Vito Ippolito foi reeleito presidente da FIM

Foto por Divulgação | 20 de outubro de 2010 - 8:12

O atual presidente da FIM, o venezuelano Vito Ippolito, foi reeleito nesta terça-feira, para uma gestão de mais quatro anos frente a entidade maior do motociclismo mundial. Abaixo segue o texto liberado para a imprensa onde a FIM anunciou a reeleição do Sr. Vito Ippolito.

Numa histórica reunião que reuniu 98 das 101 Federações filiadas, as quais participaram da Assembleia Geral da FIM nesta terça-feira, 19 de outubro, por ocasião do 125º Congresso da FIM, realizado no Hotel Venetian, em Macau, na China.

Os membros da Assembleia Geral da FIM reelegeram o Sr. Vito Ippolito (Venezuela) para presidente da FIM para um segundo mandato numa votação que deu 55 votos contra 41 votos para seu adversário, Jean-Pierre Mougin.

A Assembleia Geral da FIM também elegeu os Srs. Nasser Khalifa Al Atya (Catar), Jorge Viegas (Portugal) e David White (Austrália), como vice-presidentes da FIM. E os Srs. David Francis (Inglaterra) e Stig Klemetz (Suécia) como auditores internos. Todos os mandatos são de quatro anos.

Vito Ippolito, presidente da FIM, declarou: “Estou muito satisfeito com esta vitória, que é mais uma vitória coletiva das Federações e as pessoas que trabalharam arduamente na elaboração do plano estratégico e gestão da nova governança nos últimos quatro anos. É um trabalho coletivo realizado com transparência e motivação em alta. Continuaremos a construir por completo o destino FIM,” finalizou Vito.

O venezuelano Vito Ippolito foi reeleito presidente da FIM

O venezuelano Vito Ippolito foi reeleito presidente da FIM

“Nós iremos dar continuidade aos projetos da FIM a respeito dos esportes coordenados pela YouthStream junto a FIM, como  de Motocross, Supermoto e Snowcross, dos quais trabalhamos com paixão e compromisso, claro que com uma ligação direta com a FIM e o Sr. Vito Ippolito”, disse Giuseppe Luongo, presidente da YouthStream.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly