Castro defenderá título do Latino MX1 no Equador

Por Daniela Burgonovo | Fotos por IC Fotos | 04 de agosto de 2010 - 17:55

O piloto costa-riquenho Roberto Castro está pronto para conquistar seu terceiro título no Campeonato Latino Americano de Motocross MX1. No próximo final de semana, 7 e 8 de agosto, o piloto patrocinado pela Pro Tork participará de mais uma edição do evento, que este ano ocorrerá na cidade de Latacunga, no Equador.

O embarque do costa-riquenho, que reside desde o início da temporada na pequena cidade paulista de Araçariguama, será amanhã, quinta-feira, 5 de agosto. Detentor dos títulos de 2008 e 2009, Roberto tenta controlar a ansiedade e a pressão de manter o caneco, mas se mostra bem confiante.

“Não gosto de cantar vitória antes da hora, porém acredito no meu potencial e acho que tenho boas chances. Estou feliz porque meu pai estará presente. Ele sempre acompanhou minha carreira, mas desde que estou no Brasil ele não teve a oportunidade de me assistir. Isso será um grande incentivo”, afirmou Castro.

Roberto vai defender o título do Latino MX1 no Equador

Roberto vai defender o título do Latino MX1 no Equador

Além de encarar grandes adversários, como o piloto da casa Miguel Cordovez, Roberto terá que enfrentar também a altitude, são 2.830 metros acima do nível do mar. A pista “El Coyote” conta com 1.760 metros de extensão e é repleta de subidas e descidas.

“Conheci este circuito em 2002, na época disputei o Latino Americano de Motocross na categoria 85cc, quando terminei em quarto lugar. Lembro que é uma pista muito técnica, mas isso já faz algum tempo, ela pode ter sofrido alguma alteração. O Cordovez treina no local e pode levar vantagem, quero aproveitar bem os treinos para me habituar e na hora da prova não cometer erros”, explicou.

Castro está correndo no Brasil em 2010

Castro está correndo no Brasil em 2010

No sábado, 7 de agosto, serão realizados dois treinos livres, um às 12 horas e outro às 14:10 horas. Logo após, às 15:50 horas iniciam os treinos classificatórios. Os competidores voltam a pista no domingo,  sendo às 10:05 horas para o warm-up e às 12:20 horas para a primeira bateria e às 14:50 horas para a segunda bateria, tendo cada uma a duração de 30 minutos, mais duas voltas.

“Gosto bastante deste tipo de disputa, com duas baterias. Estou acostumado com essa forma de competição, pois em meu país é assim que funciona também. Quando vim para o Brasil estranhei um pouco, já que aqui a maioria dos campeonatos tem só uma bateria”, ressaltou Roberto.

O piloto conta com a torcida costa-riquenha, mas espera ainda o apoio dos fãs da modalidade no Brasil, já que o país não terá nenhum representante no evento. Mais informações no site da União Latino-americana de Motociclismo: www.ulmulm.org

Conheça um pouco mais sobre Roberto Castro

Nome : Roberto Castro Miranda
Idade : 21 anos
Naturalidade : San José (Costa Rica)
Principais títulos : Nove vezes campeão costa-riquenho de Motocross
Duas vezes campeão Latino Americano de Motocross na categoria 85
Uma vez  campeão Latino Americano de Motocross na categoria MX2
Duas vezes campeão Latino Americano de Motocross na categoria MX1

A Pro Tork Racing Team conta com o apoio de Dash Industries

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly