Dez dicas sobre o filtro de ar

Por Zaca Branco | Fotos por Divulgação | 03 de novembro de 2010 - 18:32

O assunto aqui é o filtro de ar da sua moto, pois sem ele o seu pistão ‘morreria’ !! Evite andar com o filtro sujo, pois ele reduz o desempenho do motor e faz a moto consumir mais combustível. Vamos então a dez dicas para manutenção e bom uso do filtro de ar, em texto com colaboração de Izaias ‘Zaca’ Branco.

1) Os filtros de ar estragam ?

Sim. Ele não estraga de filtrar o ar, mas de ser limpo e lavado. Mas isso não quer dizer que você não deva lavar ou limpar. Quanto mais nocivo o solvente de limpeza, mais rápido ele se estragará. A espuma ficará ressecada, quebradiça e perderá as suas propriedades.

2) Qual o melhor produto para se limpar o filtro ?

Querosene é provavelmente o melhor. É o menos volátil e não tão nocivo à espuma. Produtos preparados exclusivamente para a finalidade também são indicados.

3) Qual o pior produto para se limpar o filtro ?

Gasolina. Ela acaba com a estrutura à base de petróleo do filtro de ar.

4) Qual é o período de vida útil de um filtro ?

Um filtro de ar poderia durar para sempre se você não o limpasse, mas seu motor não conseguiria respirar. Um filtro bem tratado durará umas 40 limpadas. Depois disso, a cola usada nele começará a perder aderência.

5) Qual o pior erro que se pode cometer ?

Espremer ou torcer o filtro para secar.

Filtro sujo prejudica o bom rendimento do motor

Filtro sujo prejudica o bom rendimento do motor

6) A sujeira é a pior inimiga do filtro ?

Não. Mas a água é. A sujeira é bloqueada por um filtro bem lambuzado de óleo. A água pode impregnar o óleo, dispersá-lo e assim permitir que a sujeira passe pelo filtro. Se você lava sua moto com uma máquina de spray, sempre passe o óleo novamente no filtro, mesmo que ele esteja completamente limpo.

7) Você deve passar graxa na borda ?

Se o seu filtro tem uma base bem fina, é aconselhável passar graxa entre o filtro e a caixa de ar. Nos demais isso não é necessário, mas também não vai machucar. Use uma graxa resistente à água.

8) Quanta sujeira um filtro suporta ?

Às vezes é possível olhar para ele e ver que está precisando ser limpo. As duas coisas mais importantes a se observar são: 1 – Cobertura da superfície. Se há sujeira cobrindo ele em cada centímetro quadrado, precisa ser limpo. 2 – Quantidade de sujeira. Mesmo os filtros que parecem estar limpos podem ter pequenas partículas de sujeira impregnada em seus poros. Na dúvida, não acelere, limpe o filtro de ar.

9) É preciso usar um óleo específico para filtro de ar ?

Sim. É possível usar óleo de motor, mas não é tão bom quanto óleo de filtro. Óleo de Motor é muito fino e passará através do filtro, ocasionando duas coisas: (1) Pingará para fora da caixa de ar direto para o chão da sua garagem. Isso é mal, porque além da meleca, isso quer dizer que o seu filtro não estará lambuzado quando for usá-lo. (2) Por causa de sua viscosidade, será aspirado para dentro do motor quando acelerar forte. Por isso que muitas vezes você escuta motos “pipocando” nas primeiras voltas numa pista, ou nos primeiros quilômetros de uma trilha. Isso é porque o piloto acabou de lambuzar o seu filtro e o óleo está passando pelo motor. Óleo de filtro específico tem substâncias químicas e portadores que ajudam a dispersá-lo uniformemente até evaporar.

10) Quando se deve lambuzar o filtro ?

De preferência no dia anterior a corrida, treino, ou trilha. Dessa maneira os portadores poderão dispersar o óleo e evaporar. Uma dica é lambuzar o filtro com óleo e depois colocá-lo em sacos plástico, tipo ‘zip’, mas faça alguns pequenos furos para que o ar possa entrar. Nesse saco plástico ele poderá ser mantido por meses, sem perder a eficiência.

A vida útil de um filtro pode chegar a 40 limpezas

A vida útil de um filtro pode chegar a 40 limpezas

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Jorge Soares disse:

Twitter: mundocross
Aconselhamos seguir as dicas do Zaca Branco. Lave com querosene.

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly