Pipo e Balbi foram os melhores no GP Brasil de MX

Por Elton Souza | Foto por Elton Souza | 23 de agosto de 2010 - 12:20

A 2B Duracel Racing e a Mormaii tem muito que comemorar após o GP Brasil de Motocross 2010 realizado neste fim de semana, 21 e 22 de agosto. Cristopher ‘Pipo’ Castro e Jorge Balbi Júnior, pilotos companheiros de equipe na 2B Racing, e patrocinados pela marca catarinense de equipamentos, foram os melhores brasileiros na classificação geral da MX2 e MX1, respectivamente. E um detalhe que não pode passar em branco é que ambos fazem parte da seleção brasileira que disputará o Motocross das Nações em setembro, nos Estados Unidos.

Balbi, que se recupera de uma lesão, enfrentou duas baterias fortes junto com os melhores pilotos do mundo e teve que se superar para conquistar o 11º lugar na classificação geral – conquistou a 11ª posição nas duas baterias – e foi o melhor brasileiro na categoria.

“O resultado foi além do que eu esperava. Voltei a andar bem e fiz o melhor resultado entre os brasileiros. Foi um fim de semana fantástico para mim e para minha equipe”, afirma Balbi Júnior. Pipo alcançou o 13º lugar geral – somando a 13ª posição na primeira bateria e 14ª colocação na segunda – e festejou o resultado.

“Mesmo com uma moto emprestada, o fim de semana foi perfeito e conquistei um ótimo resultado. Correr em uma pista de alto nível e com pilotos muito bons, serviu como um ótimo treino para o Nações” comenta o catarinense.

Pipo foi o melhor piloto brasileiro de GP Brasil MX2

Pipo foi o melhor piloto brasileiro de GP Brasil MX2

Para completar os resultados da 2B Duracell Racing no fim de semana, Adam Chatfield conquistou o 12º lugar geral na MX2, e Gustavo Amaral ficou com a 21ª posição na mesma categoria. Andando na MX1, Mariana Balbi somou dois pontos na classificação geral e terminou na 22ª colocação.

Para Theseu Rodrigues, diretor da Mormaii no segmento motociclismo, as conquistas dos pilotos foram notáveis. “ Sabemos que nossos pilotos têm muito potencial, e que os equipamentos Mormaii colaboram para seu bom desempenho. O Pipo e o Balbi surpreenderam, e estamos muito felizes com o resultado”, ressalta o diretor.

Os eventos e ações promocionais organizadas pela Mormaii durante a semana que antecedeu o GP Brasil também ganhou destaque no cenário esportivo do Brasil e do mundo. O Mormaii Day, na quinta-feira, 19, reuniu os principais pilotos e equipes do motocross do planeta em uma fazenda na capital sul-mato-grossense.

“Sem dúvida, a participação no GP Brasil superou as nossas expectativas. Como patrocinadores oficiais do Mundial, tivemos a possibilidade de estreitarmos nosso relacionamento com a Youthstream (organizadora do evento) e com a elite do motocross mundial”, revela Theseu.

Resultado final do GP Brasil de Motocross 2010

Categoria MX1
1º) Antonio Cairoli – 47 pontos
2º) David Philippaerts – 47
3º) Max Nagl – 38
4º) Steven Ramon – 32
5º) Rui Gonçalves – 31
11º) Antônio Jorge Balbi Júnior – 20 pontos

Categoria MX2
1º) Ken Roczen – 50 pontos
2º) Marvin Musquin – 44
3º) Jeremy van Horebeek – 35
4º) Arnaud Tonus – 35
5º) Zach Osborne – 30
13º) Cristopher ‘Pipo’ Castro – 15 pontos

Compartilhe este conteúdo

Comentários

helio disse:

Parabens Pipo e Balbi,vcs mostraram que sao os melhores em suas respectivas categoria,Sorte no Naçoes ,Acelerem!!!!Tamo na torcida!!!!

Carlos Augusto disse:

Parabéns para Pipo e Balbi. Os pilotos brasileiros precisam de mais oportunidades como essa para competirem com pilotos de alto nivel e melhorarem o ritmo.

Pena que ambos tomaram voltas dos lideres, mas segue a torcida para chegarem na final no nações e ficarem na mesma volta que os ponteiros.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly