Em Clairsville mais uma vitória de Russel no GNCC

Foto por Shan Moore | 16 de outubro de 2010 - 16:27

No final de semana passado, 9 e 10 de outubro, rolou a décima segunda e penúltima etapa do Grand National Cross Country Series 2010, o GNCC, disputada em St. Clairsville, no Estado de Ohio, na pista do ITP Power Line Park. Ainda falta uma etapa para o fim da temporada, mas os campeões das categorias XC1 e XC2 Lites foram conhecidos antecipadamente, em uma prova emocionante. Acompanhe como foi…

Categoria XC1

Líder do campeonato, o australiano Josh Strang entrou em Ohio com a chance de conquistar o título antecipadamente. Bastava terminar na frente do rival, Charlie Mullins da equipe AM Pro/FMF/Yamaha que a fatura estava liquidada. Após iniciar a corrida na última posição, Strang já se encontrava em quarto lugar na segunda volta. O australiano passou às duas horas seguintes tentando encontrar uma maneira de ultrapassar Mullins, algo que ele conseguiu faltando poucas voltas para o final da corrida, finalizando em terceiro lugar e se sagrando o grande campeão do GNCC 2010 na principal categoria do campeonato, a XC1.

Paul Whibley venceu a etapa de St. Clairsville na categoria XC1

Paul Whibley venceu a etapa de St. Clairsville na categoria XC1

“Esta foi à corrida mais dura da minha vida. Eu não tive um bom começo de prova, não consegui achar meu ritmo e o Charlie estava andando muito bem. Finalmente baixei a cabeça e me concentrei. Foi uma grande corrida e é incrível conquistar este título”, disse o recém coroado Strang. Enquanto isso, no pelotão da frente, o neozelandês Paul Whibley da equipe AM Pro/FMF/Yamaha e o australiano Glenn Kearney da Husqvarna também travaram uma batalha feroz pela vitória.

Mullins é o vice líder do GNCC na categoria XC1

Mullins é o vice líder do GNCC na categoria XC1

Whibley começou a corrida na frente ao ficar com os 250 dólares do holeshot, no entanto não demorou muito para a Husqvarna 310cc de Kearney enconstar no pára-choque traseiro de Whibley. Os dois brigaram pela ponta durante a maior parte das três horas da prova. Kearney fez algumas tentativas de ultrapassagem de última hora perto do final da corrida, mas Whibley foi capaz de se segurar e garantir a conquista da vitória, primeira do campeão de 2009 na temporada deste ano.

Strang conquistou seu primeiro título no GNCC

Strang conquistou seu primeiro título no GNCC

Barry Hawk Jr da equipe AM Pro/FMF/Yamaha completou os cinco primeiros. No campeonato, Strang chegou a 32 pontos de vantagem sobre Mullins e não pode mais ser superado na liderança, já que no GNCC, a vitória vale 30 pontos. Cory Buttrick da equipe oficial FMF/KTM é o terceiro, Whibley o quarto e o privado KTM Chris Bach fecha os cinco primeiros.

Categoria XC2 Lites

Na categoria XC2 Lites, o piloto Kailub Russell da equipe oficial FMF/KTM também tinha chance de garantir antecipadamente o seu bicampeonato consecutivo na categoria e foi o que fez. Como Strang, Russell conseguiu o primeiro lugar após uma largada ruim, cruzando a linha de chegada com quase um minuto de vantagem sobre Scotty Watkins da equipe Geico/JG Off Road/Monster Energy/Kawasaki.

Russel foi quem mais venceu etapas no GNCC em 2010

Russel foi quem mais venceu etapas no GNCC em 2010

Foi a oitava vitória de Russell no ano, sagrando-se bicampeão da categoria XC2 Lites em 2010, dois títulos de forma consecutiva (foi campeão em 2009 também). “Eu sabia que ia ser difícil vencer nesta pista e realmente foi. Eu não consegui ver os sulcos no trecho da floresta, acabei caindo e todo mundo passou por mim. Finalmente consegui encontrar o meu ritmo, mas não me senti confortável durante o dia todo.

Eu só fiz o que precisava para conseguir a vitória e é muito bom obter este título”, disse Russell. Jason Thomas da equipe Monster Energy/Andrews Cycles/Husqvarna completou o pódio em terceiro. O privado KTM Stewart Baylor Jr foi o quarto e Morgan Moss da Yamaha completou os cinco primeiros. No campeonato, Russell chegou a 31 pontos de vantagem sobre Thomas. Jesse Robinson da equipe oficial FMF/KTM é o terceiro, Watkins o quarto e Stewart Baylor Jr fecha os cinco primeiros.

Resultado da décima segunda etapa do GNCC na categoria XC1
1. Paul Whibley (Yam)
2. Glenn Kearney (Hsq)
3. Josh Strang (Suz)
4. Charlie Mullins (Yam)
5. Barry Hawk Jr. (Yam)
6. Michael Lafferty (Hsb)
7. Cory Buttrick (KTM)
8. Toby Price (KTM)
9. Justin Williamson (Kaw)
10. Kenneth Gilbert (Kaw)

Classificação da categoria XC1 após doze etapas
1. Josh Strang – 280 pontos (5 vitórias) Campeão
2. Charlie Mullins – 248 (3 vitórias)
3. Cory Buttrick – 225 (2 vitórias)
4. Paul Whibley – 220 (1 vitória)
5. Chris Bach – 191
6. Glenn Kearney – 189
7. Nate Kanney – 167
8. Barry Hawk Jr. – 154
9. Kenneth Gilbert – 131
10. Jimmy Jarrett – 117 pontos (1 vitória)

Resultado da décima segunda etapa do GNCC na categoria XC2 Lites
1. Kailub Russell (KTM)
2. Scotty Watkins (Kaw)
3. Jason Thomas (Hsq)
4. Steward Baylor Jr. (KTM)
5. Morgan Moss (Yam)
6. Zach Nolan (KTM)
7. Jeff Gibson (KTM)
8. Brian Lawson (Yam)
9. Josh Gaitten (KTM)
10. Jesse Robinson (KTM)

Classificação da categoria XC2 Lites após doze etapas
1. Kailub Russell – 313 pontos (7 vitórias) Campeão
2. Jason Thomas – 282 (2 vitórias)
3. Jesse Robinson – 247 (3 vitórias)
4. Scott Watkins – 230
5. Steward Baylor Jr. – 198
6. Brian Lawson – 136
7. David Snyder – 123
8. Mark Fortner – 122
9. Dustin Gibson – 108
10. Nicholas Hunter – 100 pontos

Confira como foram as etapas anteriores do GNCC 2010

11ª Etapa – 26 de setembro – Lafayette / Tennessee
10ª Etapa – 12 de setembro – New Berlin / New York
9ª Etapa – 26 de junho – Snowshoe Resort / Virgínia do Oeste
8ª Etapa – 6 de junho – Millfield / Ohio
7ª Etapa – 23 de maio – Somerset / Pensilvânia
6ª Etapa – 9 de maio – Yadkinville / Carolina do Norte
5ª Etapa – 25 de abril – Hurricane / Tennessee
4ª Etapa – 11 de abril – 11 de abril – Union / Carolina do Sul
3ª Etapa – 21 de março – Morganton / Carolina do Norte

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly