Pro Tork investe no Team Brasil para o MXDN

Foto por Elton Souza | 17 de agosto de 2010 - 15:15

A Pro Tork, maior fábrica de motopeças da América Latina, é a patrocinadora oficial da seleção brasileira no Motocross das Nações 2010. O ano já é o de maior investimento em marketing esportivo da empresa, que também está a frente do Campeonato Brasileiro de Motocross e das competições realizadas pela Federação Paranaense de Motociclismo, entre outras ações.

O Motocross das Nações – MXDN, deste ano será realizado nos dias 25 e 26 de setembro, em Lakewood, Colorado, Estados Unidos, e o Brasil terá como representantes os pilotos Cristopher ‘Pipo’ Castro, Antônio Jorge Balbi Jr., Marcello ‘Ratinho’ Lima e Thales Vilardi, convocados de acordo com o desempenho no Brasileiro. Esta é a primeira vez em muitos anos que o time não é formado por atletas que defendem uma única marca no país.

Alexandre Caravana, Thales Vilardi e Marcello Lima

Alexandre Caravana, Thales Vilardi e Marcello Lima

“Temos uma postura diferenciada, pensamos no esporte e na sua evolução, não apenas em números. Estamos contentes por fazermos parte deste grande projeto e sabemos que seremos bem representados pelos pilotos, que também poderão divulgar seus patrocinadores pessoais. Nossa intenção é formar uma parceria construtiva, que gere um resultado inédito”, afirmou o diretor da Pro Tork, Marlon Bonilha.

Para a Confederação Brasileira de Motociclismo – CBM, a decisão não poderia ser mais acertada. O presidente da entidade, Alexandre Caravana, ressaltou a importância de ter uma equipe genuinamente brasileira, na qual as vagas foram conquistadas por mérito de cada um dos profissionais. Com este cenário, Caravana acredita que o país tem chances reais de mostrar um excelente desempenho.

Os pilotos selecionados no último domingo, 15 de agosto, após a quinta etapa do Brasileiro de Motocross em Canelinha, Santa Catarina, também aprovaram a iniciativa da Pro Tork. “É uma grande honra representar o país e só tenho a agradecer a quem torna este sonho realidade. Será minha primeira participação no evento, sei o quanto ele é difícil, mas posso garantir que vou dar o meu máximo”, disse Pipo.

Visual do grafismo das motos do Team Brasil 2010

Visual do grafismo das motos do Team Brasil 2010

A Edu Appel Gerenciamento de Marcas, responsável pelo marketing da Pro Tork, é quem está a frente do projeto. A equipe que defenderá o Brasil contará com todo o suporte necessário nos Estados Unidos, tendo a sua disposição profissionais especializados, além de equipamentos de ponta.

Em breve, o time ganhará um website, que trará todas as informações sobre os pilotos e o evento, mantendo a imprensa e também a torcida informada com conteúdos exclusivos. Uma estrutura de profissionais será designada especificamente para gerar as notícias, fotos e vídeos do dia-a-dia da delegação. O endereço é www.mxdasnacoes.com.br

A equipe será chefiada pelo ex-campeão Roberto Boettcher

A equipe será chefiada pelo ex-campeão Roberto Boettcher

“Trabalhamos para que as cores do Brasil sejam bem representadas lá fora. Para isso, contamos com o apoio de grandes parceiros, que estão dispostos a oferecer as melhores condições para que o time faça um bom trabalho. Tenho certeza que com essas condições, será um evento inesquecível para os brasileiros”, disse Eduardo Appel.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

fernando leitão disse:

bem sou piloto de mountain bike maratona e cross cowntry,
estou treinando muito por qe o ano que vem tem olimpiadas e a seletiva ja começou ,sou federado na cbmtb confederação brasileira de mountainbike .
estou sem apoio ou patocinio ,minha condições saum pouicas pois as peças da bike e os suplementação são muio caros ,e ocusto das viagem e inscrições tanbem ,mas com jeitinho nos damos um jeito .
estou em quase todas as corridas da minha região aqui do estado .
mas as principias corridas são em minas gerais e outros estados ai .
estou a procura de parceiros que posam me ajudar .
todas as corridas estou no podium mas hoje eu sou federado na elite estou treinando muiot pois esta categoria que sairam dois atletas para as olimpiadas . como vceis tem varois pilotos de moto cross qeu eu sou fã destye esporte tambem .só naum o pratico por qe é caro de mais .
o mountain bike tambem pode trazer resultados direto a vceis como empresa que patrocina esporte radicais em duas rodas .
pois tem varios equipamentos a sera usados pelos pilotos sim .

sera qe vceis naum tem interese de nos ajudar , eu estoun atrs de um sonho e que sosinho naum posso realizar tenho que ter parceiros para poder acreditar em min .

a prefeitura da minha cidade nam nos ajuda ,e eu trabalho em uma oficina de torno e solda e o horario de almoço eu treino todos os dia e sabado e domingo o treino é mais longo ainda ,pois eu qero chegar no topo …………

fernando augusto leitão teodoro.

piloto de mountainbioke

cidade de taquarituba sp.

JOÃO disse:

GOSTO MAIS DO CAMPEONATO BRASILEIRO DE MOTOCROSS
ATUAL POIS TODOS OS PILOTOS TEM A CHANCE DE VENCER
NO CAMPEONATO POIS NINGUEM E FAVORECIDO POR CAUSA DO
PATROCINADOR.SEMPRE TIVE HONDA,AGORA ESTOU DE KAWASAKI
E LA VAI FUEGOOOO.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly