Hot News Mundocross #32

Foto por Divulgação | 26 de agosto de 2010 - 18:10

Hot News Mundocross, o tópico semanal do site Mundocross que tem notícias quentes para você, que gosta de estar por dentro das últimas do Mundo do Cross. Em edições semanais, o Hot News reúne várias informações do mundo Off-Road, principalmente, Motocross e Supercross, além de Arenacross, Cross Country e Rally Cross.

Agora para você o Hot News Mundocross #32

Duas etapas do Mundial de Motocross no Brasil em 2011 !!!
Um boato que já estava sendo comentado há um tempo, mas que tomou força nos bastidores do GP Brasil de Motocross em Campo Grande, foi sobre a possível realização de duas etapas do Campeonato Mundial de Motocross MX1/MX2 no Brasil em 2011. Os Estados Unidos já está certo que receberá duas etapas em 2011, e o Brasil poderá seguir neste caminho. É que com esta ação a logística de transporte de equipamentos e pilotos, ficará mais em conta para as equipes, pois eles disputariam duas etapas em dois finais de semanas seguidos, com somente um custo de deslocamento da Europa para o Brasil. Caso isto se confirme, um dos GPs continuará se chamando GP Brasil de MX, e o outro deverá ser chamado de GP das Américas de MX. Com a possível confirmação de dois GPs de Motocross no Brasil em 2011, o número de pilotos europeus deverá aumentar consideravelmente, pois se não vierem deixarão de marcar muitos pontos no campeonato.

Everts com uma helmet cam no MX das Celebridades
No dia 15 de agosto foi disputada em Guadalajara, no México, a Corridas das Celebridades do Motocross, com a participação de nomes como Stefan Everts, Sebastien Tortelli, Doug Dubach, David Vuillemin e o brasileiro Jorge Balbi Jr. Confira as imagens captadas em uma câmara instalada no capacete do multi campeão Mundial Stefan Everts.

Imagem de Amostra do You Tube

Quatro cidades querem receber o GP Brasil de MX em 2011
Conforme a organização do GP Brasil de Motocross, pelo menos quatro cidades já mostraram interesse em receber a etapa (ou as etapas) do Campeonato Mundial de Motocross no Brasil em 2011. A principio a cidade de Campo Grande está listada na FIM como a sede do GP Brasil de Motocross 2011, mas se outra cidade oferecer melhores condições de realizar a etapa, o local poderá mudar.

Brasil terá equipe no Supermoto das Nações
A Lawanteam, maior equipe nacional de Supermoto, ganhou o direito de representar o Brasil no Supermoto das Nações, no início de outubro, na França. Maior evento mundial da modalidade, o SM das Nações reunirá no dia 03, na cidade francesa de Cahors, os melhores pilotos do planeta. Cada equipe contará com três atletas e a soma dos resultados individuais de cada piloto defini a equipe vencedora – o formato é o mesmo utilizado no Motocross das Nações. Essa será a quinta edição do evento, que tem como atuais campeões os alemães.  No entanto, nas quatro edições passadas, o Brasil nunca esteve presente, portanto, a prova desta temporada, marcará um grande passo na história da modalidade no país. Uma das principais responsáveis pelo Brasil estar presente no SM das Nações é a equipe Lawanteam, que vem incentivando a modalidade no país através dos Campeonatos estaduais e nacionais. Líder de todas as competições que participa, a equipe definiu como integrantes do time nacional os pilotos Rafael Fonseca, Juliano Meira e Cauê Aguiar. O trio representará o país na França e terá como chefe de delegação o também piloto Simão Lawant. “Estou muito satisfeito com esta notícia. Estamos trabalhando nisso há um bom tempo e graças ao nosso encontro com o presidente Carlos Senise e alguns dos representantes da Federação Internacional de Motociclismo – FIM, poderemos estar presente representando o nosso país” declarou entusiasmado Simão. Apesar da proximidade do evento, os preparativos estão adiantados e em breve a equipe divulgará os patrocinadores e maiores detalhes da estreia do Brasil no Supermoto das Nações.

Lawanteam representará o Brasil no Supermoto das Nações

Lawanteam representará o Brasil no Supermoto das Nações

Cancelado Show de Joaninha no GP Brasil de MX
Estava programado o show de Freestyle de Joaninha no GP Brasil de Motocross em Campo Grande, fato que acabou não acontecendo. É que com a decisão da FIM de passar a disputa do Troféu Honda 150 que estava prevista para o meio da programação, para o fim da programação oficial do GP, a apresentação de Joaninha correria o risco de entrar noite adentro na capital do Mato Grosso do Sul, e por isto o show do piloto de Sinop, no Mato Grosso, foi cancelado.

Davis estará em ação na Superliga de MX neste findi
A quinta etapa da Superliga Brasil de Motocross promete grandes disputas para este fim de semana, dias 28 e 29, na cidade de Monte Alto (SP). Davis Guimarães representa a Pro Tork Racing Team no evento e tem como objetivo vencer a corrida da categoria MX3 para aumentar a vantagem na classificação. O paranaense tem 74 pontos na tabela, dez a mais que o segundo colocado, o paulista Cristiano Lopes. Com duas vitórias e dois segundos lugares no campeonato, Davis se diz preparado para conquistar mais um bom resultado e parte confiante para o desafio. “Tenho treinado muito e a temporada está sendo maravilhosa. Além de liderar a Superliga também estou à frente no Brasileiro de Motocross. Estou ansioso para esta prova, não conheço a pista, porém, me considero preparado para qualquer tipo de traçado”, afirmou. No sábado, os treinos livres estão marcados para as 9:30 horas e os cronometrados para as 13:30 horas. O warm-up no domingo tem início às 8 horas e as provas às 10:50 horas.

Davis vai correr em Monte Alto neste final de semana

Davis vai correr em Monte Alto neste final de semana

Mesmo descontado Balbi foi o melhor no GP Brasil MX1
Em um fim de semana perfeito para a equipe, os pilotos da equipe 2B Duracell Racing dominaram totalmente a etapa brasileira do Campeonato Mundial de Motocross. O evento aconteceu no último final de semana em Campo Grande, MS. Na MX1, Jorge Balbi foi o brasileiro mais bem classificado e na MX2, Adam Chatfield e seu companheiro de equipe Pipo Castro, foram os mais rápidos entre os pilotos que representam as equipes brasileiras no país. Ainda longe de estar 100% e estando descontado fisicamente, retornando da contusão que o deixou cinquenta dias afastado das pistas, Balbi mostrou porque é considerado o melhor piloto do país e, mais uma vez, foi o representante brasileiro na MX1 com maior êxito. Apesar do bom resultado, ele disse que ainda não está em sua melhor forma. “Ano passado andei muito melhor que este ano, competi com os estrangeiros e aqui, eles andaram muito mais que eu. Fiquei satisfeito em ser o melhor brasileiro, mas sei que poderia andar ainda melhor” comentou o piloto. Balbi elogiou muito a pista de Campo Grande, dizendo que, no Brasil, é o circuito mais próximo dos internacionais em nível de dificuldade. Para ele, isso facilitou seu trabalho em relação aos concorrentes brasileiros. “Mostrei que numa pista mais difícil, recuperando de lesão, consegui superar os pilotos brasileiros. Fui o melhor do meu país e estou orgulhoso disso”, analisou.

Pipo agora foca treinos para o Motocross das Nações
Quem também volta seu foco agora para o Motocross das Nações é o catarinense Pipo Castro, que foi o melhor brasileiro na MX2. Ele terminou em 13º na classificação geral, imediatamente atrás de seu companheiro de equipe, o inglês Adam Chatfield. Após o resultado, Pipo demonstrou sua insatisfação pelo fato de ter sua convocação para o Motocross das Nações tão questionada. “Essa foi a pista mais desafiadora que competimos no ano e este resultado mostra que eu estou preparado para representar o Brasil no exterior”, disse.

Pipo correu o GP Brasil de Motocross com o numeral 556

Pipo correu o GP Brasil de Motocross com o numeral 556

Pro Tork comemora participação de seus pilotos no GP Brasil de MX
O ronco dos motores dos melhores pilotos do planeta levou o público ao delírio na disputa da antepenúltima etapa do Mundial de Motocross, realizada neste fim de semana, dias 21 e 22, em Campo Grande (MS). O costa-riquenho Roberto Castro e o venezuelano Humberto Martin, da Pro Tork Racing Team, comemoraram os resultados conquistados. Roberto, que é o atual campeão Latino Americano MX1, fez sua estreia na competição e surpreendeu grandes adversários na categoria MX1. O atleta terminou a primeira bateria deste domingo em 12° lugar e na segunda foi o 16°. “Correr com grandes nomes do esporte foi uma experiência única, ainda consegui um ótimo desempenho. Estou muito contente”, afirmou. Já Humberto fez sua segunda participação no evento na classe MX2, repetindo o resultado de 2009, quando encerrou a etapa de Canelinha (SC) na 20ª posição. Na primeira prova do dia Humberto recebeu a bandeira quadriculada em 20° e na seguinte em 15°.

Zanol está confirmado em Bassa Nova
Felipe Zanol disputa neste fim de semana, dias 28 e 29, a terceira etapa do Campeonato Brasileiro de Cross-Country, que será realizada na cidade de Balsa Nova (PR). O mineiro é o segundo colocado na classificação da categoria XC1, empatado em número de pontos com o líder, Nielsen Bueno, e espera alcançar um bom resultado para, quem sabe, retomar a primeira posição. Porém, o desafio não será fácil. O piloto patrocinado pela Rinaldi acaba de encarar o Rally Internacional dos Sertões, competição na qual conquistou o título em sua classe e o segundo lugar geral. Trata-se do segundo maior evento off-road do mundo, o cansaço ainda é evidente e o tempo de preparação da moto e de treinos está sendo recorde. “O Sertões foi desgastante, sofri algumas quedas, estou um pouco ralado. Além disso, estou há bastante tempo sem treinar Cross-Country e não tenho muito tempo para acertar a motocicleta. Vou para esta corrida pensando no campeonato, não será uma prova simples, mas é claro que o objetivo é sempre subir ao lugar mais alto do pódio”, explicou. Na estreia da competição, Zanol conquistou a primeira posição depois de fazer uma prova de recuperação. Já na etapa seguinte, o competidor terminou em segundo lugar após enfrentar um problema na hora do abastecimento.

Felipe Zanol foi a grande surpresa do Sertões 2010

Felipe Zanol foi a grande surpresa do Sertões 2010

Chatfield foi o melhor piloto do Brasileiro no GP Brasil de MX
O inglês Adam Chatfield foi o piloto mais bem classificado entre todos que competem por equipes brasileiras, celebrou o bom resultado e a adaptação cada vez melhor no país. Ele venceu as duas últimas etapas do Brasileiro de Motocross, na categoria MX2. “Desde que cheguei ao Brasil minha meta é conseguir os melhores resultados possíveis para a 2B Duracell e, mais uma vez, consegui. Estou mais adaptado e confiante que posso conseguir resultados ainda mais expressivos”, comemorou o piloto da 2B Racing.

Phyra Show estará em Fernandópolis neste findi
A Pro Tork Phyra Show esteve nesta tarde em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, onde realizou uma grande apresentação em comemoração ao aniversário da cidade. De Campo Grande, a Pro Tork Phyra Show parte para Fernadópolis, em São Paulo. A apresentação automobilística é uma das atrações do Motor Cycle, que será realizada entre os dias 27 e 29 de agosto, no Recinto de Exposições. Mais informações sobre a performance da Pro Tork Phyra Show podem ser obtidas no site www.phyrashow.com.br. Para contratar, entre em contato através do telefone 67 9961 9352.

Amaralzinho conta sobre a experiência no GP Brasil de MX
O paulista Anderson Amaral, participou do Troféu Honda 150cc e também conseguiu um excelente resultado. Ele deixou a vitória escapar por pouco. Amaral largou em quinto, diminuiu a diferença pro líder, encostou, mas caiu. Em sétimo lugar, recuperou e ainda chegou em segundo lugar. “Foi uma experiência incrível participar da mesma pista do mundial. Competir em uma pista deste nível e estar perto de todos os meus grandes ídolos com certeza foi um grande aprendizado. Gostaria de ter conquistado a vitória, mas fiz um ótimo trabalho e estou contente com o meu desempenho”, destacou o piloto.

Anderson ganhou um prêmio de 2 mil reais no Troféu Honda

Anderson ganhou um prêmio de 2 mil reais no Troféu Honda

Ratinho agora foca na Superliga de MX
Depois de garantir vaga no Team Brasil para o Motocross das Nações 2010, Marcello ‘Ratinho’ Lima participará neste fim de semana, 28 e 29 de agosto, da quinta etapa da Superliga Brasil de Motocross, que será realizada na cidade de Monte Alto, no Estado de São Paulo. O piloto é o quarto colocado na classificação da MX1, com apenas três pontos de diferença para o líder, Swian Zanoni, e espera alcançar um bom resultado para subir na tabela. “A competição está bastante acirrada e estou ansioso para mais uma corrida. Ainda sinto um pouco de dor no ombro, estou fazendo fisioterapia e espero ficar bom logo. Apesar disto, a expectativa é boa e minha meta é conseguir cruzar a linha de chegada entre os primeiros para ganhar algumas posições ou até mesmo assumir a ponta”, afirmou. Ratinho ainda corre na MX2, categoria na qual é o segundo colocado. Ratinho é patrocinado pela Rinaldi, empresa líder em vendas de pneus de reposição no país.

Gregório Caselani vai correr na raça
Gregório Caselani confirmou sua presença na quinta etapa do Campeonato Gaúcho de Enduro FIM 2010, que será realizada neste domingo, 29 de agosto, na cidade de Flores da Cunha, na serra do Rio Grande do Sul. O piloto espera manter-se invicto na categoria E2, mas sabe que terá um grande desafio pela frente, já que ainda se recupera de uma cirurgia. “Rompi os ligamentos do dedo mínimo esquerdo em maio, durante uma etapa do Brasileiro de Enduro. No início deste mês resolvi encarar a cirurgia, pois estava difícil de aguentar. Tirei a tala ontem e já comecei a fisioterapia, mas não consigo dobrá-lo e sinto bastante dor, apesar disto, estou confiante”, explicou. Por orientação médica, o atleta natural de Caxias do Sul está há um mês sem treinar. Segurar o guidão ainda não é tarefa fácil, mas o que não falta ao piloto patrocinado pela Rinaldi é garra. Ele já superou a dor várias vezes e está confiante e feliz com o retorno às pistas. A prova contará com três voltas, cada uma com 42 quilômetros. Ao todo, serão cinco especiais, sendo dois cross teste e outros três enduros teste.

Balbi fez doação para a AACD
Após a prova, o piloto Jorge Balbi Jr. doou seu capacete Mormaii para a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), de Campo Grande. Esta não é a primeira vez que o piloto faz este tipo de ação. Em 2005, Balbi venceu o Supermoto em Belo Horizonte e doou o prêmio para o Criança Esperança. “Sempre que posso, fico feliz em ajudar as entidades sérias do Brasil. Além disso, foi uma forma de retribuir o carinho imenso que a cidade demonstrou conosco durante este fim de semana incrível”, explicou Balbi.

Frase da Semana
Não importa quantos passos você deu para trás. O importante é quantos passos você dará para a frente.

Hot News Mundocross by Jorge Soares
Colaboração :
Luiz Fernando Medeiros Filho
Daniela Burgonovo
Racing Press
VipComm

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Rento Busato disse:

ok, parabens aos brasileiros, mas vamos ser realistas e não tapar o sol com a peneira, o mundial e outra realidade, os brasileiros não ganharam de ninguem, se tivessemos tido 30 pilotos do mundial, os brasileiros (com excessao do balbi talvez) seriam o 31, 32, 33, 34……..
vamos parar de reclamar e treinar mais………inclusive eu para os campeonatinhos regionais……….

Olá amigos,
Carlos Barbosa seria um excelente local para sediar a 2 prova do mundial de motocross no Brasil.
abraços.
Leandro.

Lucas Mx disse:

Boa Noite

Podia ser Indaiatuba a segunda corrida do Mundial de Mx no Brasil !!

Abração

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Oi Lucas !!

É, Indaiatuba pode ser uma das opções, pois infraestrutura a pista e a cidade tem para receber um Mundial, como já recebeu anos atrás.

Outra possível cidade que está na lista é Carlos Barbosa.

1 abraço aí Lucas

Jorge

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly