Chagas ampliou vantagem no Rondoniense de Velocross

Por Chico Limeira | Fotos por Chico Limeira | 25 de outubro de 2010 - 21:29

Em mais um fim de semana de disputas bastante acirradas, a pista do Motódromo Municipal de Presidente Médici foi palco da 8ª etapa do Campeonato Rondoniense de Velocross 2010. Numa prova de fortes emoções e muitos tombos espetaculares, o piloto João Roberto Chagas #39, de Santa Luzia ditou o ritmo da categoria 230 e ampliou a vantagem sobre o seus concorrentes diretos. Quem também venceu em Médici neste domingo, 24 de outubro, e ficou mais próximo do título foi o jovem Flávio Pereira #18, líder absoluto da categoria 100. Os outros vencedores foram Hemerson ‘Dentinho’ Andrade #101, na Força Livre, Hérico Flores #706, na categoria 150, e Agnaldo Feliciano #5, na Sênior.

Apesar da chuva que caiu sobre a região central do Estado, a movimentação começou ainda no último sábado á tarde com o treinos livres, onde a pesar da pista um pouco encharcada, os pilotos puderam conhecer melhor o traçado e ir se adaptando melhor a cada situação da pista. No domingo pela manhã, com a pista já bem enxuta, as motos voltaram a andar, quando os pilotos buscavam obter os melhores tempos. Na força Livre, o rolim-mourense Felipe Carvalho # 112 foi o mais rápido, enquanto Cândido Chagas # 93 cravou a melhor marca na disputa da 230cc e Fábio Moura # 57 teve a melhor maca da categoria Sênior. Na 100cc e na 150cc, Flávio Pereira e Hérico Flores foram os mais rápidos dos treinos classificatórios.

Disputas foram intensas em Presidente Médici

Disputas foram intensas em Presidente Médici

Flavinho mantém a escrita e vence mais uma na 100
Com uma bateria realizada ainda neo período da manhã e outro à tarde, categoria 100cc não reservou surpresas. Em ambas as baterias, Josemar Dias # 44 largou bem, andando as primeiras voltas a frente, mas sendo superado pelo líder Flávio Pereira que mesmo não fazendo boa largada, mantém ritmo forte e consegue ganhar a ponta ainda no início para administrar a liderança até a bandeirada final.

Novamente Flavinho venceu as duas baterias e ampliou sua vantagem na liderança da categoria. Restando ainda quatro provas para encerrar a temporada, o piloto de # 18 está muito perto de assegurar o título por antecipação. Josemar Dias foi o segundo colocado, com Marcelo Araújo # 80 em terceiro, Odair Meireles # 51 em quarto e Tarcisio Poli # 15 completando o pódio, na quinta colocação.

Flavinho venceu a etapa de Médici na categoria 100

Flavinho venceu a etapa de Médici na categoria 100

Agnaldo Feliciano vence na categoria Sênior
Numa prova em que o líder Osmar Canale # 68 não esteve presente, a disputa da categoria Sênior ficou entre Agnaldo Feliciano # 5, o popular “Periquito” e Itamar Tadeu # 77, que largou na ponta e andou á frente por algumas voltas, mas não resistiu o ritmo forte imposto pelo adversário. Feliciano venceu a bateria única da Sênior e embolou a classificação, se aproximando do líder, com Tadeu chegando em segundo e também ficando colado na classificação geral Anex Moreira # 6 foi o terceiro colocado e Jefferson Lins & 7 o quarto, com Adenilson Passarelo # 10 na quinta vaga. Fabão que havia feito o melhor tempo nos treinos da manhã, teve problemas com pneu e ficou de fora do pódio.

Na categoria Sênior quem se deu bem em Médici foi Agnaldo

Na categoria Sênior quem se deu bem em Médici foi Agnaldo

Hérico vença na 150 e diminui diferença do líder
Na prova concentrando o maior número de motos na pista, a categoria 150cc foi de grandes disputas também, mas a partir da segunda posição. Impondo um ritmo bastante intenso na prova, o piloto Hérico Flores # 706 de Alta Floresta, foi o mais rápido do dia, já nos treinos e liderando as duas baterias de ponta a ponta, para vencer a prova e diminuir a boa vantagem que o líder Zé Pereira # 38 vinha mantendo.

Na primeira bateria, Hérico largou na ponta, enquanto Zé Pereira mesmo não largando bem chegou a encostar, mas sua moto começou a falhar, fazendo com o piloto perdesse contato com o líder da prova e consequentemente outras duas posições, terminando a bateria na quarta posição. Na segunda e última bateria, Hérico mais uma vez largou na ponta e se manteve até o final, desta feita com Zé Pereira chegando na segunda posição.

Hérico foi o piloto mais rápido do dia na categoria 150

Hérico foi o piloto mais rápido do dia na categoria 150

Vitim cai e Dentinho vence a segunda prova seguida na Nacional
A categoria Força Livre Nacional foi marcada por grandes pegas e trocas de posições entre os primeiros colocados, com o líder Victor Carlos # 4 se alternando a frente com o Hemerson Andrade # 101. Em dia de recorde de tombos sofridos pelo líder Vitim, Hemerson “Dentinho” manteve o bom ritmo e garantiu a primeira colocação da prova em sua categoria, marcando a segunda vitória consecutiva na temporada e entrando de vez na briga pelo título.

A Força Livre Nacional começou com Itamar Tadeu # 77 em primeiro nas duas primeiras voltas, mas perdendo a ponta para Dentinho passou a puxar a fila, com Vitim embolado no meio, mas ganhando algumas posições e encontrando para brigar pela primeira colocação. Hemerson “Dentinho” soube cadenciar o ritmo e quando o adversário  tentou passou, acabou caindo e perdendo contanto. No entanto Vitim mostrou o porque é líder e novamente colou até que nas últimas voltas passou a frente para cruzar a linha de chegada em primeiro.

Largada da categoria Força Livre em Presidente Médici

Largada da categoria Força Livre em Presidente Médici

Na segunda bateria, novamente Detinho larga bem e abriu vantagem sobre os demais, enquanto Vitim, líder da categoria errou na largada e teve de fazer uma corrida de recuperação. Quando o piloto já se aproxima das primeiras posições, caiu perdendo contato com o primeiro colocado. Felipe Carvalho # 112 que havia ficado em terceiro na bateria anterior, forçou  ritmo e garantiu um posição a mais, chegando em segundo, com Fabrício Moreira # 50 em terceiro e Vitim na quarta posição. Apesar do resultado, Vitim inda lidera a Força Livre, mas já vê seus adversários mais próximos.

João Roberto vence e fica ainda mais líder da 230
Com um melhor número de pilotos na pista que a prova anterior em Espigão do Oeste, onde apenas seis pilotos disputaram a prova na ocasião, a categoria 230cc foi a que protagonizou os duelos mais ferrenhos, principalmente entre João Roberto # 39, Cândido Chagas # 93, Diego Ferrari # 961, Hemerson Andrade # 101 e Victor Carlos # 4, os cinco primeiros colocados. A prova foi marcada por um tombo espetacular do piloto Cândido Chagas e pela dupla vitória de seu mano João Roberto Chagas, que deixou mais distantes os seus adversários diretos na briga pelo título da temporada.

A primeira bateria começou com Cândido Chagas largando na ponta e andando forte, com Diego Ferrari na segunda colocação. Ainda no início, Candido erra na entrada da curva e capoto com sua Honda CRF 230. Ferrari assume a ponta, mas logo é superado por João Roberto, que passa á frente e se mantém até a bandeirada final. Cândido saiu da última colocação para completar a prova na terceira colocação, ganhando posições inclusive de Vitim e Hemerson “Dentinho”.

Disputa entre João Roberto e Cândido Chagas

Disputa entre João Roberto e Cândido Chagas

Já na segunda e última bateria do dia, Cândido mais uma vez larga em primeiro, com Diego em segundo e João Roberto em terceiro.  O líder João Chagas ganha a posição de Ferrari e posteriormente do irmão Cândido, que sem cerimônias passa a fazer jogo de equipe servindo de escudo para que Diego Ferrari não encostasse no líder. Os três mantém suas respectivas posições até o final. Já Vitim com o pneu de sua moto furado, buscou se manter na pista, segurando a quinta posição.

Presidente Reinaldo enaltece apoio do prefeito Zé Ribeiro
De acordo com o presidente da Federação de Motociclismo de Rondônia – FMR, Reinaldo Selhorst, a prova do último fim de semana foi das mais fortes, com grandes disputas a cada bateria, mostrando um crescimento no nível dos pilotos. Reinaldo parabenizou ainda o prefeito de Presidente Médici, José Ribeiro (PMDB), pelos esforços para trazer novamente á Médici uma etapa do Campeonato Estadual.

Na oportunidade o chefe do executivo municipal adiantou que para 2011 a cidade almeja estar incluída no calendário oficial de eventos da FMR. Mais de duas mil pessoas prestigiaram o evento, contribuindo assim com alimentos não perecíveis que irão beneficiar famílias carentes do município.

Resultados da oitava etapa do Rondoniense de Velocross 2010

Categoria Sênior
1º # 5 – Agnaldo Feliciano – Espigão do Oeste
2º # 77 – Itamar Tadeu – Cacoal
3º # 6 – Anex Moreira Ouro Preto do Oeste
4º # 7 – Jefferson Lins – Espigão do Oeste
5º # 10 – Edenilson Passarelo – Espigão do Oeste

Categoria 100
1º # 18 – Flávio Pereira – Santa Luzia do Oeste
2º # 44 – Josemar Dias – Cacoal
3º # 80 – Marcelo Araújo – Cacoal
4º # 51 – Odair Meireles – Pimenta Bueno
5º # 15 – Tarcísio Poli – Alta Floresta do Oeste

Categoria 150
1º # 706 – Hérico Flores – Alta Floresta do Oeste
2º # 38 – Zé Pereira – Santa Luzia do Oeste
3º # 6 – Vanderlei Batista – Rolim  de Moura
4º # 51 – Emerson Rodrigues – Rolim de Moura
5º # 3 – Juliano Correia- Espigão do Oeste

Categoria Força Livre
1º # 101 – Hemerson Andrade – Vilhena
2º # 4 – Victor Ferreira – Cacoal
3º # 112 – Felipe Carvalho – Rolim de Moura
4º # 50 – Fabrício Moreira – Ouro Preto do Oeste
5º # 99 – Valdinei Correia – Pimenta Bueno

Categoria 230
1º # 39 – João Roberto Chagas – Santa Luzia do Oeste
2º # 961 – Diego Ferrari – Espigão do Oeste
3º # 93 – Cândido Chagas – Rolim de Moura
4º # 101 – Hemerson Dias – Vilhena
5º # 4 – Victor Carlos – Cacoal

Confira como foram as etapas anteriores do Rondoniense de Velocross 2010

7ª Etapa – 19 de setembro – Espigão do Oeste
6ª Etapa – 8 de agosto – Santa Luzia do Oeste
5ª Etapa – 18 de julho – Cerejeiras
4ª Etapa – 20 de junho – Primavera do Oeste
3ª Etapa – 16 de maio – Vale do Paraíso
2º Etapa – 24 de abril – Chupinguaia
1ª Etapa – 17 de abril – Rolim de Moura

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly