Já tem campeões no Rondoniense de MX 2010

Foto por Chico Limeira | 29 de setembro de 2010 - 23:18

Em uma das corridas mais fortes da temporada, onde o campeão Brasileiro de 2009 de MX2 Wellington Garcia # 23 (Honda do Brasil/Rondomotos) ditou o ritmo da principal categoria do motociclismo rondoniense, a sétima etapa do Campeonato Rondoniense de Motocross 2010 disputada no último domingo, 26 de setembro,  na pista do Amazon Park, na cidade de Jaru, quem também se deu bem foi o piloto Hugo Amaral (Mastter Moto), líder do Campeonato Estadual e que ampliou de quatro para dez pontos a sua vantagem sobre o vice líder Marco Túlio # 1 (Rondomotos/Banco BMG/Alicate Veículos/Post).

Restando apenas uma rodada para completar a temporada Hugo Amaral e Marco Túlio são os concorrentes diretos ao título da categoria MX2. Garcia venceu a prova com Cesar Zamboni (Mastter Moto/MCR/Prefeitura de Juina) em segundo, Hugo em terceiro, Túlio em quarto e Cândido Chagas (Sicoob/Menzelub/Canapus Motos/Farol), completando o pódio, na quinta colocação.

Um grande público prestigiou a etapa de Jaru

Um grande público prestigiou a etapa de Jaru

Lucas Belém é campeão por antecipação na 65
Garantindo a sétima vitória consecutiva em sete etapas disputadas na temporada, o pequeno Lucas Belém # 444, da cidade de Vilhena sagrou-se campeão por antecipação do Estadual 2010 categoria 65cc. O piloto de 10 Anos, que também representa Rondônia na disputa do Campeonato Brasileiro em sua categoria, chegou aos 175 pontos na classificação geral, contra 128 de Mateus Zilli # 17 (Posto Miriam/MD), vice líder, também de Vilhena. Mateus Euclides # 71 (EC/Vivitur/Ciclo Cairu), de Porto Velho é o terceiro colocado do Estadual com 122 pontos. Na prova de Jaru, Lucas Belém voltou a vencer, com Zilli na segunda colocação e Mateus Euclides completando em terceiro lugar. Leandro da Silva # 171 (CSR), de Buritis e Igor Vasconcelos # 172 (Cabelo Auto Eletro/Auto Elétrica do Índio), também de Buritis completaram o pódio.

Belém é o mais jovem campeão do Rondoniense de MX em 2010

Belém é o mais jovem campeão do Rondoniense de MX em 2010

Diego Henning é bicampeão na 85
Líder absoluto da categoria 85cc, o piloto Diego Henning # 191 (Mastter Moto / Honda do Brasil / Alfa Casa e Construção / Saga Veículos / IMS equipamentos), de Port o Velho garantiu mais uma brilhante vitória, conquistando por antecipação o título de campeão 2010 em sua categoria. Com a ausência na prova do vice líder Gabriel Caiam # 99 (Rondomotos/Batisti & Batisti/Posto Ferra), de Jaru, que fraturou a perna durante os treinos ainda no início da semana, Dieguinho  já entrou na pista com o título assegurado. Ao lado de Lucas Belém na 65cc, Diego Henning está com 100% de aproveitamento neste ano, fato que levou ambos a confirmar o título faltando uma etapa para completar a temporada. Aos 14 anos, Dieguinho é outro representante de Rondônia no campeonato Brasileiro, onde tem conquistando excelentes classificações.

Diego é campeão antecipado do Rondoniense de MX 2010

Diego é campeão antecipado do Rondoniense de MX 2010

Gabriel venceu mas Val é o novo líder da MX Estreantes
Na disputa da categoria MX Estreantes, a ausência do até então líder Hérico Flores deixou a briga mais acirrada, com garoto Artur Gabriel # 717 (Lojas Graúna/Honda Moto Peças), de Ouro Preto do Oeste andando a frente, com Vitor Ferreira # 43 ( Prefeito Pastório/Lavador do Guigui/Evico), de São Miguel do Guaporé na segunda posição e Nidval Amaral # 10 (Kart Indoor/Rical/Arroz Primavera), de Ji-Paraná, em terceiro. Com os resultados da prova a briga ficou ainda mais acirrada na corrida pelo título da temporada, Val Amaral chegou aos 123 pontos e é o novo líder, sendo seguido de perto por Artur Gabriel com 118 pontos, enquanto Hérico Flores que não participou da prova caiu para a terceira posição mantendo os 117 pontos. Também na briga pelo titulo está Vitor Ferreira, quarto colocado com 115 pontos. A situação fará com que a etapa final, nos próximos dias 16 e 17 de outubro, em Alvorada do Oeste, fique ainda mais motivada.

Vitória levou Ferrari a liderança da Força Livre Nacional
a prova com o maior número de pilotos na pista, a disputa foi também uma das mais emocionantes, com as constantes variações nas primeiras posições. A primeira bateria da categoria Força Livre Nacional, ainda pela manhã, abrindo a 7ª etapa foi marcada por muitos tombos e troca de lideranças. Victor Carlos # (Megabom Sorvetes/Ciclo Cairu/House Power), de Cacoal largou embolado com João Roberto Chagas # 39 (Chagas Madeira/Farmácia Brasil/Dr. AM), de Santa Luzia e Diego Ferrari # 961 (Decar Auto Peças/Kinutri), de Espigão do Oeste. Logo nas primeiras voltas, Vitim assume a ponta e abre, com Diego em sua cola. João Roberto, que errou na curva passar a brigar por posição com Talles Rodrigues # 23 (Rondomotos), Walcenir “Leitão” Montes # 102 (Retifica Retirama/Cometa MotoNorte), de Rolim de Moura e Jackson Bernardino # 22 (Coyotes Motos/Vol Diesel) de Vilhena.

Após algumas quedas, Vitim teve problema com sua moto e perde algumas voltas. Diego também perde algumas posições e Jackson assume a liderança e se mantém até a penúltima volta, quando perdeu o traçado e acabou na lama, ficando fora da corrida. Diego Ferrari voltou a liderança e venceu com João Chagas em segundo, Talles em terceiro, Leitão em quatro. O até então líder Victor Carlos apenas último colocado. Na segunda bateria, com a pista seca, Vitim largou na ponta e liderou até o final, com Diego Ferrari em segundo, João Chagas em terceiro, Talles em quarto e Leitão em quinto. Apesar de vencer a segunda bateria, Vitim ficou apenas na sexta colocação e perdeu a liderança para Ferrari, que chegou aos 266 pontos, contra 258 de Vitim.

Evandro vence na MX3 e embola a classificação
Correndo junto da categoria MX2, os pilotos veteranos da MX3 fizeram uma prova bastante acirrada, com Evandro Bucioli # 27 (Menzelub/Saara Combustível/Capacete Mixs), de Rolim de Moura levando a melhor e assegurando mais uma vitória. Flávio Brito (Mastter Moto), do Mato Grosso do Sul, foi o segundo colocado, com Nidval Amaral na terceira colocação. Itamar garantiu a quarta posição, com Valter Tim em quinto e o líder da categoria, Jean Carlos # 81 (Galegos Motos/Mastter Moto), teve problemas e foi apenas o sexto colocado. Com o resultado, Jean manteve a liderança, mas agora com Nidval bem próximo. Mesmo ficando três etapas sem competir, com a vitória em Jaru, Evandro também entrou na disputa pelo e promete dar mais um show na final em Alvorada do Oeste.

Evandro se deu bem na categoria MX3 em Jaru

Evandro se deu bem na categoria MX3 em Jaru

Wellington Garcia venceu e Hugo amplia vantagem
Como era esperado, a etapa teve o ponto alto na disputa da categoria MX2, onde cinco pilotos andaram num ritmo intenso, tornando a corrida ainda mais empolgante. A presença na pista do campeonato nacional da categoria na temporada 2009, aliada a briga acirrada pelo título rondoniense de 2010 foram ingredientes para uma prova repleta de emoções. Depois de estabelecer o melhor tempo nos treinos classificatórios, na primeira bateria, Wellington Garcia não largou bem e acabou caindo, ficando na última posição. Cesar Zamboni largou na frente, com Marco Túlio em segundo, Hugo Amaral na terceira posição e Cândido Chagas em quarto.

Pódio da categoria MX2 em Jaru

Pódio da categoria MX2 em Jaru

Na briga direta pelo título, Hugo forçou para cima de Marco Túlio, que já na segunda metade prova sentiu a pressão e caiu na curva, perdendo várias posições, mas se recuperando em tempo e terminando na quinta colocação. Hugo Amaral também teve problema com sua máquina e teve muito trabalho para sustentar a terceira posição. Já Wellington Garcia andando num  ritmo bem acima dos demais, tirando em média de três segundo por voltas, Garcia passou Zamboni e terminou a bateria na primeira colocação.

Já na segunda bateria, Wellington Garcia largou bem e assumiu a dianteira para vencer a prova de ponta a ponta, tendo inclusive dado uma volta sobre o terceiro colocado. Precisando de vencer para não perder contato com o líder, Marco Túlio errou na largada e caiu para as últimas posições, tendo de fazer uma corrida de recuperação, para terminar em quatro lugar. Hugo Amaral largou em terceiro e, correndo com sua moto reversa manteve a posição, mas com muito sacrifício. Contudo, a terceira colocação na prova manteve Hugo Amaral firme na liderança do campeonato, agora com 308 pontos, contra 298 do vice líder Marco Túlio seu adversário direto ao título da temporada. Ainda com chances matemáticas, Cesar Zamboni soma 274 pontos e está na terceira colocação.

O presidente Reinaldo Selhorst, da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, elogiou bastante o espetáculo proporcionado pelos pilotos, assim como o empenho dos promotores local do evento, Jhonson Paixão e grupo Rondomotos, que não mediram esforços para que o evento acontece com sucesso total. No entanto, Reinaldo lamentou a ausência do prefeito Jean dos Muletas, de Jaru, que se negou a colaborar com a grande festa popular e esportiva. Devido a falta de apoio da atual administração municipal, Selhorst adiantou que lamentavelmente Jaru   estará fora do calendário 2011 de Motocross.

A 7ª Etapa do Campeonato Estadual de Motocross 2010 é uma realização da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, com promoção local do piloto Jhoson Paixão e grupo Rondomotos, apoio Ministérios dos Esportes, Petrobras, Eletrobras, Honda do Brasil, senador Acir Gurgacz, MegaBom Sorvetes, Ciclo Caíru, Lind’agua, Cairu Transportes e Castilhos Estruturas Metálicas.

Resultados da sétima etapa do Rondoniense de Motocross 2010

Categoria 65
1º # 444 – Lucas Belém – Vilhena
2º # 17 – Mateus Zilli – Vilhena
3º # 71 – Mateus Euclides – Porto Velho
4º # 171 – Leandro da Silva – Buritis
5º # 172 – Igor Vasconcelos – Buritis

Categoria 85
1º # 191 – Diego Henning – Porto Velho
2º # – Eduardo Alecrim – Porto Velho
3º # 444 – Lucas Belém – Vilhena
4º # 17 – Mateus Zilli – Vilhena
5º # 13 – Yhan Rocha – Porto Velho

Categoria MX Estreantes
1º # 717 – Artur Gabriel – Ouro Preto do Oeste
2º # 43 – Vitor Ferreira – São Miguel do Guaporé
3º # 10 – Nideval Amaral – Ji-Paraná
4º # 81 – Mailson Evandro – Porto Velho
5º # 77 – Itamar Tadeu – Cacoal

Categoria Força Livre Nacional
1º # 961 – Diego Ferrari – Espigão do Oeste
2º # 39 – João Roberto Chagas – Santa Luzia do Oeste
3º # 23 – Talles Rodrigues – Ariquemes
4º # 102 – Walcenir Montes – Rolim de Moura
5º # 171 – Eli Júnior – Buritis

Categoria MX3
1º # 27 – Evandro Bucioli – Rolim de Moura
2º # 723 – Flávio de Brito -MS
3º # 10 – Nidval Amaral – Ji-Paraná
4º # 77 – Itamar Tadeu – Cacoal
5º # 959 – Valter Tim – Porto Velho

Categoria MX2
1º # 21 – Wellington Garcia – Jaru
2º # 981 – Cesar Zamboni – Juina -MT
3º # 57 – Hugo Amaral – Porto Velho
4º # 1 – Marco Túlio – Ariquemes
5º # 93 – Cândido Chagas – Rolim de Moura

Confira como foram as etapas anteriores do Rondoniense de MX 2010

6ª Etapa – 12 de setembro – Ariquemes
5ª Etapa – 5 de setembro – Machadinho
4ª Etapa – 15 de agosto – Alta Floresta
3ª Etapa – 25 de julho – São Miguel
2ª Etapa – 13 de junho – Buritis
1ª Etapa – 30 de maio – Porto Velho

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly