Rally das Serras será final do Brasileiro de Rally XC

18 de outubro de 2010 - 22:29

A cidade de São Joaquim, que no inverno costuma oferecer um belo espetáculo de neve a seus turistas, vai esquentar bastante no mês que vem. A cidade catarinense recebe entre os dias 12 e 15 de novembro o Rally das Serras, competição que marca a grande final do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country 2010 para motos e quadriciclos. A prova, válida também para carros e caminhões, irá definir os campeões brasileiros e servirá de preparação para os pilotos que pretendem disputar o Rally Dakar 2011.

“Será um rally cross-country bem característico mesmo. Serão dois dias de prova bastante distintos, com mais de 200km de percurso em cada um. Teremos trechos de serra, obviamente, mas também muitos riachos, trial e pedras. Tudo para uma grande final do Campeonato Brasileiro”, diz Dyonísio Malheiro, diretor-geral do Rally das Serras.

A liderança na categoria Super Production é do paulista José Hélio Rodrigues, que apesar dos problemas mecânicos que o atrapalharam no Rally dos Sertões deste ano, soma 116 pontos, contra 100 de Tiago Fantozzi, segundo colocado. Atual bicampeão brasileiro e ainda na briga pelo título, o catarinense Denísio do Nascimento é o terceiro, com 89 pontos.

O gaúcho Fabrício Bianchini é o vice-líder na categoria Sport, e também vai para a Serra Catarinense de olho no campeonato. Ramón Sacilotti é o primeiro colocado da categoria com 105 pontos, e Guto Klaumann é o terceiro com 72. Bianchini, que sofreu uma forte queda na disputa do Baja de Ilha Comprida no fim de semana, tem 83 pontos.

“Disputei uma prova em São Joaquim, se não me engano em 2001 ou 2002. Adorei andar por lá, pois é super frio, tem bastante pedra e é um lugar bem técnico. Levei um tombo neste fim de semana, estou meio de molho agora, mas acredito que não tenha problema até o dia da prova. Ainda dá para brigar pelo título e minha expectativa é boa”, afirmou Bianchini.

Para Dyonísio Malheiro, os pilotos precisarão contar com toda sua técnica e também com um equipamento confiável. “É um lugar alto, bonito, com piso de trial, de pedra e muitos riachos. Será um grande atrativo para os quadriciclos. Mas será preciso muito técnica e um equipamento resistente. Isso vai fazer diferença”, afirma Malheiro.

“Uma novidade para este, mas principalmente para os próximos anos, é que descobrimos um novo Jalapão no Brasil. Agora com serras e riachos. Um local que não será muito aproveitado na prova deste ano, mas que tem um potencial para rally de 300km a 400km por dia”, garante o diretor.

Na categoria Production, o mineiro Dário Júlio é o lider, com 94 pontos. Os demais líderes do Brasileiro de Rally Cross-Country são: Dautim Cimetta (Brasil), André Taidy (Quadri Extreme) e Rodrigo Varela (Quadri 450).

O Rally das Serras/Copa Baja Santa Catarina é uma realização da Racing Adventure e São Joaquim Eventos Radicais, com apresentação da Serra Catarinense Convention & Visitors Bureau, organização da Federação de Automobilismo do Estado de Santa Catarina e Federação Catarinense de Motociclismo; supervisão da Confederação Brasileira de Automobilismo e Confederação Brasileira de Motociclismo. O patrocínio é do Governo do Estado de Santa Catarina, com apoio das prefeituras de São Joaquim, Lauro Muller, Bom Jardim da Serra e Urupema.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly