Alfredo Chaves recebe o Capixaba de MX no domingo

Foto por Paulo Stinghel | 31 de julho de 2010 - 9:25

Desde 2005 a cidade de Alfredo Chaves mantém uma pista fixa e recebe todos os anos uma etapa do campeonato Capixaba de Motocross. Esta é sempre uma etapa muito disputada devido a presença de muitos pilotos de fora do Estado, e também por causa da pista, que é no estilo Supercross. Este ano a expectativa é grande, pois já fazem quase dois meses da realização da quarta etapa e os pilotos tiveram muito tempo para se preparar.

Também estamos entrando na segunda parte do campeonato, onde os favoritos aos títulos começam a se destacar na pontuação e irão disputar pontos importantes na quinta etapa do campeonato Capixaba de Motocross 2010 neste final de semana, 31 de julho e 1º de agosto, em Alfredo Chaves.

Quem é quem nas onze categorias do campeonato
Nas principais categorias, a MX2 (250cc) e a MX1 (450cc), a disputa está equilibrada entre Higor Passos e Roger Hoffmann, ambos favoritos ao titulo. Higor lidera as duas categorias com 95 pontos na MX1, 10 a mais que Roger.

Roger já foi várias vezes campeão Capixaba de MX

Roger já foi várias vezes campeão Capixaba de MX

Na MX2 Roger teve problemas nas 1ª e 2ª etapas do campeonato, mas Higor também teve problemas na 3ª etapa e Roger encostou novamente na pontuação. Já na 4ª etapa Higor venceu e agora tem uma vantagem de 11 pontos.  Esta disputa pelo titulo promete ser emocionante, pois vencer esta etapa de Alfredo Chaves é muito importante para ambos. André Almeida, que está em terceiro lugar na classificação das duas categorias, sofreu uma queda em uma corrida e fraturou o ombro. O piloto se recupera bem, mas não deve participar desta etapa.

André Almeida compete nas categorias MX1 e MX2

André Almeida compete nas categorias MX1 e MX2

Na MX3(33 anos acima) o veterano Paulo Stinghel (66 pontos) luta para recuperar pontos e encostar no líder, Anderson Genelhu (95). A diferença entre os dois é de 29 pontos. Mas quem venceu a 4ª etapa foi Marcelo Alves, que retornou as pistas em grande forma depois de muito tempo sem competir.

Paulo Stinghel compete na categoria MX3

Paulo Stinghel compete na categoria MX3

Sensação na 4ª etapa, quando terminou em 3º lugar, a menina Hanna Loubak só competiu em duas das quatro etapas até agora e ocupa a 11ª colocação na classificação, mas pode dar trabalho para os veteranos da MX3.

A categoria Intermediaria teve quatro vencedores diferentes nas quatro etapas anteriores. Plinio Tedesco(1ª), Peterson Dorigo (2ª), Anderson Genelhu (3ª) e Marcelo Alves (4ª). Quem lidera o campeonato é Peterson Dorigo com 68 pontos, seguido de Renan Schwambach com 57 e Paulo Robalo com 50. Devido a alternância de posições na categoria Intermediaria é difícil citar favoritos e o titulo de campeão está totalmente aberto, pelo menos até agora.

Pódio da categoria Intermediária na quarta etapa

Pódio da categoria Intermediária na quarta etapa

A Nacional Força Livre é sempre muito equilibrada, mas este ano o piloto Adevaldo Kiefer, que também corre na MX2 e na MX1, vem se destacando. Kiefer venceu as três primeiras etapas e ficou em terceiro lugar na 4ª etapa, somando 91 pontos contra 68 do segundo lugar, Júnior Mantovanelli. O bi-campeão Fábio Garbelotto está em terceiro com 50 pontos, empatado com Valter Carlos que, pelos critérios de desempate, está em 4º lugar. Esta etapa de Alfredo Chaves é decisiva para estes pilotos.

Jonathan Mozer lidera a Nacional Estreante com 79 pontos depois de vencer as duas ultimas etapas. Diorges Martins vem em segundo com 71 pontos e, por enquanto, é o único que pode ameaçar o líder, já que Bruno Almeida tem apenas 50 pontos e Juliano Dutra 49. Apesar de Bruno ter vencido as duas primeiras etapas, ele não correu as seguintes e perdeu a liderança do campeonato.

Categoria de base, a Sub17 também é liderada por Jonathan Mozer, são 85 pontos contra 61 do vice-líder Henrique Biancardi e 56 do terceiro lugar Ramon Rudio. O 4ª lugar é de Matheus Brison que, apesar de ter vencido uma etapa, não correu a 4ª etapa e perdeu pontos preciosos. Outro que está fazendo falta é Aderlan Cailan, que venceu a primeira etapa, ficou em 4ª na segunda e depois não apareceu mais.

Briga sempre boa na categoria 85cc com as disputas entre dois das maiores revelações do motocross capixaba, Caio Severgnini e Igor Lourencini. Os dois dividem as vitorias na categoria, com duas cada um, só que Caio sofreu um acidente na 3ª etapa e não marcou pontos. Igor tem 90 e Caio tem 70 pontos.

Mas, desta vez, foi Igor que sofreu um acidente treinando e fraturou a perna, ainda não sabemos se ele vai poder correr em Alfredo Chaves e, caso não corra, Caio poderá recuperar os pontos perdidos e até assumir a liderança se ganhar a corrida e marcar os 25 pontos. Isso não é difícil de acontecer, pois Caio é o favorito em Alfredo Chaves, sua terra natal.

Ja na 65cc Caio Severgnini venceu as três primeiras etapas e lidera com folga com 86 pontos contra 69 de Guilherme Jilozinho Grasse e 65 de Bruno Vieira, que venceu a 4ª etapa. Apesar de não ter vencido nenhuma etapa, Jilozinho vem treinando bastante e deve dar trabalho para Caio em Alfredo Chaves, terra natal dos dois pilotos, favoritos para vencer na categoria.

Eduardo Barbosa está invicto na 50cc A e lidera com 75 pontos, Rafael Biancardi está em segundo com 42 e Caio Pretto em terceiro com 40. Esta garotada vem evoluindo muito e sempre encantam o publico nas etapas do campeonato. Outro que tenta o titulo da categoria é Guilherme Marques que está em 4ª lugar na classificação.

Falando em Guilherme Marques, o piloto lidera a categoria 50cc B com 70 pontos, Ighor de Souza Moura, campeão em 2009, vem em segundo com 45 pontos e João Paulo Valvassori está em terceiro na classificação.

Serviço da quinta etapa do Capixaba de Motocross
Evento : 5ª etapa do Campeonato Capixaba de Motocross 2010
Data da corrida :  1º de agosto de 2010
Cidade : Alfredo Chaves
Horários : Treinos a partir de 8:00 horas – Corridas a partir das 12:00 horas
Categorias: 50A, 50B, 65, 85, Sub17, Nacional Estreante, Nacional Força Livre, Intermediaria, MX3, MX2 e MX1
Mais informações, resultados completos, fotos e vídeos no site www.rh41.com.br

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly