Swian foi absoluto no Arenacross em São Bernardo

Por Jorge Soares | Fotos por Maurício Arruda | 08 de agosto de 2010 - 7:15

Com baterias acirradas, muitas ultrapassagens e arquibancadas cheias, a quarta etapa do Arenacross 2010 disputada em São Bernardo do Campo, São Paulo, foi uma grande homenagem ao Dia dos Pais, comemorado neste domingo, 8 de agosto. No final da noite deste sábado, 7 de agosto, pais e pilotos da categoria Pró subiram juntos ao pódio para receber as premiações e as homenagens.

Confira agora como foram as disputadas da quarta etapa do AX 2010 em São Bernardo :

Categoria 50
Guilherme Torres largou bem em primeiro lugar, mas logo na primeira volta Arthur ‘Tui’ Todeschini ultrapassou Torres assumindo a primeira posição. A corrida continou acirrada entre os dois pilotos até a sexta volta quando o pneu de Arthur furou e Guilherme reassumiu o primeiro o primeiro lugar da categoria.”Fiquei muito feliz com a vitória porque meu pai tinha me pedido de presente. Ele já tinha dito para eu colar no Tui e deu certo”, contou Guilherme.

Guilherme venceu na 50 e dedicou vitória a seu pai

Guilherme venceu na 50 e dedicou vitória a seu pai

Tuí liderou mas um pneu furado prejudicou sua corrida

Tuí liderou mas um pneu furado prejudicou sua corrida

Categoria Pró – Primeira bateria
Largando na primeira posição, Swian Zanoni foi ultrapassado na primeira volta por João Paulino ‘Marronzinho’, mas deu o troco rapidamente retomando a primeira posição algumas voltas depois. A partir daí o líder do campeonato abriu uma boa vantagem do segundo e terceiro colocado, Gustavo Takahashi que disputavam, também, com Leandro Silva as primeira colocações. No final, Swian garantiu a vitória, ‘Marronzinho’ terminou em segundo e Leandro Silva ficou em terceiro. “A largada dessa primeira bateria foi difícil, porque o Marronzinho que vinha muito forte, daí eu não podia deixar ele pegar o ritmo e entrar na corrida”, explicou Swian.

Largada da categoria Pró

Largada da categoria Pró

Leandro Silva ficou em terceiro na primeira bateria da Pró

Leandro Silva ficou em terceiro na primeira bateria da Pró

Categoria 65
Djalma Brito sai na frete e assim ficou até o final da corrida. Em segundo lugar tinha Kioman Navarro, mas o piloto caiu logo no início da bateria, sem desanimar Kioman, que voltou para a corrida em busca de uma recuperação. E conseguiu, Kioman terminou na segunda posição, seguido por Hugo Erthal. No final da bateria os pilotos comemoraram muito os bons resultados e Djalma fez a felicidade do público ao andar pela pista brindando quem estava nas arquibancadas. “O segredo é nunca desistir, treinar sempre para chegar lá”, aconselhou o terceiro colocado da bateria.

Kioman teve que fazer uma corrida de recuperação

Kioman teve que fazer uma corrida de recuperação

Djalminha ocupou o lugar mais alto no pódio 65

Djalminha ocupou o lugar mais alto no pódio 65

Categoria Júnior
Na largada da categoria Júnior, Rafael Faria largou bem e assumiu a primeira colocação, mas a prova vai paralisada ainda na primeira volta quando quatro pilotos se envolveram em um acidente e a equipe médica precisou entrar na pista para atender ao piloto Gustavo Amaral. Prova reiniciada, Hector Assunção saiu na frente conquistando o primeiro lugar, seguido de Thales Vilardi e Eduardo ‘Dudu’ Lima. Faltando três voltas para a fim da prova, no entanto Dudu Lima errou na curva, dando espaço para Rodrigo Rodrigues chegar em terceiro lugar. “Essa vitória foi boa porque a liderança do campeonato estava empatada, agora a vantagem dá uma tranquilidade maior para as próximas etapas”, concluiu Hector Assunção.

Largada da categoria Júnior

Largada da categoria Júnior

Hector venceu e continua líder na categoria Júnior

Hector venceu e continua líder na categoria Júnior

Categoria 85
O líder do campeonato, o paranaense Endrews Armstrong largou bem e assumiu a liderança da categoria, mas em disputa com o segundo lugar Anderson Amaral, Endrews acabou levando a pior e caindo. Com a queda o piloto voltou a corrida em oitavo lugar. Anderson Amaral aproveitou a oportunidade para assumir o primeiro lugar da prova e garantir a vitória. Pedro ‘Pepê’ Bueno foi o segundo e Kaio Miranda o terceiro. “Eu estava preocupado com o meu irmão que caiu na bateria anterior a minha, mas meu pai falou que ele estava bem e eu fui para conseguir essa vitória para eles”, contou o vencedor da categoria.

Pódio da categoria 85 com Anderson Amaral no topo

Pódio da categoria 85 com Anderson Amaral no topo

Kaio Miranda finalizou em terceiro na categoria 85

Kaio Miranda finalizou em terceiro na categoria 85

Categoria Pró – Segunda bateria
O paulista Roosevelt Assunção largou na frente, seguido de Leandro Silva e Swian Zanoni. Ainda nas primeiras voltas, porém Swian Zanoni ultrapassou Assunção na parte da pista montada em frete a arquibancada lotada de São Bernardo. A principal disputa da prova, no entanto, ficou com João ‘Marronzinho’ Paulino, que depois de largar em último chegou a assumir o segundo lugar. Na última volta, porém ‘Marronzinho’ errou e caiu, sendo ultrapassado por Leandro Silva. “Mesmo perdendo a segunda posição na última volta eu fiquei feliz porque foi o meu primeiro pódio no Arenacross”, finalizou Marronzinho.

Jean Ramos é piloto da equipe oficial Honda

Jean Ramos é piloto da equipe oficial Honda

Swian e Leandro comemoram resultado na etapa de SBC

Swian e Leandro comemoram resultado na etapa de SBC

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly