Vencedores do Gaúcho de Motocross em Machadinho

Por Sílvio Bilhar | Fotos por Sílvio Bilhar | 22 de novembro de 2010 - 23:47

Machadinho, no norte do Estado do Rio Grande do Sul, recebeu neste final de semana, 20 e 21 de novembro, a sexta e penúltima etapa do Campeonato Gaúcho de Motocross 2010. O evento, que também valeu como quarta e penúltima etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross Júnior, inaugurou a pista do Parque das Thermas do Machadinho. Confirma agora quem foram os vencedores da sexta etapa do Gaúcho de Motocross em Machadinho.

A categoria de base, a 50A teve a vitória do paulista Lucas da Costa, que estava presente para participar do Brasileiro de MX Júnior, e correu como convidado no Gaúcho de Motocross, com isto os pontos do primeiro lugar ficaram com o gaúcho Gabriel Ândrigo, seguido de Garmichel Giehl. Pela 50B Guilherme da Costa, de Jundiaí, irmão de Lucas, venceu a etapa, mas Arthur Todeschini ficou com os 25 pontos do primeiro lugar do Gaúcho de Motocross. Vitor Gonçalves veio em seguida na pontuação do gaúcho.

Pela categoria Estreantes Importadas foi uma troca de posições intensa do início ao fim, que culminou com a vitória do jovem piloto Roberto Bergmannn, da cidade de Santa Rosa, seguido de Cristian Tessaro. Pela Nacional 230, Guilherme Zottis teve a vitória de ponta a ponta, seguido de Cássio Anacleto, que fez prova de recuperação após queda no começo da prova. Os dois brigam pelo título no campeonato.

Na categoria Intermediária MX2, Lucas Basso venceu também de ponta a ponta, seguido de Luiz Henrique Zottis, o quarto na largada. Com a vitória, Lucas Basso carimbou seu título de campeão antecipado do Gaúcho de Motocross 2010 na categoria Intermediária MX2. Na MX3, Walter Tardim voltou a vencer, com Marcelo Agostini, que não fez uma boa largada, e buscou recuperação, na segunda colocação.

Já na categoria MX4, o piloto da casa Sílvio Lodi, venceu praticamente de ponta a ponta e colocou uma das mãos no título de campeão Gaúcho 2010. Em segundo lugar chegou Fabiano Kubaski, que ainda sonha com o título da categoria.

Já na categoria 85, João Pedro Pinho Ribeiro, o terceiro na largada, venceu a terceira prova seguida no campeonato e o duelo com Gustavo Roratto, que chegou a liderar após o tombo de Guilherme Zaparolli que fez o holeshot. Pinho Ribeiro e Roratto estão empatados em pontos e decidirão o título no dia 5 de dezembro na sétima e última etapa do Gaúcho de Motocross em Tapejara.

Pinho Ribeiro venceu a terceira seguida na categoria 85

Pinho Ribeiro venceu a terceira seguida na categoria 85

Na categoria 65, Enzo Lopes abriu vantagem e venceu de ponta a ponta, seguido de Gabriel Della Flora que foi beneficiado pelo tombo de Arthur Todeschini e Andrio Seben. Com o resultado, Gabriel lidera o campeonato numa hora crucial da competição. A Intermediária MX1 teve a vitória de Mateus ‘Tatu’ Basso, que ultrapassou na curva do fundo da pista o até então líder Douglas Finatto. Pela Feminina, Caroline Zatt surpreendeu e venceu na categoria B seguida da vice líder do campeonato, Bruna de Freitas.

Na Feminina A, a paranaense Brunna Bartz venceu, mas como convidada na etapa os pontos vão para Maiara Basso, a segunda na prova, seguida de Janaína Todeschini. Douglas Parise venceu a MX2 de ponta a ponta, seguido de Marçal Müller, que ainda briga pelo título de campeão.

Pódio da categoria Feminina com Brunna Bartz no pontos mais alto

Pódio da categoria Feminina com Brunna Bartz no pontos mais alto

Finalmente a MX1 entrou na pista, e Douglas ‘Duda’ Parise foi para liderança logo na segunda volta quando ultrapassou Leonardo Sebben. No decorrer da prova Marçal Müller buscou a segunda colocação, mesma colocação que tem no campeonato. Com a vitória Duda Parise está com uma das mãos no título da MX1.

Duda Parise venceu na MX1 e na MX2 em Machadinho

Duda Parise venceu na MX1 e na MX2 em Machadinho

Clique aqui e confira o resultado completo da sexta etapa do Gaúcho de Motocross 2010

Clique aqui e confira a classificação geral do Gaúcho de Motocross 2010

A sétima e última etapa do Campeonato Gaúcho de Motocross 2010 está marcada para os 4 e 5 de dezembro em Tapejara, cidade localizada na região norte do Rio Grande do Sul, No campeonato somente dois título já estão definidos, com Gabriel ‘Gabi’ Andrigo sendo o campeão antecipado na categoria 50B, e Lucas Basso já o campeão Gaúcho de Motocross 2010 na categoria Intermediária MX2. Os outros doze títulos serão definidos na última etapa do campeonato, no próximo dia 5 em Tapejara.

O Campeonato Gaúcho de Motocross 2010 tem o patrocínio de Rinaldi, Honda Concessionária do RS, Impacto Motos e IMS Equipamentos, e o co-patrocínio de Octano, Motul, Mecânica Zapanetti, DG Metalúrgica, SSul Lodi, KM Motos e Artemoto Troféus. A supervisão é da Federação Gaúcha de Motociclismo – FGM, apoio da Prefeitura de Machadinho e Parque Thermas do Machadinho.

Compartilhe este conteúdo

Comentários

Jonas disse:

Mas que palhaçada e fiasco q se tornou o Gaucho de Motocross!!!!!!!
Cade os defensores d Jabuti? Falem o q esta acontecendo?????
Ou melhor, responda vc mesmo Sr Jabuti?
O RS vai se tornar igual a Federação Paulista e a propia CBM…..
q vergonhaaa

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly