CBM altera datas e força mudanças no Gaúcho de MX

Por Jorge Soares | 19 de outubro de 2010 - 9:34

A Confederação Brasileira de Motociclismo  – CBM, divulgou na última sexta-feira, 15 de outubro, texto sobre alteração de data e local da 7ª etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross 2010 que seria realizada nos dias 6 e 7 de novembro na cidade de Ouro Preto do Oeste, em Rondônia, para os dias 13 e 14 de novembro na cidade satélite de Guará, no Distrito Federal.

Sendo que para a mesma data estava marcada a 6ª etapa do Campeonato Gaúcho de Motocross 2010 na cidade de Tapejara. Sem condições de antecipar da data, a Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM, em conjunto com o Moto Clube de Tapejara, decidiram por passar a etapa para o dia 5 de dezembro, com realização da sétima e última etapa do campeonato.

“Realmente este ano não esta sendo muito fácil. Já não existe mais muito que falar, apenas é que temos que respeitar o nosso campeonato nacional, e também os nossos atletas para que possam participar do mesmo, sem que tenham prejuízo no Gaúcho de Motocross. Mas espero que no próximo ano isto não volte a acontecer”, declarou o presidente da FGM, Paulo Della Flora.

Com isto a Federação Gaúcha de Motociclismo informa que o Campeonato Gaúcho de Motocross 2010 terá sete (7) etapas, com um descarte. A quinta etapa do Gaúcho de Motocross será disputada no próximo final de semana em Marau. Já a sexta etapa será disputada no dia 21 de novembro, juntamente com a quarta e última etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross Júnior.

Etapas restantes do Gaúcho de Motocross 2010

5ª Etapa – 24 de outubro – Marau
6ª Etapa – 21 de novembro – Machadinho
7ª Etapa – 5 de dezembro – Tapejara

O Campeonato Gaúcho de Motocross, é organizado e supervisionado pela FGM com patrocínio de Rinaldi, Honda Concessionárias do RS, Impacto Motos e IMS e apoio de Motul, DG, Octano, KM Motos, SSul Lodi, Mecânica Zapanetti, Bell Parts e Artemoto.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

ederson disse:

Twitter: edermanus
ta uma vergonha esse ano nada prestou nem cbm nem superliga e fgm que bagunca de ano quando esporte vai ta primeiro lugar de vez a grana que ele rende a pessoas envolvidas a nos pilotos resta torcer por uma melhora sai uns entra outros cada vez pior nossa situacao…..

Luciano Rodrigues disse:

realmente é inadmissível que uma entidade altere seus calendários como se troca de roupa. compromete o trabalho desenvolvido por outras instituições e outros eventos.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly