Reed não sabe se disputará todo Australiano de SX

Foto por Divulgação | 16 de outubro de 2010 - 17:21

O australiano Chad Reed assinou na última quarta-feira um contrato com a equipe Vodafone/Honda da Austrália. Segundo entrevista que concedeu ao site australiano Motoonline, Reed explicou que inicialmente a ideia é disputar apenas a etapa de abertura do campeonato Australiano de Supercross 2010, que será  neste sábado, dia 16 de outubro, para depois decidir se irá ou não disputar as outras seis etapas do campeonato.

Quando questionado sobre se irá participar ou não do AMA Supercross e AMA Motocross 2011, e por qual equipe irá correr, Reed disse que irá decidir isso nas próximas semanas, mas que se não fechar com nenhuma equipe, não irá disputar o campeonato por conta própria, pois segundo ele, além de comprar a moto e contratar mecânico, também teria que negociar com patrocinadores para viabilizar sua participação nos campeonatos, já que além de romper com a equipe oficial Kawasaki, também rompeu com a Thor e com a Monster Energy.

Em relação a Monster, Reed disse que os adesivos em seu capacete na abertura do Australiano de Supercross será apenas uma forma de mostrar sua gratidão por todo apoio que teve da marca de energéticos no período em que foi patrocinado por eles. E dos patrocinadores pessoais acabou sobrando apenas a Scott, com quem tem contrato até o final deste mês, e a Alpinestars, com quem tem contrato até o final do ano que vem, o que poderia antecipar para 2011 sua aposentadoria do esporte.

Também disse que ele mesmo foi quem comprou a CRF 450R que aparece testando em sua pista particular na Flórida (clique aqui e veja as fotos), contrariando aqueles que pensavam que ele estava testando a moto de alguma equipe interessada em contratá-lo. Sobre as fotos publicadas no Twitter onde aparece usando equipamentos da One, disse que não negociou nenhum patrocínio com a marca, alegando que, como no caso da moto, também comprou os equipamentos por conta própria.

Ainda falando sobre a moto que Reed apareceu na apresentação da equipe nesta semana, ele disse que a preparação dela foi feita com diversos equipamentos Pro Circuit doados por Mitch Payton, dono e chefe da equipe Monster/Pro Circuit/Kawasaki, com quem tem uma amizade de longa data. A equipe Vodafone é a mesma que Reed testou um carro da V8 Supercar Australiana (semelhante a Stock Car no Brasil), em 2007, modalidade que, segundo o anúncio feito no início deste ano, ele pretende se dedicar quando anunciar sua aposentadoria do Supercross e do Motocross.

Abaixo você confere algumas fotos e um vídeo de Reed e de sua nova moto quando foi apresentado pelo Team Vodafone/Honda esta semana em Sydney, na Austrália.

Imagem de Amostra do You Tube

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly