Team Brasil fez primeiro treino nos Estados Unidos

22 de setembro de 2010 - 15:04

A seleção brasileira fez seu primeiro treino em solo norte-americano nesta terça-feira, 21 de setembro. Sob a orientação do ex-piloto francês David Vuillemin, o time verde-amarelo iniciou sua preparação para o 64º Motocross das Nações, que será realizado no próximo final de semana, 25 e 26 de setembro, em Lakewood, no Estado do Colorado.

Os trabalhos começaram cedo, e Vuillemin aproveitou para passar aos pilotos orientações de como ajustar as motocicletas para andarem na altitude. Os treinos foram realizados na pista de Valley Dirt Riders of Berthoud, que fica cerca de 60 km de Lakewood.

Antônio Jorge Balbi Júnior, Cristopher ‘Pipo’ Castro e Thales Vilardi foram os primeiros a entrarem na pista. Eles aproveitaram para sentir o desempenho da moto e para ajustar detalhes na altura de guidão, na posição dos manetes de freio e embreagem, além de mexerem nos cursos das suspensões.

Vuillemin comandou os trabalhos registrando as tomadas de tempo e sugerindo traçados diferentes para que os pilotos buscassem seus melhores desempenhos. Balbi Júnior reconhece que a troca de experiência ajudou bastante a equipe. “Foi um dia muito proveitoso. Em apenas uma dica que ele me deu, foi o suficiente para baixar meu tempo em um segundo”, diz.

Já Pipo Castro se surpreendeu com a reação da moto na altitude de aproximadamente 1.900 metros. “No começo estranhei o desempenho da 250. É como se o motor não tivesse força”, compara Pipo.

Thales Vilardi, que se recupera de uma lesão no ombro direito ocasionado por uma queda no fim de semana, também andou e gostou de seu resultado pilotando uma 450. “Meu ombro doeu um pouco, porque a lesão é recente, mas foi melhor do que eu esperava. Consegui me soltar no fim dos treinos e acredito que o trabalho rendeu”, comenta.

Marcello ‘Ratinho’ Lima, que se integrou ao grupo nos Estados Unidos na tarde de ontem, terça-feira, não perdeu tempo e também foi para a pista. Ratinho testou a moto 450, mas o cansaço da viagem o fez dar poucas voltas. “Ainda sinto a dor no ombro, por isso quero descansar para fazer um bom treino na quarta-feira”, aponta.

Ratinho se recupera de uma lesão no ombro direito ocasionada pela queda na etapa do Brasileiro de Motocross realizada em Nova Friburgo, Rio de Janeiro, no domingo, 19 de setembro.

Hoje, 22 de setembro, a seleção brasileira volta aos treinos sob a supervisão de David Vuillemin. O trabalho servirá para a comissão técnica avaliar as condições físicas de Ratinho Lima e Thales Vilardi, e com isto decidir quais serão os três pilotos que representarão o Brasil no Motocross das Nações 2010.

Jorge Balbi Jr.

Jorge Balbi Jr.

Jorge Balbi Jr.

Jorge Balbi Jr.

Pipo Castro

Pipo Castro

Pipo Castro

Pipo Castro

Thales Vilardi

Thales Vilardi

Jorge Balbi Jr.

Jorge Balbi Jr.

Thales Vilardi

Thales Vilardi

Jorge Balbi Jr.

Jorge Balbi Jr.

Vídeo do primeiro treino do Team Brasil nos Estados Unidos

Imagem de Amostra do You Tube

Programação do Team Brasil no Motocross das Nações 2010

Dia 22 – Quarta-feira
Segundo dia de treinos no Valley Dirt Riders of Berthoud

Dia 23 – Quinta-feira
Visita à pista do Motocross das Nações – Thunder Valley MX Park

Dia 24 – Sexta-feira
Concentração

Dia 25 – Sábado
10h às 10h40 – Treino livre MX1
11h às 11h40 – Treino livre MX2
12h às 12h10 – Treino livre Open
14h30 às 14h50 – Bateria classificatória MX1
15h30 às 15h50 – Bateria classificatória MX2
16h30 às 16h50 – Bateria classificatória Open

Dia 26 – Domingo
8h40 às 9h – Warm Up Bateria B
9h10 às 9h30 – Warm Up Grupo 1
9h40 às 10h – Warm Up Grupo 2
11h às 11h30 – Bateria B
13h08 às 13h38 – Final 1 MX das Nações (MX1 + MX2)
14h38 às 15h08 – Final 2 MX das Nações (MX2 + Open)
16h08 às 16h38 – Final 3 MX das Nações (MX1 + Open)

Dia 27 – Segunda-feira
Retorno da Seleção ao Brasil

O Team Brasil no Motocross das Nações 2010 tem o patrocínio de Pro Tork e Rinaldi, além do apoio da 5inco Factory Concept e da 3 Brothers Racing de Orange County.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly