10P Mundocross para Gustavo Oliveira

Por Valdinei Caetano | Fotos por Valdinei Caetano | 30 de setembro de 2010 - 23:19

Se a crise afetou o motociclismo e dificultou a vida de muitos pilotos na incansável busca por patrocinadores. Se os valores de peças, equipamentos e até mesmo das motocicletas causam arrepios quando são anunciados. Se as autoridades do esporte não se entendem e dividem pilotos e equipes, tramando uma guerra sem causa justa. Como podemos entender o surgimento de tantos novos pilotos eufóricos e cheios de sonhos no meio dessa turbulência toda ? Simples: é a magia das duas rodas Off-Road !!

Resumir a história dos nomes que fazem o motociclismo nacional continuar respirando, em meio a essas e muitas outras situações que serviriam para afastá-los desse esporte, tem sido uma constância no nosso jornal.  Talvez muitos não cheguem a ser um grande ídolo nacional ou um grande campeão, mas muitas vezes tivemos a sensação de estar diante de um deles, os fora de série.

Gustavo Oliveira, 13 anos completos no dia dezenove de março deste ano. Filho de Emerson e Gleidineia, natural de Eldorado no Mato Grosso do Sul, mas há sete anos mora em Pinhais, região metropolitana de Curitiba, capital do Paraná.

Guga conta com o apoio incondicional do seu pai

Guga conta com o apoio incondicional do seu pai

Gustavo ou simplesmente Guga, como é chamado pelos amigos, tem uma curta história dentro do motociclismo, porém recheada de acontecimentos que impressionam pela precocidade que tudo acontece para ele. Há apenas dois anos Guga participa de campeonatos, pois faz dois anos que ele começou a andar de moto na intenção de competir.

Para muitos, os resultados de um piloto com dois anos de experiência são insignificantes, sem expressão, relevados devido a estar em uma fase de aprendizado. Para Guga, não !!  Determinado, sonhador e com extrema facilidade para ouvir e aprender, ele quebra alguns paradigmas e demonstra ser, pelo menos até agora, um fora de série.

E na entrevista deste mês no site Mundocross, seguindo a linha 10P, estamos publicando a entrevista feita com o jovem piloto de Velocross Gustavo Oliveira, num trabalho realizado pelo fotógrafo Valdinei Caetano. Entrevista está que também foi publicada no Jornal RaceX, do Tião Gouvêa.

Então agora com vocês, a entrevista com Gustavo ‘Guga’ Oliveira.

Placa de 5 segundos no ar : Largou…

1) Mundox – Como e quando começou sua história sobre duas rodas ?

Gustavo Oliveira – Meu pai fazia trilhas e resolveu participar de uma prova de Velocross em Sete Quedas no Mato Grosso do Sul. Surgiu a ideia de emprestarem uma moto 125 para que eu pudesse também participar da competição. Eu tinha onze anos e como era de se esperar, levei volta de todo mundo. (risos) Mas meu pai também não sabia muito, levou bandeira azul e abandonou achando que estava desclassificado da prova. (risos)

2) Mundox – E o que te motivou a continuar mesmo com esses exemplos ?

Gustavo Oliveira – Eu mesmo comecei a pegar a Tornado do meu pai e treinar, pois não aceitei andar lá atrás.

3) Mundox – O que você pensava ?

Gustavo Oliveira – Queria uma 150, que é a moto pra minha categoria e já imaginava eu andando no campeonato Paranaense de Velocross.

4) Mundox – Seu pai te incentivou ?

Gustavo Oliveira – Sim, meu pai sempre foi meu maior incentivador.

O jovem Guga tem grande talento para o Velocross

O jovem Guga tem grande talento para o Velocross

5) Mundox – Quando você ganhou a moto 150, qual foi a sua reação ?

Gustavo Oliveira – Não foi uma surpresa, mas lembro que eu queria treinar todo dia. No primeiro treino eu já dei uma errada e acertei com tudo na parede da empresa do meu pai. Tem um terreno ali que sempre dou umas aceleradas. (risos)

6) Mundox – E a sua primeira e tão esperada prova, quando foi ?

Gustavo Oliveira – Foi em 2009 na cidade de Quitandinha, no Paraná. Cheguei em 12º lugar e recebi muito incentivo dos amigos.

7) Mundox – Das pistas que você já correu, qual te agrada mais ?

Gustavo Oliveira – Gosto de pistas mais travadas, com canaletas, sempre me saio melhor nessas condições.

8) Mundox – Alguém já treinou você ?

Gustavo Oliveira – Sim, treino com o Paulinho (Paulo Stedile). Ele é quem me dá as dicas de técnicas de pilotagem e cobra muito também, sempre me incentivando.

9) Mundox – Seu ano de estreia não contou muito, mas esse ano, como que está seu campeonato ?

Gustavo Oliveira – Estou bem contente. Participo da categoria 85 no Paranaense de Velocross, venci a prova de abertura e a quinta etapa em Paranaguá. Agora estou em segundo no campeonato, na briga pelo título. Também estou competindo no Campeonato Paranaense de Cross Country, sendo que na primeira etapa, cheguei em segundo lugar e venci a terceira que era válida também pelo Brasileiro e estou em quarto na minha categoria, mas buscando o título, claro.  Participei também da Prova de Abertura do Campeonato de Motocross Nacional do Mato Grosso do Sul, na cidade de Sete Quedas e cheguei em primeiro lugar.

10) Mundox – Gustavo, obrigado por ter partilhado conosco um pouquinho da sua história.

Gustavo Oliveira – Eu é que agradeço a oportunidade de tornar público meus agradecimentos aos meus patrocinadores, a Pro Tork e a Detroit Service, e principalmente, meu ‘paitrocinador’ que é meu maior incentivador.

Um dos patrocinadores de Guga é a empresa paranaense Pro Tork

Um dos patrocinadores de Guga é a empresa paranaense Pro Tork

Perfil do piloto Gustavo Oliveira

Nome completo : Gustavo Oliveira
Cidade onde nasceu : Eldorado – MS.
Cidade onde reside : Pinhais – PR.
Apelido : Guga
Nome do pai : Emerson Oliveira
Nome da mãe : Gleidineia Oliveira
Patrocinadores : Pro Tork / Detroit Service

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Aninha Dill disse:

Lindoooo, continue sempre com essa garra, que DEUS te proteja e te guie em cada cantinho q vc estiver. to torcendo mto por vc. Bjãoo.

Sirlei Sandy disse:

Parabens que deus te abençoe muito, e para muitos que dizem que voce não corre nada como esse ai de cima apenas fazendo melhor pra todo mundo ver, voce é nota 10 Guga !

beijos e abraços da sua amiga sirlei !

parabens guga vc parce o pauinho corendo vc e um ninja parabes guga

alan cristian disse:

iai primo voltade de ai treinar com vc na pista vey boaa sorte ai ganha todas pra nois aquui em eldorado

GUGA disse:

VALEU AI PESSOAL POR TORÇER MUITO POR MIN…

Parabens Guga…….

Vc ja nasceu com jeito para ser campeão……

Seus pais Emerson e Gleide se orgulham

muito de vc…….e toda sua familia Chagas…..

BJOS…….

gesse lucas disse:

parabéns cara vc é de + fera continue assim…

Rovânia - a tia mais lindaaa!! haha disse:

garoto vc é feraaa… mesmo com dificuldades continua a luta… vc tem um grande futuro… PARABÉNS MEU SOBRINHO FERA DAS PISTAS…

cintia disse:

vc nao e fraco nao emmmmmmmmmmmmmm abranço,jos

cintia disse:

vc pode fazer melhor.

Luccas disse:

Cara vc não corre nada bem não, achei vc um tremendo pitoco sabe!!!

Pede pra alguém te treinar melhor ok?
TA PRECISANDO,KKKKKKKKKKKK, PITOCO!!

Mas não chora não ok?

Ronald disse:

É isso aí guri, vc é fera, corre como gente grande.
Torço pelo seu sucesso!!!! Parabéns!

Ronici disse:

Ele é lindoooooo!!! E cheio de vontade e raça!!! Sou uma grande fã!!
(boadrasta coruja!!! rs).

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly