Kawasaki)
30. Dakota Tedder 28-28 (Kawasaki)
31. Preston Mull 23-35 (Honda)
32. Travis Freistat 34-25 (KTM)
33. Nicholas Jackson 30-30(Honda)
34. Erick Meusling 29-31 (Honda)
35. Jason Potter 25-36 (Honda)
36. Corey Pennington 39-27 (Kawasaki)
37. Bryar Perry 35-33 (Yamaha)
38. Max Anstie 36-38 (Yamaha)
39. Donald Vawser 37-40 (Kawasaki)
40. Cole Seely 40-39 (Honda)

Classificação da categoria 250 após oito etapas
1. Christophe Pourcel – 340 pontos (2 vitórias)
2. Trey Canard – 302 (3 vitórias)
3. Dean Wilson – 294 (1 vitória)
4. Tyla Rattray – 286 (1 vitória)
5. Justin Barcia – 212
6. Blake Wharton – 209
7. Broc Tickle – 209
8. Eli Tomac – 200 (1 vitória)
9. Jake Weimer – 195
10. Martin Davalos – 163
11. Tommy Searle – 116
12. Wil Hahn – 106
13. Darryn Durham – 88
14. Cole Seely – 83
15. Vince Friese – 75 pontos

Etapas restantes AMA Motocross 2010
9ª Etapa – 14 de agosto – Unadilla Valley – New Berlin (New York)
10ª Etapa – 28 de agosto – MX 338 – Southwick (Massassuchets)
11ª Etapa – 4 de setembro – Steel City – Delmont (Pensilvânia)
12ª Etapa – 11 de setembro – Pala Raceway – Pala (Califórnia)

Confira como foram as etapas anteriores do AMA Motocross 2010

7ª Etapa – 17 de julho – Spring Creek / Minesotta
6ª Etapa – 3 de julho – Red Bud / Michigan
5ª Etapa – 26 de junho – Thunder Valley / Colorado
4ª Etapa – 19 de junho – Budds Creek / Maryland
3ª Etapa – 12 de junho – High Point / Pensilvânia
2º Etapa – 5 de junho – Freestone / Texas
1ª Etapa – 22 de maio – Hangtown / Califórnia

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly