Ironman encerrou a temporada 2010 do GNCC

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Shan Moore | 29 de outubro de 2010 - 9:02

No último final de semana, 23 e 24 de outubro, aconteceu a décima terceira e última etapa do Grand National Cross Country – GNCC 2010, o tradicional Ironman, disputado em Crawfordsville, no Estado de Indiana, Estados Unidos. Como os campeões haviam sido coroados na etapa anterior, está última etapa serviu apenas para definir as demais posições. Acompanhe como foi…

Categoria XC1

O neozelandês Paul Whibley da equipe AM Pro/FMF/Yamaha, venceu de forma espetacular esta última etapa, se despedindo do number plate número um em grande estilo (foi campeão no ano passado, perdendo o título deste ano para o australiano Josh Strang da equipe oficial FMF/Makita/Suzuki). “Esta foi realmente uma boa maneira de terminar o ano, e é um bom momento para a próxima temporada, porque isso vai me dar confiança e motivação”, disse Whibley.

Fãs foram nas trilhas ver o desempenho dos pilotos do GNCC

Fãs foram nas trilhas ver o desempenho dos pilotos do GNCC

A segunda vitória consecutiva de Whibley foi testemunhada por 10.500 espectadores, maior público do GNCC nos últimos tempos. Whibley foi pressionado por Strang no finalzinho, mas mesmo assim conseguiu garantir a vitória. Bicampeão da categoria XC2 Lites, Kailub Russell da equipe oficial FMF/KTM decidiu encarar a principal categoria do GNCC, e começou bem, ficando com os 250 dólares do holeshot, mas ainda na primeira volta, atolou em uma poça de lama no trecho da floresta e acabou finalizando a corrida fora dos dez primeiros colocados.

No Ironman Whibley venceu a segunda seguida na XC1

No Ironman Whibley venceu a segunda seguida na XC1

Companheiro de equipe de Whibley, Thad Duvall finalizou em segundo, e o privado KTM Chris Bach completou o pódio na terceira posição. O australiano Glenn Kearney da Husqvarna foi o quarto e Cory Buttrick da equipe oficial FMF/KTM completou os cinco primeiros. No campeonato, o campeão Strang finalizou com 290 pontos somados. Charlie Mullins, outro companheiro de equipe de Whibley, garantiu o vice-campeonato. Whibley foi o terceiro, Buttrick o quarto e Chris Bach fechou os cinco primeiros.

Duvall ficou em segundo na última etapa do ano na categoria XC1

Duvall ficou em segundo na última etapa do ano na categoria XC1

Categoria XC2 Lites

Na categoria XC2 Lites, sem a presença do campeão Russell, Jason Thomas da equipe Monster Energy/Andrews Cycles/Husqvarna conquistou sua terceira vitória na temporada, garantindo também o vice-campeonato. Jesse Robinson da equipe oficial FMF/KTM. O privado KTM Stewart Baylor Jr completou o pódio na terceira posição. Ted Mullins e Morgan Moss, ambos de Yamaha, respectivamente nesta ordem completaram os cinco primeiros.

Um bom público esteve presente na área de largada e chegada

Um bom público esteve presente na área de largada e chegada

No campeonato, devido ao fato de ter disputado esta última etapa na principal categoria do campeonato, a XC1, Russell finalizou com apenas um ponto de vantagem sobre Thomas, 313 a 312. Robinson foi o terceiro, Scott Watkins da equipe oficial Geico/JG Off Road/Monster Energy/Kawasaki o quarto, e Stewart Baylor Jr fechou os cinco primeiros.

Pódio da categoria XC2 no Ironman em Crawfordsville

Pódio da categoria XC2 no Ironman em Crawfordsville

Resultado da décima terceira etapa do GNCC na categoria XC1
1. Paul Whibley (Yam)
2. Thad Duvall (Yam)
3. Chris Bach (KTM)
4. Glenn Kearney (Hus)
5. Cory Buttrick (KTM)
6. Jimmy Jarrett (Kaw)
7. Jarrod Bewley (KTM)
8. Justin Williamson (Kaw)
9. Kenneth Gilbert (Kaw)
10. Eric Bailey (Kaw)

Classificação da categoria XC1 após três etapas
1. Josh Strang – 290 pontos (5 vitórias)
2. Charlie Mullins – 256 (3 vitórias)
3. Paul Whibley – 250 (2 vitórias)
4. Cory Buttrick – 241 (2 vitórias)
5. Chris Bach – 212
6. Glenn Kearney – 207
7. Nate Kanney – 171
8. Barry Hawk Jr. – 160
9. Kenneth Gilbert – 143
10. Thad Duvall – 138 pontos

Resultado da décima terceira etapa do GNCC na categoria XC2 Lites
1. Jason Thomas (Hus)
2. Jesse Robinson (KTM)
3. Steward Baylor Jr. (KTM)
4. Ted Mullins (Yam)
5. Morgan Moss (Yam)
6. John Maschino (Yam)
7. Brian Maschino (Yam)
8. Gregory Funk (Kaw)
9. Cody Gragg (Yam)
10. Daniel Sims (Yam)

Classificação categoria XC2 Lites após treze etapas
1. Kailub Russell – 313 pontos (7 vitórias)
2. Jason Thomas – 312 (3 vitórias)
3. Jesse Robinson – 272 (3 vitórias)
4. Scott Watkins – 230
5. Steward Baylor Jr. – 219
6. Brain Lawson – 150
7. David Snyder – 123
8. Mark Fortner – 122
9. Dustin Gibson – 108
10. Nicholas Hunter – 100 pontos

Confira como foram as etapas anteriores do GNCC 2010

12ª Etapa – 10 de outubro – St. Clairsville / Ohio
11ª Etapa – 26 de setembro – Lafayette / Tennessee
10ª Etapa – 12 de setembro – New Berlin / New York
9ª Etapa – 26 de junho – Snowshoe Resort / Virgínia do Oeste
8ª Etapa – 6 de junho – Millfield / Ohio
7ª Etapa – 23 de maio – Somerset / Pensilvânia
6ª Etapa – 9 de maio – Yadkinville / Carolina do Norte
5ª Etapa – 25 de abril – Hurricane / Tennessee
4ª Etapa – 11 de abril – 11 de abril – Union / Carolina do Sul
3ª Etapa – 21 de março – Morganton / Carolina do Norte

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly