Americano é campeão do Australiano de Supercross

Por Renato Dalzochio Jr. | Fotos por Divulgação | 04 de dezembro de 2010 - 21:18

Hoje, 4 de dezembro, aconteceu a sétima e última etapa do Campeonato Australiano de Supercross 2010, evento disputado no QSAC Stadium, em Brisbane. Na categoria principal, a Open, com o australiano Chad Reed, campeão da temporada 2009, fora da disputa pelo título, o norte americano Josh Hansen da equipe Monster Energy / Pro Circuit / Kawasaki, venceu duas das três baterias. e finalizou uma em terceiro, ficando com a vitória no overall nesta última etapa, disputada numa pista embarrada, conquistando com isto o título da categoria.

Barro e lama foram mais um obstáculo para os pilotos em Brisbane

Barro e lama foram mais um obstáculo para os pilotos em Brisbane

Billy Mackenzie da equipe Kawasaki Racing Team / Cool Air Conditioning, foi o segundo, e Tye Simmonds da equipe JDR / Motorex / KTM, completou o pódio na terceira posição. Jay Marmont da equipe CDR / Rockstar / Yamaha foi o quarto, e Daniel Reardon da equipe Cougar Bourbon / Honda / Thor Racing, completou os cinco primeiros. No campeonato, Hansen finalizou com 59 pontos de vantagem sobre Marmont. Moss finalizou em terceiro, Simmonds quarto, e Reardon fechou os cinco primeiros na classificação geral.

Público assistiu disputas intensas na final do Australiano de SX

Público assistiu disputas intensas na final do Australiano de SX

Na categoria Supercross Lites, Steven Clarke da equipe Raceline / Pirelli / Suzuki, venceu o overall repetindo o resultado de Hansen na Open: duas vitórias e um terceiro lugar. Kade Mosig da equipe Cougar Bourbon / Honda / Thor Racing, foi o segundo, e Lawson Bopping da equipe Rockstar / Motul / Suzuki completou o pódio na terceira posição. Joel Roelants da equipe Coastal / KTM / MX Rad, foi o quarto, e o norte-americano PJ Larsen da equipe JDR / Motorex / KTM, completou os cinco primeiros.

Josh Hansen foi o campeão do Australiano de SX na Open

Josh Hansen foi o campeão do Australiano de SX na Open

Mas quem ficou com o título foi Matt Moss da equipe Rockstar / Motul / Suzuki, que apesar de finalizar o overall na oitava posição (após enfrentar problemas com sua moto nas duas primeiras baterias), ainda finalizou com dois pontos de vantagem sobre Larsen na classificação final do campeonato. Ryan Marmont da equipe JDR / Motorex / KTM, finalizou em terceiro, Clarke em quarto, e Cody Mackie da equipe Kawasaki Racing Team / Cool Air Conditioning, fechou os cinco primeiros. Este foi o terceiro título consecutivo de Moss na categoria Lites no Australiano de Supercross.

Matt Moss foi o campeão do Australiano de SX na Lites

Matt Moss foi o campeão do Australiano de SX na Lites

Resultado da sétima etapa na categoria Open
1. Josh Hansen – Monster Energy/Pro Circuit/Kawasaki – 70 ponts
2. Billy Mackenzie – Kawasaki Racing Team/Cool Air Conditioning – 65
3. Tye Simmonds – JDR/Motorex / KTM – 56
4. Jay Marmont – CDR/Rockstar / Yamaha – 55
5. Daniel Reardon – Cougar Bourbon/Honda / Thor Racing – 53
6. Daniel Mccoy – Coastal/KTM/Motorex Team – 43
7. Toby Price – Motorex/KTM – 42
8. Jake Moss – Team Rockstar/Motul/Suzuki – 36
9. Matthew Phillips – Craig Anderson Racing – 36
10. Beau Ralston – Coastal/KTM/MX Rad – 34 pontos

Classificação da categoria Open Após sete etapas
1. Josh Hansen – Monster Energy/Pro Circuit/Kawasaki – 421 pontos (3 vitórias)
2. Jay Marmont – CDR/Rockstar/Yamaha – 362
3. Jake Moss – Team Rockstar/Motul/Suzuki – 311 (1 vitória)
4. Tye Simmonds – JDR/Motorex/KTM – 296
5. Daniel Reardon – Cougar Bourbon/Honda/Thor Racing – 285
6. Daniel Mccoy – Coastal/KTM/Motorex Team – 251
7. Mike Alessi – JDR/Motorex/KTM – 159
8. Todd Waters – Cougar Bourbon/Thor/Honda – 155
9. Lewis Woods – Top Gear/KTM – 150
10. Billy Mackenzie – Kawasaki Racing Team/Cool Air Conditioning – 146 pontos

Resultado da sétima etapa na categoria Lites
1. Steven Clarke – Raceline/Pirelli/Suzuki – 70 pontos
2. Kade Mosig – Cougar Bourbon/Thor/Honda – 57
3. Lawson Bopping – Team Rockstar/Motul/Suzuki – 53
4. Joel Roelants – Coastal/KTM/MX Rad – 51
5. P J Larsen – JDR/Motorex/KTM – 42
6. Ford Dale – Serco/Yamaha – 42
7. Ryan Marmont – JDR/Motorex/KTM – 41
8. Matt Moss – Rockstar/Motul/Suzuki – 39
9. Cody Mackie – Kawasaki Racing Team/Cool Air Conditioning – 35
10. Josh Cachia – Coastal/KTM/MX Rad – 32 pontos

Classificação da categoria Lites após sete etapas
1. Matt Moss – Team Rockstar/Motul/Suzuki – 312 pontos (3 vitórias)
2. P J Larsen – JDR/Motorex/KTM – 310 (2 vitórias)
3. Ryan Marmont – JDR/Motorex/KTM – 244
4. Steven Clarke – Raceline/Pirelli/Suzuki – 226 (1 vitória)
5. Cody Mackie – Kawasaki Racing Team/Cool Air Conditioning – 225
6. Lawson Bopping – Team Rockstar/Motul/Suzuki – 217 (1 vitória)
7. Ford Dale – Serco/Yamaha – 188
8. Josh Cachia – Coastal/KTM/MX Rad – 177
9. Kade Mosig – Cougar Bourbon/Thor/Honda – 167
10. Luke Styke – GTYR/Rockstar/Yamaha – 158 pontos

Confira como foram as etapas anteriores do Australiano de Supercross 2010

6ª Etapa – 27 de novembro – Sydney / Austrália
5ª Etapa – 20 de novembro – Dunedin / Nova Zelândia
4ª Etapa – 13 de novembro – Auckland / Nova Zelândia
3ª Etapa – 30 de outubro -Launceston / Austrália
2ª Etapa – 23 de outubro – Canberra / Austrália
1ª Etapa – 16 de outubro – Newcastle / Austrália

Compartilhe este conteúdo

Comentários

é Editor do Mundocross, site que foi lançado por causa de sua paixão por Motocross e Supercross. Em 1990 ele começou a escrever sobre motos no Jornal VS, em São Leopoldo, no RS, numa coluna onde escrevia sobre Trilhas, Enduro e Motocross. Depois também escreveu para o Jornal O Pódium, Revista Moto Action. Nestes 24 anos teve experiências em eventos internacionais, como Mundiais de Motocross, AMA Supercross, AMA Motocross, Motocross das Nações e US Open Supercross.

Desenvolvido por GetFly