Etapa francesa definiu campeões do Mundial de Enduro

Foto por Divulgação | 01 de outubro de 2010 - 13:08

Após três semanas de recesso, o Campeonato Mundial de Enduro FIM 2010 voltou neste fim de semana, dias 25 e 26 de setembro, para a disputa das duas últimas etapas da temporada, e também para definir os campeões nas duas categorias onde o título ainda estava em aberto. Confira agora como foi a etapa em Noiretable, na França.

Primeiro dia

No sábado choveu, e o líder da categoria Enduro 2, o finlandês Mika Ahola da equipe HM Honda adora isso, pois é um especialista na chuva. Ahola deu uma maravilhosa aula de eficiência. Conquistou sua décima vitória na temporada, e ao mesmo tempo o título antecipado. Como acontece com um bom vinho, o finlandês melhorou com a idade. Aos 36 anos, é o seu quarto título mundial consecutivo. No entanto o desempenho de seu adversário na briga pelo título não foi como ele esperava.

Mika Ahola é um especialista em pisos molhados

Mika Ahola é um especialista em pisos molhados

Vice- líder na tabela, o espanhol Ivan Cervantes da equipe oficial KTM se mostrou frágil diante das condições escorregadias. Sua pilotagem agressiva não foi o suficiente nem para barrar Ahola nem para colocá-lo no pódio, finalizando apenas na quarta posição. Para alegria do público local, os franceses deram o ar da graça. Fabien Planet da equipe Sherco surpreendeu ao dominar a corrida desde o início. Tinha a vitória em suas mãos mas foi obrigado a abandonar devido a um problema elétrico em sua moto na última volta. Pierre Alexandre Renet da KTM salvou a turma da casa ao finalizar em segundo, deixando o italiano Thomas Oldrati, também da KTM, em terceiro.

Largada do primeiro dia do GP da França do Mundial de Enduro

Largada do primeiro dia do GP da França do Mundial de Enduro

Entre as motos de pequeno porte da categoria Enduro 1, o francês Antoine Meo da equipe Husqvarna, líder do campeonato, finalizou na terceira posição. Seu conterrâneo Johnny Aubert da equipe oficial KTM venceu, com outro francês, Marc Germain da Yamaha em segundo. Principal adversário de Meo na disputa pelo título, o finlandês Eero Remes da KTM finalizou em quarto. O francês Julien Gauthier da equipe HM Honda chegou a se envolver na briga pela vitória, mas a exemplo de seu conterrâneo Planet da categoria Enduro 2, foi obrigado a abandonar com problemas mecânicos. A decisão do título ficaria para domingo.

Meo ficou em terceiro no sábado e primeiro no domingo na E1

Meo ficou em terceiro no sábado e primeiro no domingo na E1

Na categoria Enduro 3, a disputa era pelo vice-campeonato, já que o britânico David Knight havia conquistado o título de forma antecipada na Turquia. E neste primeiro dia, o francês Sebastien Guillaume da equipe Husqvarna levou a melhor sobre o italiano Simone Albergoni da equipe oficial KTM, largando com uma vantagem de dois pontos no domingo. O campeão David Knight da equipe Farioli KTM abandonou após uma ligeira lesão na coxa.

Segundo dia

Faltava apenas definir um campeão da temporada 2010. Correndo em casa, diante de sua torcida, Antoine Meo se consagrou na categoria Enduro 1, confirmando o título com a vitória no domingo. Aliás o pódio foi todo francês, com Julien Gauthier em segundo e Johnny Aubert em terceiro. Eero Remes finalizou em quarto e Marc Germain (outro da França) em quinto.

Gauthier ficou em segundo no segundo dia na categoria E1

Gauthier ficou em segundo no segundo dia na categoria E1

Na categoria Enduro 2, com o título já garantido no dia anterior, Mika Ahola nem largou. Ivan Cervantes, com o vice-campeonato também assegurado, abandonou ainda na primeira volta. Restava definir o terceiro lugar e as demais posições. Novamente os donos da casa levaram a melhor, com Pierre Alexandre Renet ficando com a vitória. O italiano Thomas Oldrati foi o segundo, com o francês Rodrig Thain em terceiro e o italiano Oscar Balletti em quarto. Nicolas Paganon, outro francês, foi o quinto.

Recuperado da lesão no dia anterior, o britânico David Knight dominou o início da prova na categoria Enduro 3, mas foi penalizado em um minuto e terminou em terceiro. Sebastien Guillaume novamente levou a melhor sobre Simone Albergoni (segundo colocado), garantindo o vice-campeonato. O italiano assegurou a terceira posição na tabela. Marcus Kehr finalizou em quarto e Bartosz Oblucki em quinto.

Albergoni fez 2-2 na França e finalizou em terceiro no Mundial

Albergoni fez 2-2 na França e finalizou em terceiro no Mundial

Resultado categoria Enduro 1 – Primeiro dia
1. Johnny Aubert
2. Marc Germain
3. Antoine Meo
4. Eero Remes
5. Cristobal Guerrero

Resultado categoria Enduro 1 – Segundo dia
1. Antoine Meo
2. Julien Gauthier
3. Johnny Aubert
4. Eero Remes
5. Marc Germain

Classificação categoria Enduro 1 após dezesseis etapas
1. Antoine Meo – 332 pontos
2. Johnny Aubert – 312
3. Eero Remes  – 312
4. Matti Seistola – 243
5. Cristobal Guerrero – 241 pontos

Resultado categoria Enduro 2 – Primeiro dia
1. Mika Ahola
2. Pierre Alexandre Renet
3. Thomas Oldrati
4. Ivan Cervantes
5. Marc Bourgeois

Resultado categoria Enduro 2 – Segundo dia
1. Pierre Alexandre Renet
2. Thomas Oldrati
3. Rodrig Thain
4. Oscar Balletti
5. Nicolas Paganon

Classificação categoria Enduro 2 após dezesseis etapas
1. Mika Ahola – 358 pontos
2. Ivan Cervantes – 323
3. Thomas Oldrati – 291
4. Pierre Alexandre Renet – 286
5. Joakim Ljunggren – 230 pontos

Resultado categoria Enduro 3 – Primeiro dia
1. Sébastien Guillaume
2. Simone Albergoni
3. Christophe Nambotin
4. Bartosz Oblucki
5. Oriol Mena

Resultado categoria Enduro 3 – Segundo dia
1, Sébastien Guillaume
2, Simone Albergoni
3, David Knight
4, Marcus Kehr
5, Bartosz Oblucki

Classificação categoria Enduro 3 após dezesseis etapas
1. David Knight – 348 pontos
2. Sébastien Guillaume – 313
3. Simone Albergoni – 308
4. Christophe Nambotin – 271
5. Marcus Kehr, Alemanha – 255 pontos

Confira como foram as etapas anteriores do Mundial de Enduro FIM 2010

13ª/14ª Etapas – 4 e 5 de setembro – Turquia
11ª/12ª Etapas – 28 e 29 de agosto – Grécia
9ª/10ª Etapas – 19 e 20 de junho – Eslováquia
7ª/8ª Etapas – 12 e 13 de junho – Polônia
5ª/6ª Etapas – 22 e 23 de maio – Itália

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly